quarta-feira, 3 de março de 2010

Review: Tremor (Common Fluid)

Tremor (Common Fluid)
(2010, Edição de autor)


O primeiro aspecto a chamar a atenção são os nomes que surgem nos créditos da estreia desta banda de Sintra e que, desde logo, impõem respeito: gravação de Makoto Yagyu (If Lucy Fell) nos Black Sheep Studios; mistura de Fernando Matias (F.E.V.E.R., Madcab, Linda Martini), masterização de Ed Brooks (Pearl Jam, Isis) em Seattle. Mas mais que um somatório de nomes, Tremor assume-se como uma impressionante colecção de emoções e vivências transpostas para um conjunto de onze canções. De facto, por detrás de uma aparentemente frágil e inocente melodia, muitas vezes sem recurso a distorções significativas, os Common Fluid criam fantásticos arranjos instrumentais, onde a secção rítmica, versátil e dinâmica, inventa variações rítmico-estruturais arrebatadoras. Por outro lado, as guitarras com um trabalho pouco linear, evoluem numa espiral jazzistica, deambulando por diversos territórios, desde o pós-rock ao grunge e até ao metal. E a adicionar a isto, deve referenciar-se a superior capacidade que a banda denota na criação de verdadeiras canções. O trabalho fecha com um longo épico de oito minutos que compila, na perfeição, tudo o que de bom a banda tinha desenvolvido em trechos vibrantes como Mid-Air Collision, Hypersensitive, Placenta ou Eyewall, os momentos maiores de um álbum todo ele feito em grande nível.

Track List:

1. Whale Song
2. Numskull
3. Mid-Air Collision
4. Hypersensitive
5. Quiet Revolution
6. Placenta
7. Oxygen
8. Nicotine
9. Eyewall
10. Via Satellite
11. All The Space In Between

Line up: Bruno Martins (guitarra, vocais), Hugo Gamenho (guitarra), João Gonçalves (bateria), João Sousa (baixo)
Myspace:
www.myspace.com/commonfluid

Sem comentários: