Review: Born Of Fire (Firecracker)

Born Of Fire (Firecracker)
(2010, Escape Music)

Ainda antes dos Vindictiv se terem formado já Stefan Lindholm (guitarrista dos citados) tinha contactado Pontus Larsson para erguerem uma banda. Claro que o guitarrista acabou por ter mais reconhecimento com os Vindictiv, mas a aposta da Escape neste quinteto para apresentarem este material que permite uma visão dos primeiros anos da carreira de Lindholm. E ainda bem, dizemos nós. O que aqui se apresenta é metal neoclássico claramente influenciado por Yngwie Malmsteen num cruzamento com o progressivo onde as pontuais referências a Seventh Wonder (ou não fosse o vocalista destes Firecracker também vocalista daqueles) ou a Dream Theater (da época Images And Words/Awake) ou mesmo a Queensryche (por exemplo na faixa The Refrain) são mais ou menos notórias. Ainda assim, o mago da guitarra Malmsteen acaba por ser o principal ponto de comparação não só ao nível da composição dos Firecracker, como também na técnica de execução de Stefan Lindholm. Mas em Born Of Fire, há vastos motivos de interesse: interessantes trabalhos ao nível harmónico e fantásticas vocalizações (o homem, canta mesmo!) são as outras mais-valias para além, claro, do excelente trabalho ao nível dos solos, quer de guitarra, quer de teclados, com Pontus Larsson a mostrar-se, também ele, um virtuoso no seu instrumento. O álbum apresenta dois instrumentais (Instru (metal) e Speed Devil) que servem, se ainda fosse necessário, para demonstrar as capacidades técnicas de Lindholm e Larsson. No entanto, a sensação que fica, é que os Firecracker conseguem criar muitos e bons solos tecnicamente perfeitos, rápidos, precisos mas que pecam um pouco na emotividade e na musicalidade. No entanto, os temas são agradáveis e momentos como Blind Date, Second Self ou The Refrain são do que melhor se tem feito ultimamente neste segmento do metal.

Track List:
1-Blind Date
2-Second Self
3-Gamekeepers song
4-Instru (metal)
5-Back Broken
6-The Refrain
7-A place called behind
8-Speed Devil

Line up: Stefan Lindholm (guitarras), Pontus Larsson (teclados), Tommy Kerevik (vocais), Hasse Wazzel (bateria), Fredrik Folkare (baixo)

Internet:
http://www.myspace.com/stefanlindholm

Edição: Escape Music (
http://www.escape-music.com/)

Comentários