Review: The First Slaughtering (Canchroid)

The First Slaughtering (Canchroid)
(2010, Edição de Autor)

Oriundos do Alentejo, os Canchroid apresentam The First Slaughtering, um álbum de puro brutal death metal. Puro? Bem, talvez não. Ao contrário da grande maioria das bandas deste género que se limitam a destilar violência sónica, os Canchroid, conseguem ser um pouco mais que isso. Talvez por isso eles se apelidem de tecnhical brutal death metal. Apesar de aqui haver dois termos aparentemente incompatíveis (techical e brutal) o que é certo é que eles coexistem mesmo. A faixa de abertura prova isso com os blastbeats e guturais a entrecruzarem-se com uma guitarra tecnicamente muito evoluída. E se Blessed Bodies Rotten é uma furiosa descarga de brutal death metal, com tudo no seu sítio, a faixa seguinte, Decapitated Soldiers From The Apocalypse mostra, de novo, uma capacidade técnica superior. O lead inicial poderia estar em qualquer trabalho de metal neo-clássico inspirado por Malmsteen e afins. E, curioso, esse soberbo trabalho de guitarra vai avançando com a música, à medida que também avança a parte mais brutal. Até que, cerca dos dois minutos, a banda resolve inverter tudo e criar uns segundos de puro devaneio progressivo e atmosférico que irá desembocar em novo caos sonoro. E é de toda esta variabilidade brutalidade/técnica que se desenrola The First Slaughtering. Para já estes quatro temas servem de apresentação ao colectivo que, assim, deixa muito boa impressão. Que continuem o bom trabalho.

Track List:
1. Slaughterhouse Orgy
2. Blessed Bodies Rotting
3. Decapitated Soldiers From The Apocalypse
4. Demência

Line up: Deadmeatgrinder (vocais), Haemarthrosis (guitarras), Dr.Morgue (guitarras), Peter Pain (baixo), Oblivion (bateria)

Internet:
www.myspace.com/canchroid

Comentários