Review - The Invalid (Clandestine)

The Invalid (Clandestine)
(2011, Nightmare)

Para quem não conhece, os Clandestine formaram-se em 2006 e chegaram a ser galardoados com um prémio da Rock City News, uma revista de Los Angeles, como Best Female Fronted Band. Será surpreendente? Talvez sim para quem não conhece este fantástica estreia. The Invalid é uma obra que se baseia, claro está, em nomes como Lacuna Coil ou Evanescence mas que, na realidade, deixa estas bandas a anos-luz de qualidade. De uma forma resumida, tem mais poder, mais atitude, mais criatividade… em suma mais classe! As composições são muito elaboradas, muito sofisticadas com o quarteto a desenvolver o seu rock/metal pleno de elementos progressivos e dinâmicas por vezes indescritíveis. Depois, os Clandestine não se coíbem de arriscar e meter a mão a tudo que pode enriquecer os temas, seja metal, hardcore, guturais ou eletrónica. O resultado? Simplesmente sensacional. June Park lidera um conjunto de músicos de elevada craveira técnica que consegue executar todas as ideias altamente criativas que saem do processo de composição. De tal forma, os temas não são nada lineares, apresentando diversas variações e muita riqueza nas estruturas e nos arranjos. Philistine é o melhor exemplo. Mas outros se seguem de muito perto, como por exemplo, Fearless, Silent Sin (num registo mais calmo), The Invalid ou Pretend. Para quem já anda cheio de senhoras a cantar, experimentam Clandestine!

Tracklisting:
1. Fearless
2. Disappear In You
3. Silent Sin
4. Philistine
5. Pretend
6. Fracture
7. Dead To The World
8. Phantom Pain
9. The Invalid
10. Comatose

Lineup:
June Park – vocais
Dan Durakovich – guitarras
Sammy J. Watson – bateria
Mark Valencia – baixo

Internet:

Edição: Nightmare

Comentários