Review - When Mountains Roar (Wall Of Sleep)

When Mountains Roar (Wall Of Sleep)
(2010, PsycheDOOMelic Records)

Já aqui falámos do desmembramento dos Mood, iconográfica banda doom húngara e dos Stereochrist, um dos novos rebentos surgidos no período pós-Mood. Pois bem, agora regressamos à Hungria para revisitar o quarto álbum de originais dos Wall Of Sleep, banda nascida em 2001 também ela das cinzas dos tais... Mood. When Mountains Roar é, pois o quatro trabalho do quinteto e sucede à pequena desilusão que foi … And Hell Followed With Him, após um silêncio de três anos. Desde logo, a maior saliência vai para a estreia de um novo vovalista, Cselényi Csaba, elemento importante na sonoridade geral do coletivo pela maior variedade introduzida. Historicamente, a banda pratica um doom metal tradicional fortemente influenciado pelos ritmos lentos e mid-tempo de nomes como Black Sabbath (era previsível para uma banda que adotou como nome um dos temas do mestres britânicos!), apesar de estar mais próximo da era Dio que, propriamente da era Ozzy. Todavia, neste When Mountains Roar, a banda arrisca entrar noutros campos e promove a inclusão de atmosferas umas vezes mais bluesy, outras vezes mais heavy rock tradicional, lembrando, a espaços, os seminais Accept. Como se facilmente se apercebe, When Mountains Roar acaba, por se assumir claramente old-school, apresentando um soberbo conjunto de oito temas, com riffs monumentais, diálogos de guitarras assombrosos e, lá está, um soberbo desempenho vocal. Tudo conjugado, para a criação dum trabalho de excelência, provavelmente o melhor álbum da carreira dos húngaros.

Tracklist:
1. Hungry Spirits
2. Receive The Pain
3. Into The Light
4. Raven Avenue
5. Hell Sells
6. Bitter Smile
7. Trapped In Sorrow
8. Army Of The Dead

Line-up:
Sandor Fuleki – guitarras
Cselényi Csaba – vocais
Barnabás Preidl – baixo
Szabolcs Szolcsányi – bateria
Balázs Kemencei - guitarras

Internet:

Comentários