quinta-feira, 2 de junho de 2011

Review: Amsterdamn Hellsinki (Tornado)

Amsterdamn Hellsinki (Tornado)
(2011, Listenable)

Lembram-se de álbuns míticos como Kill’Em All, The Ultra-Violence ou Reign In Blood? Pois, a qualidade e genialidade destes trabalhos raramente tem sido atingida, mas os Tornado com Amsterdamn Hellsinki elevam a sua fasquia até níveis muito próximo dos apresentados nesses discos históricos. A banda holandesa com ramificações nos Estados Unidos e Finlândia e que já se chamou Nemesis Divina consegue apresentar um disco de puro thrash metal old school, uma autêntica homenagem aos grandes nomes do movimento dos anos 80, nomeadamente os nomes criadores daqueles álbuns referidos logo no inicio ou mesmo outros como Exodus ou Suicidal Tendencies (principalmente ao nível dos vocais). Como resultado surge um conjunto de 12 temas que, verdadeiramente, se podem catalogar de hinos, apresentados de uma forma direta, sem grandes artificialismos e com uma autenticidade que já parecia perdida. Altamente ritmado, vibrante, de um dinamismo absolutamente notável, onde a bateria varre completamente toda a base musical e com solos cortantes, incisivos, lancinantes e… melódicos, Amsterdamn Hellsinki recupera toda a magia e essência do thrash metal dos anos 80 e trá-las de volta para os tempos contemporâneos. E nem precisa ser brutal ou devastador. Baste ser o que é. Genuíno, espontâneo, criativo, vibrante. Provavelmente o melhor álbum thrash deste novo milénio!

Tracklist:
1. A Bold Statement
2. Hate Worldwide
3. 3 Of 8
4. Massive Extinction Impact
5. Eugenics
6. Ignorance Is Thy Name
7. Noora
8. Blue
9. Priesthood Pedophilia
10. Diva
11. Tunisia Uprising
12. Rise Disciples Rise

Line-up:
Michiel Rutten – guitarras
Joey Severance – vocais
Johnny Wow - baixo
Daddy B - guitarras
Starvin Marvin - bateria

Internet:

Sem comentários: