Review: Beyond Control (Polution)

Beyond Control (Polution)
(2012, Escape Music)

Nascidos em 1997, os Polution tem mantido uma presença constante na cena musical desde 2005, tendo já atuado ao lado de bandas como Krokus ou Sideburn. Em 2006, classificaram-se em terceiro lugar no Emergenza Bandcontest realizado em Zurique, o que lhes permitiu aumentar a sua base de fãs e popularidade. Originalmente focada em recriar históricos temas de bandas como AC/DC, Metallica ou Motorhead, os Polution foram, a pouco e pouco, criando temas próprios e desenvolvendo um estilo que se baseava em riffs pesados e atraentes melodias. Esta evolução teve como resultado a edição de um primeiro trabalho discográfico, Overheated, em 2007. Agora regressam com o segundo trabalho, sob o título genérico de Beyond Control, apresentando riffs cortantes e agressivos e uma sonoridade mais polida. São doze temas (contabilizando uma curta intro e um interlúdio) de puro rock descomprometido e declaradamente direcionados para os fãs de Gotthard e Krokus. Um álbum curto com temas com muito ritmo, muita energia, diretos e poderosos. A secção rítmica está muito presente e os riffs são, como já referimos, muito fortes (até bastante mais agressivos que o habitual para este género de música). Bem compassado e com algum groove, Beyond Control peca por alguma repetição de fórmulas, apesar da banda procurar ir doseando a sua adrenalina entre temas um pouco mais calmos (como Forever And A Day) e outros bem mais agressivos, como em War. Ainda assim, o início do disco promete muito mais que acaba por não se concretizar.

Tracklist:
1- Rising Danger
2- Fire 
3- Live Until You Die 
4- Forever And A Day 
5- Follow Me 
6- Prefix 
7- The Band 
8- War 
9- Flying
10- RIP 
11- Bite Me
12- All-in

Line-up:
Marcel Betschart – guitarra solo
Andreas Betschart - baixo
Armin Betschart  - bateria
Matthias Betschart  - guitarra ritmo
Pascal Gwerder – vocais

Internet:
 

Edição: EscapeMusic

Comentários