RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Inner Monster Out (Shadowside)

Inner Monster Out (Shadowside)
(2012, Inner Wound)

Poder, energia e intensidade são os três adjetivos que melhor caraterizam os brasileiros Shadowside. A banda de Santos já vai no seu terceiro trabalho e já pode deixar de se considerar uma esperança, para passar a ser uma certeza do metal brasileiro. Os dois primeiros álbuns incluídos em diversas listas dos melhores dos seus anos e as tournées com Helloween (no Brasil) e com os lendários W.A.S.P. (pela Europa) fazem acreditar que estamos na presença de um nome capaz de se impor, muito rapidamente, no panorama internacional. Inner Monster Out é um trabalho onde a banda apresenta os seus monstros interiores e os liberta de uma forma intencional e poderosa. O heavy metal praticado pela banda está injectado de apontamentos de nu-metal, groove metal, thrash e até prog. O curioso é que os temas nunca chegam a cair, em definitivo, em nenhum dos campos citados. Balançam num limbo difícil de descrever mas, no limite, mantém-se firmes. Firmes e com uma sonoridade agressiva, pesada e intensa. Mas sempre com uma forte ênfase na melodia vocal e, particularmente, dos solos, o que os leva a poderem ser considerados como uns Lacuna Coil mais esforçados, mais fortes e agressivos, mas, também, menos inspirados. Aliás, refira-se que a capacidade técnico-melódica dos guitarristas (principalmente nos solos) é um dos aspectos mais apetecíveis em Inner Monster Out e uma das mais-valias deste disco. Destaque para as participações vocais de Mikael Stanne (Dark Tranquillity), Björn "Speed" Strid (Soilwork) e Niklas Isfeldt (Dream Evil) na faixa título a conferir diversidade vocal e, de igual modo, a imprimir mais agressividade vocal num trabalho onde já é de considerar o desempenho de Dani Nolden, eventualmente a mais poderosa vocalista brasileira. Num álbum construído sobre bases fortes e que faz da homogeneidade a sua principal arma, podem, todavia, ser destacados os temas Gag Order e Angel With Horns (uma dupla de entrada a colocar desde logo os ouvintes em sentido!) e o final com uma explosiva versão de Ace Of Spades dos Motörhead. Mas no intervalo de tempo que vai entre uns e outro, muito e vastamente interessante material os ouvintes poderão descobrir.


Tracklist:
01. Gag Order
02. Angel With Horns
03. Habitchual
04. In The Name Of Love
05. Inner Monster Out
06. I'm Your Mind
07. My Disrupted Reality
08. A Smile Upon Death
09. Whatever Our Fortune
10. A.D.D.
11. Waste Of Life
12. Ace Of Spades

Line-up:
Dani Nolden - vocais
Raphael Mattos - guitarras
Rocardo Piccoli - baixo
Fabio Buitvidas – bateria
Internet:

Edição: Inner Wound

Comentários