Review: Reator (R. J. A.)

Reator (R. J. A.)
(2012, Edição de Autor)

Após mais de três anos de interregno os R.J.A., trio de Torres Novas, regressaram aos palcos na sua terra natal e, como consequência, regressam também às gravações, com Reator, o seu novo trabalho de originais. Nove temas e 35 minutos de energia e mensagens positivas compõem este Reator que tem por base um punk rock criado na linha dos mestres Censurados ou Mata Ratos. Todavia, por momentos a banda faz incursões em campos mais hardrockeiros e refira-se que é, precisamente, nesses momentos que este Reator se torna mais atraente e apetecível. Temas como Quando Esse Dia Chegar, mais rock e menos punk ou hard e com o melhor arranjo de linhas melódica do disco ou Tu Vais Ganhar com uma inteligente alteração rítmica a meio ou, ainda, o tema título com riffs pesadões e um grande trabalho de bass & drum são os elementos mais altos de um disco que faz da sua simplicidade de processo o seu ponto mais forte. Liricamente, e como é habitual no género, a banda aborda questões sociopolíticas atuais e prementes não faltando sequer curtos excertos dos discursos de figuras políticas nacionais, onde pontifica o célebre “um Portugal mais pobre” do nosso ex-primeiro ministro José Sócrates em A Nossa Sociedade. Embora sem inovar, os R. J. A. apresentam sob a forma de Reator um disco com energia e melodia suficientes para se poder considerar este um regresso altamente positivo e a prometer outros voos.

Tracklist:
1.      Aquecimento Global
2.      Quando Esse Dia Chegar
3.      Século XXI
4.      Tu Vais Ganhar
5.      A Formiga e a Cigarra
6.      Portugal
7.      A Nossa Sociedade
8.      Reator
9.      Tuga Chico Esperto

Line-up:
Biduga – voz e guitarra
Ganda – baixo
Sardinha – bateria
Internet:

Comentários