RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: Few Against Many (Firewind)

Few Against Many (Firewind)
(2012, Century Media)

Depois do aclamado Days Of Defiance, os gregos Firewind tiveram um período muito preenchido não só com a sua tournée de apoio a esse álbum, como também com a participação do guitarrista Gus G. na tournée com Ozzy Osbourne. Com o regresso a estúdio, a banda começou a preparar este seu novo e mais pesado trabalho, Few Against Many, com a inspiração a vir diretamente do tempo passado na estrada. E este é um trabalho que marca claramente o crescimento e evolução da banda, representando um passo em frente na carreira já de si meritória da banda. São, ao todo, dez temas muito versáteis, envolventes, sempre catchy embora genericamente mais obscuros que o trabalho anterior. Aqui incluem-se a pesada abertura com Wall Of Sound (o primeiro single), a épica Losing My Mind, a atmosférica Edge Of A Dream (com a inclusão dos finlandeses Apocalyptica como convidados especiais), a forte Few Against Many e a melódica Glorious. Desta feita, a banda optou por trabalhar com a equipa de Jason Suecof e Eyal Levi nos Audiohammer Studios (Trivium, All That Remains, Death Angel), eventuais responsáveis pelo brilhante trabalho de mistura do álbum. E provavelmente também os responsáveis pelo acentuar do peso e obscuridade de um disco diferente do que os Firewind tinham habituado os seus fans. Por isso mesmo, um disco que merece por parte destes uma abordagem também diferente mas que não necessariamente negativa.

Tracklist:
1. Wall Of Sound 
2. Losing My Mind 
3. Few Against Many 
4. The Undying Fire 
5. Another Dimension 
6. Glorious 
7. Edge Of A Dream 
8. Destiny 
9. Long Gone Tomorrow 
10. No Heroes, No Sinners 
    
Line-up:
Apollo Papathanasio - vocais
Gus G. - guitarras
Petros Christo - baixo
Bob Katsionis – teclados, guitarras adicionais
Jo Nunez - bateria 
Internet:

Edição: Century Media

Comentários