sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Review: HBC (HBC)

HBC (HBC)
(2012, Shrapnel Records)
 
Numa linha de ecletismo que tem sido apanágio de Via Nocturna nos últimos tempos, trazemos, desta vez, até vós a estreia do trio formado por Scott Henderson, Jeff Berlin e Dennis Chambers. Primeiro ponto de interesse: a reunião de músicos de altíssima qualidade, com créditos firmados no segmento do jazz, criando este supergrupo; segundo ponto de interesse: o facto da edição ser através de uma subsidiária da Shrapnel com o próprio Mike Varney (certamente todos se lembrarão dele) como produtor executivo; terceiro ponto de interesse: a forma como este trio, considerado por muitos como um dos melhores de jazz/fusão, consegue criar uma obra de intenso virtuosismo. Sendo certo que a base principal dos arranjos e muito do trabalho da secção rítmica se situa, claramente, em campos do jazz, é o trabalho de guitarra que acaba por fazer a diferença. Scott Henderson praticamente nunca para de solar em todo o álbum (só não sola quando… solam os seus companheiros!) e muitas das vezes imprime uma dose extra de distorção e até algum peso que situa o seu trabalho muito próximo de um blues-hard rock jazzístico. Assim se cruza um vibrante trabalho instrumental (não só ao nível da guitarra mas também do baixo e bateria), cheio de virtuosismo, como já referimos, com uma bem transparente sensação de improviso. Em grande parte do álbum acontece assim, com temas freneticamente bem elaborados e que se desenvolvem de forma muito natural e espontânea. As exceções surgem sob a forma de The Orphan, um tema muito calmo e até com a introdução de vocalizos e de Threedom, um tema atmosférico apenas com suaves, mas densas, linhas de baixo. São exceções e são também, quanto a nós, os temas menos bem conseguidos deste alinhamento de 9 faixas onde ainda se inclui Wayward Son Of Devil Boy, um outro grande tema capaz de juntar as estruturas jazz, com ritmos blues, mantendo a toada hardrockeira da guitarra e Stratus um final em grande estilo e cheio de feeeling rockeiro. Refira-se que por aqui há versões de grandes nomes do jazz como Weather Report, Herbie Hancock ou Billy Cobham a par de outros temas escritos pelo trio em conjunto ou de forma individual. Mas no essencial, HBC é um disco cheio de virtuosismo. Não tendo o peso tradicional do heavy metal e dos seus subgéneros, seguramente agradará aos seus fãs que tiverem suficiente abertura de mente e principalmente para quem gosta de ouvir verdadeira classe na execução destes instrumentos.
 
Tracklist:
1.                  Actual Proof
2.                  Mysterious Traveller
3.                  Footprints
4.                  D Flat Waltz
5.                  The Orphan
6.                  Sightseeing
7.                  Wayward Son Of Devil Boy
8.                  Threedom
9.                  Stratus
 
Line-up:
Scott Henderson - guitarras
Jeff Berlin - baixo
Dennis Chambers - bateria
 
Internet:
Edição: Shrapnel Records

Sem comentários: