Review: Freak Of Chance (Oxygene8)

Freak Of Chance (Oxygene8)
(2007, Independente)
 
Depois da muito interessante experiência sonora que foi a audição de Loop1, trabalho para o ano de 2012 do inovador projeto Oxygene8, chegou à nossa mesa de trabalho o EP de cinco temas, Freak Of Chance, datado de há cinco anos atrás. Ouvindo os Oxygene8 de hoje para trás, é mais fácil perceber a evolução que o coletivo tem tido. Claro que grande parte das suas caraterísticas já estava presente em Freak Of Chance, embora este trabalho que agora analisamos esteja formatado de uma maneira mais tradicional no que ao conceito de canção diz respeito. Isto é, os temas são mais curtos, mais num estilo típico canção embora e sempre com a inerente capacidade de cruzar elementos atmosféricos, ritmos eletrónicos e riffs de guitarra de fúria muito controlada. A secção inicial de Close Your Eyes, um dos melhores temas do disco, por exemplo, agarra logo o ouvinte e leva-o através de uma viagem pela música complexa dos Oxygene8, uma sensacional mistura de rock alternativo, hard rock e música experimental e eletrónica de grande musicalidade e beleza. Se nos permitem comparações, sempre avançaríamos com os nacionais OZ. Depois da referida abertura, Freak Of Chance ultrapassa diversas etapas ora mais frenéticas, ora mais calmas para fechar de forma estonteante com ritmos e arranjos exuberantes em Poetica Reprise, uma forma onde os músicos dão largas à sua criatividade e imaginação para criarem uma peça única onde a improvisação deverá ter tido uma boa quota-parte na sua génese. Longe dos estereótipos do rock dos dias de hoje, Freak Of Chance deverá agradar a quem procura sonoridades refrescantes e que ultrapassem a vulgaridade.
 
Tracklist:
1.      Close Your Eyes
2.      Not Different But Not The Same
3.      Don’t Look Down
4.      Freak Of Chance
5.      Poetica Reprise
 
Lineup:
Linda Cushma – vocais e baixo
Steve Perish – guitarras, sintetizadores, vocais
Tony Levin – baixo
Tim Alexander – baixo
Claudio Cordero – guitarra solo
Federico Miranda – guitarra solo
Kiko King – bateria
 
Internet:

Comentários