domingo, 24 de fevereiro de 2013

Entrevista: ValoR

Chamam-se ValoR e são, efetivamente valorosos. Valorosos na forma como praticam e defendem o heavy metal clássico de proporções épicas. Vêm da Grécia e estreiam-se para a Pitch Black Records com o sensacional The Yonder Answer, segundo longa-duração do coletivo a ser editado no próximo dia 5 de março. O sexteto reuniu-se para falar a Via Nocturna do passado, presente e futuro de uma das mais promissoras bandas helénicas.
 
Olá e obrigado por aceitarem responder a Via Nocturna. Os ValoR não são muito conhecidos em Portugal, por isso podem descrever um pouco o projeto?
Antes de mais, gostaríamos de te agradecer pelo teu interesse na nossa banda. Os ValoR oferecem música heavy metal melódica com um sentimento épico. Musicalmente é baseado em formas de metal dos anos 80, como muitas bandas de metal tradicional, mas também algumas influências do power metal dos anos 90.
 
Que nomes mais vos influenciaram?
Na verdade, a banda não tem qualquer influência em termos de composição. Nós acreditamos que as nossas influências são a música com que crescemos durante anos como fãs desse estilo de vida do heavy metal. Cada membro tem as suas bandas favoritas. Alguns membros da banda são principalmente fãs das bandas de metal do início dos anos 80; outros são de material mais recente. A linha de fundo é que todos nós, eventualmente, temos influências comuns como o heavy metal clássico e o power melódico. O nosso amor e paixão mantem-nos juntos para criar e compor algo em que acreditamos, que é a nossa música.
 
Estão prestes a lançar o vosso segundo álbum. Quais as expectativas para The Yonder Answer?
Queremos mostrar que os ValoR ainda estão a evoluir em termos de música, de produção, etc. e esperamos alcançar novos fãs que não estavam cientes do valor dos nossos lançamentos anteriores. Isto com a ajuda da nossa editora Pitch Black Records que tem feito um excelente trabalho para promover a nossa música em muitos meios de comunicação onde não poderíamos chegar com a nossa pequena editora independente.
 
Realmente vocês chegaram à Pitch Black Records depois de dois registos (um álbum e um EP) para a Eat Metal Records.4. Foi essa ambição que vos fez mudar?
Somos bons amigos do proprietário da Eat Metal Recods, por onde lançámos dois álbuns. A nossa opção de lançar The Yonder Answer pela Pitch Black foi porque sempre admiramos o profissionalismo e a boa distribuição que a editora consegue. Para além de músicos também somos fãs em primeiríssimo lugar e ouvimos várias bandas pertencentes à Pitch Black. É uma honra fazer parte de sua lista, e esperamos que todos os fãs de todo o mundo sejam, de alguma forma, capazes de ouvir o nosso CD, seja em versão física ou através de download digital.
 
A vossa última gravação foi em 2008. O que fizeram durante este longo hiato?
The Yonder Answer estava pronto para ser gravado e lançado em 2010. A principal causa para este atraso foi devido ao fato da banda ter feito muito investimento em termos de mistura e masterização final do produto. Isso levou-nos mais 2 anos! Em meados de 2012, o álbum estava pronto para procurar uma editora. Estamos otimistas de que nos próximos álbuns iremos recuperar todo esse tempo uma vez que a banda agora tem a experiência necessária para fazer as escolhas certas tendo em vista o melhor resultado.
 
É verdade que The Yonder Answer foi lançado em formato independente no vosso país no ano passado?
Não, The Yonder Answer nunca foi lançado antes da Pitch Black Records. Apenas tínhamos gravado e disponibilizado uma música, a The Answer’s Yonder para uma compilação da Rock Hard Magazine, embora a nova versão presente no álbum tenha um arranjo e produção muito diferentes.
 
Ultimamente têm surgido alguns nomes interessantes vindos da Grécia. Parece que a vossa crise financeira (similar com a Portuguesa - risos) não está a afetar a criatividade?
Na verdade, a crise não afeta a criatividade. Pelo contrário, parece que incentivou que muitas bandas se levantassem. Talvez, enquanto declina da sociedade, a arte floresça.
 
A respeito do título do álbum, existe algum significado específico para The Yonder Answer?
É um álbum conceptual que aborda a busca de um homem pelas respostas sobre religião, fé, confiança e amor. A história desenvolve-se em 10 faixas e cada faixa é um capítulo desta história. Para nós, o título do CD é uma inspiração. Mesmo para o mais difícil problema, há sempre uma resposta que está Yonder.
 
Há já alguma tournée planeada para promover The Yonder Answer?
Já está prevista uma festa de lançamento ao vivo em Atenas e planeamos mais alguns espetáculos em várias cidades gregas como Patra, Larissa, Ioannina, etc Estamos também abertos a quaisquer convites de países estrangeiros.
 
A terminar, querem acrescentar mais alguma coisa para os nossos leitores...
Obrigado mais uma vez pelo teu interesse e gostaríamos de convidar os teus leitores a seguir os ValoR nesta jornada épica.

Sem comentários: