Review: Turn On The Night (Black Rose)


Turn On The Night (Black Rose)
(2013, Doolittle Group)
(5.2/6)
Com quase um quarto de século de existência, os Black Rose não têm tido, no entanto, uma presença muito significativa em termos de edições discográficas sendo Turn On The Night apenas o seu quarto registo. Talvez por isso, este era um nome desconhecido para nós em Via Nocturna, embora a audição deste disco se tenha revelado um muito agradável surpresa. Hard rock/heavy metal de influência clássica, com referência a nomes como Pretty Maids, Europe e mesmo Yngwie Malmsteen. Este é um disco composto por grandes hinos de heavy metal clássico onde o trabalho de guitarra se revela excelente quer ao nível dos solos, quer dos riffs e harmonias. Cumulativamente, também a existência de uma secção rítmica pujante e empolgante, cavalgadas enérgicas e enormes melodias destinadas a serem gritadas a plenos pulmões fazem de Turn On The Night um disco direto onde os suecos se concentram a fazer o que é essencial: música para puro deleite e pura diversão. Assim, acreditamos que este conjunto de 9 temas resultará muito bem em palco da mesma forma que a sua audição em disco nos transporta para altura em que o metal era simplesmente isto: paixão!
Tracklist:
1. My Enemies
2. Rise Again
3. Turn On The Night
4. Never Let Me Down
5. We Were Winners
6. Hunter
7. The Bold And The Beauty
8. Busted
9. Our Wisdom
Line-Up:
Anders Haga - baixo  
Peter Thederan - vocais
Peter Haga - bateria  
Thomas Berg - guitarras
Internet:
Edição: Doolittle Group

Comentários