segunda-feira, 1 de abril de 2013

Review: The Chandrasekhar Limit (Zenit)

The Chandrasekhar Limit (Zenit)
(2013, Galileo Records/Gonzo Multimedia)
(5.3/6)
 
Toda a gente conhece as escolas britânica e sueca (principalmente estas) de rock progressivo. Mas… e a Suíça? Provavelmente nem se poderá falar em escola mas é de lá que surge um dos mais impressionantes nomes no velho continente dentro deste género musical. Chama-se Zenit e apesar de uma longa carreira (formaram-se em 1998), o seu pecúlio não é muito intenso, sendo The Chandrasekar Limit apenas o seu terceiro álbum, estando distanciado 7 anos do seu antecessor. Muito tempo para preparar um conjunto de grandes canções, deixá-las crescer e amadurecer, provavelmente preparadas sem qualquer tipo de pressão. O resultado, na forma de seis temas distribuídos por cerca de 70 minutos, é simplesmente soberbo! Pensem em todos os grandes nomes progressivos da história: Pink Floyd, Yes, Genesis, Neal Morse, The Flower Kings… Agora pensem em todas as suas principais e mais grandiosas caraterísticas… Os Zenit conseguem juntá-las todas! Matrimandir, um tema de 17 minutos é um dos momentos mais sublimes deste disco pelo seu aroma indiano onde nem sequer faltam passagens em sânscrito. Mas já antes, Awaken e PiGrego se tinham revelado fundamentais peças em qualquer discografia de prog rock e Cub Lady, o mais curto tema quase ao jeito de interlúdio, uma sensual balada. Até ao final ainda há tempo para a instrumental muito oriented rock Pulsar e a sensacional The Daydream Suite, um épico de 25 minutos que resume todo o disco com os seus solos de teclados, guitarras melódicas, coros complexos e soberbas linhas de baixo. The Chandrasekhar Limit é um disco obrigatório para qualquer fã de rock progressivo!
 
Tracklist:
1.      Awaken
2.      Cub Lady
3.      PiGreco
4.      Matrimandir
5.      Pulsar
6.      The Daydream Suite
 
Line-up:
Lorenzo Sonognini – vocais e guitarras acústicas
Luigi Biamino – guitarras
Ivo Bernasconi – teclados
Andy Thommen – baixo e guitarras
Gabriele Schira – bateria
 
Convidados:
Stefano Zaccagni - saxofone
Asia Thommen - backing vocals
Diana Bernasconi - backing vocals
Maria Scandella - backing vocals
Ilaria Widmer - backing vocals
 
Internet:
 

Sem comentários: