sábado, 25 de janeiro de 2014

Review: Dono do Mundo (Tara Perdida)

Dono do Mundo (Tara Perdida)
(2013, Sony Music)
(5.4/6)

Os Tara Perdida são um dos coletivos mais iconográficos do cenário punk rock nacional e já estavam em silêncio, no que a originais diz respeito, vai para 5 anos. Uma longa espera que se reverteu num fantástico regresso sob a forma de Dono do Mundo. Esperem tudo aquilo que fizeram dos Tara Perdida uma referência. Punk rock da velha guarda, cheio de ritmo, velocidade, melodias, coros orelhudos. E como sempre, com um olhar muito atento sobre a atualidade, com letras corrosivas e um humor. Dono do Mundo apresenta 13 hinos onde o punk rock acaba por extravasar para alguns momentos mais metaleiros (Quem Quer Confessar é tão dura e forte que chega a parecer thrash metal!) e até para um instrumental e tema em registo eletroacústico com acompanhamento a piano, dedicado a Lisboa. Um piscar de olhos às ondas radiofónicas com a ajuda de Tim (Xutos & Pontapés) e Rui Almeida (pianista de João Pedro Pais). No entanto, entre grandes e memoráveis coros a pedirem rasgadas gargantas ao vivo, como em Mensagem, Entender o Mundo, Onde Tudo Acaba, o álbum fica marcado por dois temas que consideramos relevantes por mostrarem um lado mais envolvente dos Tara Perdida: Segredo e O Caos Está Instalado. Mantendo as doses de irreverência e rebeldia, João Ribas e seus pares conseguiram aqui criar momentos envolventes e com melodias superiores dignas de registo. Mas por tudo, pela diversidade, pela qualidade, pela irreverência, valeu a pena a espera de cinco anos. Dono do Mundo é um disco que seguramente figurará entre os melhores da banda lisboeta. E os Tara Perdida até podem nem ser donos do mundo mas são, claramente, cada vez mais donos do seu espaço.

Tracklist:
1.      O Que é Que Eu Faço Aqui
2.      Mensagem
3.      Segredo
4.      Entender o Mundo
5.      O Fim
6.      Onde Tudo Acaba
7.      Lisboa
8.      Quem Quer Confessar
9.      O Caos Está Instalado
10.  Dono do Mundo
11.  Psicopata Infernal
12.  A Ponte
13.  Não Depende de Mim

Line-up:
João Ribas – voz
Rui Costa “Ruka” – guitarra/coros
Tiago Silva “Ganso” – guitarra/coros
Nuno Espírito Santo – baixo
Pedro Rosário “Kistos” – bateria

Internet:

Edição: Sony Music

Sem comentários: