sábado, 22 de março de 2014

Review: Electric Mountain Majesty (Mos Generator)

Electric Mountain Majesty (Mos Generator)
(2014, Listenable Records)
(5.3/6)

Depois de vários álbuns de originais, um álbum retrospetivo e um outro ao vivo lançados por diversas editoras, os Mos Generator chegam à Listenable e assinam o monstruoso Electric Mountain Majesty. Monstruoso no sentido dos gigantescos riffs, do monumental baixo e da super-dinâmica bateria capazes de criar um disco de stoner/doom cheio de dinâmica, grandes temas e muita densidade. Black Sabbath, Saint Vitus ou Corrosion of Conformity são as referências, alias nada que não fosse de esperar atendendo o passado do coletivo. Mas aqui em Electric Mountain Majesty o trio marca bem a sua posição como um dos melhores coletivos do género. Logo a abrir três temas que deixam toda a concorrência (e fans, também!) em sentido. Grandes malhas, excelentes solos, vocais nem demasiado doces nem demasiado agressivos, sempre com a intenção de simplesmente… cantar. Ouçam particularmente Enter The Fire, o melhor tema do disco com um trabalho de guitarra verdadeiramente memorável. O tema título a surgir já quando se caminha para o final do disco surpreende pela velocidade, naquele que é outro dos grandes momentos do álbum. Heavy Ritual é um tema asfixiante, quase cruel pela forma como as afinações graves, sujas e cadentes envolvem e oprimem o ouvinte. São os Mos Generator mais contundentes e menos amigáveisElectric Mountain Majesty é um disco para os fãs do stoner, do doom, de Black Sabbath e também para todos os outros porque o heavy rock aqui praticado ultrapassa todas as fronteiras de estilos. Mas um conselho: deve ser ouvido bem alto!

Tracklist:
1.      Beyond The Whip
2.      Nothing Left But Night
3.      Enter The Fire
4.      Spectres
5.      Neon Nightmare
6.      Breaker
7.      Early Mourning
8.      Electric Mountain Majesty
9.      Heavy Ritual

Line-up:
Scooter Haslipo – baixo
Tony Reed – vocais, guitarras e teclados
Shawn Johnson – bateria

Internet:

Edição: ListenableRecords 

Sem comentários: