terça-feira, 25 de março de 2014

Review: Obsession (Linda & The Punch)

Obsession (Linda & The Punch)
(2014, Escape Music)
(5.3/6)

Linda & The Punch é um jovem coletivo britânico de rock em que a vocalista Linda, de apenas 21 anos, se dedicou depois de ter terminado (com sucesso) os exames escolares. Para este álbum o processo de composição esteve a cargo de nomes como Steve McEwan (Robbie Willams, Foreigner, Roger Daltrey), Herman Rarebell (Scorpions) e Tommy Denander que assim assinam um conjunto de 10 temas ao qual se adiciona uma cover da mítica Because The Night, imortalizada por Patti Smith. É um conjunto de temas de rock, maioritariamente simples e diretos, com incursões pontuais pelo punk, como acontece, por exemplo, logo na rebelde e provocante abertura, What A Shame, numa atitude muito in your face. Obsession é um disco muito orgânico, com algumas boas melodias, coros cantaroláveis e algumas guitarradas bem potentes. Linda assume o protagonismo quase total pela sua postura vocal desafiadora e provocante. Por vezes próxima de Pink, outras de Pat Benatar, outras ainda de Robin Beck. Sempre fresca e pronta para rockar. Mas Obsession não é um álbum apenas de um sentido. Wake Up Dreaming Of You é uma sensual balada acústica cheia de potencial radiofónico e Bite é um tema completamente atípico quase a lembrar Adele com algo de sinistro e soul. Na vertente mais rockeira destaque para Looking Out For Number One e Kill The Lights, os dois melhores momentos com os mais interessantes arranjos e estruturas. Linda & The Punch podem não apresentar o melhor álbum do ano, mas apresentam um trabalho competente, descomplexado e para curtir de forma simples e sem pretensiosismos.

Tracklist:
1.      What A Shame
2.      Cold Cold World
3.      Welcome To London
4.      Wake Up Dreaming Of You
5.      Nothing Of Anything
6.      Bite
7.      Looking Out For Number One
8.      Kill The Lights
9.      Lost For Words
10.  Love Kills Me
11.  Because The Night

Line-up:
Linda - vocais
Torsten Asemann – baixo
Tim Edler - teclados
Ralf Heyne - guitarras
Oliver Ross - bateria

Edição: EscapeMusic 

Sem comentários: