quinta-feira, 17 de abril de 2014

Review: Ultima Ratio Regis (Metal Inquisitor)

Ultima Ratio Regis (Metal Inquisitor)
(2014, Massacre Records)
(5.7/6)

Ao quarto álbum os Metal Inquisitor chegam à sua conterrânea Massacre Records e apresentam, provavelmente, o seu melhor trabalho de sempre. Ultima Ratio Regis é um disco brilhante que recupera toda a áurea do heavy metal clássico dos anos 80. Sim, a NWOBHM very old school está aqui presente de uma forma brilhante. Heavy Metal de uns Iron Maiden cruzado com o épico de uns Manilla Road, pelo menos ao nível vocal, com memoráveis cavalgadas, sensacionais duelos de guitarra e muita garra. Ultima Ratio Regis não nos traz nada de novo. Mas quem precisa de inovação quando o que se faz está bem feito e, ainda por cima, recupera para os tempos atuais, um dos melhores momentos vividos pelo heavy metal? O disco é todo ele de grande nível, mantendo uma bitola alta de qualidade. Os temas sucedem-se a grande ritmo e conseguem criar no ouvinte não só uma sensação de saudosismo, como também uma agradável sensação de bem-estar e diversão. Bem-estar por sabermos que o som eterno continua em boas mãos; diversão porque é esse o espirito que os Metal Inquisitor nos passam. Ultima Ratio Regis é pois um disco que mantém os germânicos na rota da memória dos heroicos antepassados do metal, relembrando às gerações atuais as virtude de outrora.

Tracklist:
1. Confession Saves Blood
2. Burn Them All
3. Call The Banners
4. Black Dessert Demon
5. Bounded Surface
6. Death On Demand
7. Self-Denial
8. Servant Of State
9. The Pale Messengers
10. Second Peace Of Thorn

Line-up:
El Rojo - vocais
Blumi – guitarra solo
T.P. – guitarra ritmo
Cliff Bubenheim - baixo
Havoc – bateria

Internet:

Edição: Massacre Records

Sem comentários: