RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Entrevista: Eridanus

Já ser considerado como a nova esperança do metal brasileiro com apenas um disco lançado diz bem da qualidade que gaúchos Eridanus apresentam. O quinteto está em plena fase de promoção do seu trabalho de estreia HellTherapy e do seu vídeo Set It On Fire, pelo que se impunha ir conhecer melhor este colectivo. O guitarrista e fundador Roger Feilstrecker foi o nosso interlocutor.

Olá! Obrigado pela vossa disponibilidade. Para começarem podem apresentar os Eridanus aos metaleiros portugueses?
Olá pessoal do Via Nocturna, eu é que agradeço a oportunidade e é um prazer estar aqui nesta entrevista falando para os fãs de Portugal. Bom, os Eridanus são uma banda brasileira, mais precisamente do Sul do Brasil da cidade de Porto Alegre, e estamos chegando já aos 10 anos de existência. A banda começou inicialmente comigo, em 2005, quando tinha em mente montar um projeto que unisse todas as vertentes do Heavy Metal, que resgatasse aquela energia genuína do estilo, sem aquela preocupação técnica exagerada que existe no metal, que prega que as músicas precisam ter riffs mega elaborados e difíceis. Muitas vezes menos é mais, resgatar aquela coisa oitentista dos “refrões de arena”. No início contávamos com vocais exclusivamente femininos, mas com o tempo isso foi substutítudo pelos vocais masculinos, e foi ai que conseguimos tornar a banda mais estável e com a identidade que ela tem hoje. Em Agosto do ano passado lançamos o nosso primeiro álbum, chamado HellTherapy e recentemente lançamos também o vídeoclip para nosso single Set It On Fire, e encontramo-nos agora em tournée para divulgação destes trabalhos.

Qual é o vosso background musical? Que outras experiências anteriores a Eridanus tiveram?
Bem, todos os integrantes tocaram em outras bandas antes dos Eridanus, tanto é que nos conhecemos do underground aqui de nossa região. Alguns dos integrantes, como o Andi (baixo) e Deivid (guitarra) já tiveram banda juntos. A maioria de nós tocavam em bandas da escola, e comigo não foi diferente. Tive várias bandas e projetos, mas sempre dentro do Rock e Metal.

O que foi que vos motivou a erguerem este projeto?
Na verdade na época que eu dei início a banda, encontrava-me insatisfeito com todos os projetos musicais em que estava envolvido, pois todas as bandas pareciam querer fazer sempre a mesma coisa, usar a mesma fórmula, sem nada inovador, sempre querendo colocar o virtuosismo à frente da música em si. Não que eu seja contra o virtuosismo, mas quando é exagerado, a música perde dinamismo. Ao mesmo tempo eu via minhas bandas favoritas se reinventarem e tentando coisas novas, e tomei isso como uma inspiração para montar os Eridanus, tentando fazer algo novo e dinâmico, que colocasse o feeling com o peso do Metal como itens principais.

Qual o significado do nome Eridanus? Como surgiu?
Na verdade Eridanus é uma constelação do hemisfério celestial sul e tem como vizinha a constelação de Orion, que é mais conhecida. Quando começamos a banda, queríamos um nome que tivesse algum significado mitológico, com lendas e histórias. Há muitas mitologias que envolvem esta constelação, principalmente gregas. Há quem diga que Erídano era um rio divino onde vivia Cetus, um monstro marinho. Alguns rios famosos, como o Nilo também já foram associado a Erídano no passado, por conta de sua semelhança com a forma da constelação. Mas existem muitas histórias e versões por trás disso, o que para nós chamou bastante atenção na época e acabou virando o nome oficial da banda.

Quais são as vossas principais influências?
Não existem influências específicas, pois gostamos de tanta coisa, e uma tão diferente da outra que fica difícil termos uma unanimidade dentro da banda. Temos quem gosta de Metal mais extremo, temos quem gosta mais de Power Metal, outro Heavy Metal clássico e também Hard Rock, Sleaze, Glam, AOR e etc. Todos nos Eridanus não se restringem somente ao Metal, todos escutamos outros géneros musicais também, pois como músicos, apreciamos a boa música de outros estilos e isso também acaba tendo uma influência grande nas nossas composições.

Falando agora de HellTherapy, o vosso trabalho de estreia. As críticas têm sido bastante positivas. Sentiam que podiam alcançar este nível de sucesso?
Na verdade nós sabíamos que o álbum tinha muito potencial, que tinha um clima especial e que podia agradar, mas nunca imaginamos o tamanho que isso poderia tomar, ainda mais tratando-se de um ábum de estreia. Quando se trata de uma coisa tão íntima de cada artista, como a sua música, ele sempre é suspeito para falar. Mas lógico que as expectativas foram superadas, e continuam sendo superadas a cada dia mais, e nós agradecemos imensamente aos nossos fãs por isso, pois eles são os principais responsáveis por tudo.

Como descreveriam a música presente em HellTherapy?
HellTherapy é um álbum intenso, direto, pesado, bastante acessível até para quem não é fã de Heavy Metal com letras que são praticamente uma biografia da banda.

O Brasil parece estar conquistado. Aliás, já foi dito que os Eridanus têm tudo para ser o próximo representante do metal gaúcho no mundo. Isso não vos aumenta os níveis de responsabilidade e de exigência?
Ainda não consideramos o Brasil conquistado, pois é um país gigante com muitos lugares aonde ainda não conseguimos chegar, mas logicamente que estamos no caminho para que essa conquista se possa tornar realidade. Mas realmente, a exigência e a cobrança serão cada vez maiores, pois a cada álbum teremos que provar que o sucesso de HellTherapy não foi só um acaso, mas sim uma afirmação de uma nova realidade dentro do Heavy Metal. E estamos plenamente preparados para isso.

Depois do Brasil, vem a Europa e os EUA. Como tem sido a vossa entrada nestes mercados?
Na verdade o mercado Europeu e Americano foram muito mais acessíveis à nossa música do que o próprio Brasil, ja que o Heavy Metal é muito mais popular e aceite nesses continentes. E com a internet, a nossa música chegou com muita força em todo mundo, chamando a atenção de muitos fãs e dos media internacionais, que viram nos Eridanus uma grata surpresa dentro do Metal que é feito no Brasil. Esperamos poder levar o nosso show a todos os cantos do mundo assim que tivermos oportunidade, e mostrar para os fãs de todos os lugares que podemos superar ainda mais as expectativas.

Set It On Fire foi o tema escolhido para vídeo. Porque esta opção?
Set It On Fire é uma música extremamente acessível, mas pesada ao mesmo tempo, e que agrada até quem não é fã de Heavy Metal. É aquele tipo de música que ouves uma vez e sais cantando. Esses elementos são essenciais na escolha de uma música de trabalho. Queríamos um vídeo marcante com uma música marcante, acho que foi o casamento perfeito.

Há planos para mais algum vídeo?
Por enquanto não. A nossa ideia é fazer apenas um vídeo para o álbum HellTherapy, mas não está descartado totalmente caso tenhamos a oportunidade.

Projetos para os tempos mais próximos? O que têm em vista?
Bom, com o lançamento do clip de Set It On Fire, agora podemos dedicar-nos a uma tour de divulgação do álbum, que é o que estamos a fazer neste momento. Queremos levar o nosso show a todos os lugares possíveis, e principalmente ir de encontro aos nossos fãs nos diversos cantos do mundo para que possamos ter um ótimo momento juntos.

Já estão a trabalhar no sucessor de HellTherapy ou não? Como será?
Sim, definitivamente. Estamos sempre compondo e fazendo músicas novas, inclusive temos tocado algumas músicas inéditas nos nossos shows, músicas essas que estarão no próximo álbum, e para quem quiser conferir, por enquanto, só indo ao nosso show. Paralelamente à tour de HellTherapy já estamos em pré-produção do seu sucessor, que inclusive ja tem título definido, mas isso não podemos revelar no momento, uma vez que a previsão de lançamento é para 2015.

Obrigado. Querem acrescentar mais alguma coisa para os nossos leitores ou para os vossos fãs?
Gostaria de agradecer o espaço cedido pelo Via Nocturna para divulgar nosso trabalho, e convidar o público de Portugal que ainda não conhece os Eridanus a conhecer o nosso trabalho, através do nosso site www.eridanusofficial.com, também pela nossa página no Facebook www.facebook.com/EridanusOffcial. Curtam o nosso novo clip também, acredito que vocês irão curtir bastante: https://www.youtube.com/watch?v=exK8VY73BC4. Nos vemos em breve! Grande abraço!

Comentários