domingo, 22 de junho de 2014

Review: Live At Exit/In (The Delta Saints)

Live At Exit/In (The Delta Saints)
(2014, Independente)
(5.8/6)

Depois do sucesso de três EP’s (Pray On, Bird Called Angola e Drink It Slow) e do álbum de 2013 (Death letter Jubilee), os The Delta Saints lançam este álbum ao vivo Live At Exit/In. A grande novidade é a inclusão de um teclista em detrimento do tocador de harmónica. Algumas diferenças são por isso mesmo notórias. E estes dois concertos gravados na mítica sala da sua cidade natal, Nashville, nas noites de 28 de fevereiro e 1 de março marcam um momento histórico: a forma como o coletivo reinterpreta as suas próprias canções é fenomenal! Todas, ou quase todas as músicas sofreram alterações e embora sejam reconhecíveis, são adicionados pormenores muito bons. Muito free-style, com sugestivos momentos de livre interpretação e execução e fenomenais solos de guitarra e teclas, com a secção rítmica também ela a fluir livremente. Se comparamos com o DVD ao vivo gravado em Bona na Alemanha em 2011, estas apresentações dos The Delta Saints em cima do palco estão muitos furos acima, notando-se uma banda com mais maturidade, entrosamento e muita classe para fazer das suas próprias canções aquilo que querem. Porque, de música, já se sabe o que por aqui roda: muito boogie rock ‘n’ roll e muito delta blues cheios de swing, soul e groove! Como momentos mais altos de um histórico disco referimos Drink It Slow, Death Letter Jubilee, Pray On, Chicago/Boogie e Crazy. Claramente estes The Delta Saints são um nome a reter na história do rock e blues e, de forma segura, podemos avançar que serão uma referência para outros projetos vindouros. Faltava apresentarem ao mundo que ao vivo são tão bons como em estúdio. Aqui está a prova: Live At Exit/In até acaba por demonstrar que em palco são ainda melhores!

Tracklist:
1.      Bird Called Angola
2.      Drink It Slow
3.      The Devil´s Creek
4.      Steppin’
5.      Death Letter Jubilee
6.      Pray On
7.      Chicago/Boogie
8.      Cigarette
9.      3000 Miles
10.  Crazy
11.  Liar
12.  Momma

Line-up:
Ben Ringel – vocais, resonator guitar
Dylan Fitch – guitarra solo
David Supica – baixo
Ben Azzi – bateria
Nate Kremer – órgão

Internet:

Sem comentários: