domingo, 15 de junho de 2014

Review: Ocean Blade (Gloryful)

Ocean Blade (Gloryful)
(2014, Massacre Records)
(5.8/6)

Em 2013 os germânicos Gloryful surpreenderam com a sua estreia de pure german heavy metal em The Warrior’s Code. Menos de um ano depois, o quinteto liderado por Johnny La Bomba está de regresso com Ocean Blade. Basicamente esta nova proposta começa onde tinha ficado o anterior álbum, com a temática da água de novo presente, adensando e aprofundando essa mesma temática. Musicalmente, Ocean Blade parte também dos mesmos pressupostos do disco de estreia mas eleva as suas qualidades a mais altos patamares de classe. O que os Gloryful apresentam, não é surpresa para ninguém: heavy metal tradicional, da velha e gloriosa escola germânica. Poderoso, épico, melódico, rápido, com grandes cavalgadas e enormes solos. Sim, meus senhores: isto é Heavy Metal. Com letras maiúsculas! E os melhores momentos acontecem quando a banda abranda a velocidade e introduz espetaculares harmonias nas guitarras. Isto acontece muitas vezes e mostra como a banda consegue ser bastante mais que velocidade pura e dura. Ocean Blade é um disco de verdadeiros hinos, que se vão sucedendo em catadupa. Sem dar descanso ao headbanging nem ao airguitar proporcionado em doses elevadas! Só em dois momentos, se pode descansar: um é Black Legacy, tema medieval, em registo acústico a colocar o ouvinte num qualquer bar de piratas. O outro é Ocean Legacy, curto final sinfónico. E se de The Warrior’s Code dissemos que a segunda parte era menos conseguida, daqui dizemos precisamente o contrário: Ocean Blade evolui em crescendo, ganhando cada vez mais intensidade, construindo-se cada vez leads com mais técnica, melhorando-se cada vez mais as linhas melódicas. Dentro de um conjunto de grandes temas fixem The Masrter’s Hands. Quando derem por vocês irão estar a cantar “we are, we are, we are…”. Definitivamente, um clássico obrigatório para todos os verdadeiros metaleiros de alma e coração!

Tracklist:
01. Hiring The Dead
02. El Mare, E Libertad
03. Ocean Blade
04. The Master’s Hands
05. Cradle Of Heroes
06. Black Legacy
07. All Men To The Arms
08. McGuerkin On The Bridge
09. Siren Song
10. Ocean Legacy

Line-up:
Johnny La Bomba – vocais e guitarra acústica
Jens "Shredmaster JB" Basten - guitarras
Vittorio Papotto - guitarras
Daniel Perl - baixo
Hartmut Stoof - bateria

Internet:

Edição: Massacre Records 

Sem comentários: