RIP - Malcolm Young (AC/DC) - We Salute You!

Review: God's Army A. D. (God's Army A. D.)

God’s Army A. D. (God’s Army A. D.)
(2014, Massacre Records)
(4.8/6)

Neste ano de 2014 a editora alemã Massacre Records tem-nos presenteado com alguns dos melhores momentos de puro heavy metal dos últimos anos. Assim de repente, lembramo-nos de StormWarrior, Gloryful ou Metal Inquisitor. Os God’s Army A. D. seguem a mesma tendência de heavy metal clássico, embora nesta estreia homónima acabe por não ser um puro sangue, uma vez que há algumas incursões por algum metal mais contemporâneo. Ainda assim, a velocidade, técnica e melodia de muitos momentos remetem-nos imediatamente para os mágicos anos 80, à semelhança do que acontecia com os nomes anteriormente citados e colegas de editora, embora, neste caso, com menor interesse. O primeiro grande momento surge em Waiting For The Miracle, contrariando a repetitividade que se vinha a verificar nos três primeiros temas. É uma faixa onde os God’s Army A. D. apresentam mais argumentos e criatividade, embora seja, também, aquela onde algumas lacunas vocais ficam mais expostas. Outros momentos de grande qualidade surgem em Coming Back To Life, tema que começa calmo e reage em cavalgada maideniana e em Running Around In Circles, com muito bons coros e uma excelente desempenho das guitarras. God’s Army fecha o disco de forma poderosa, sendo aquele tema onde mais se notam os tais apontamentos de metal contemporâneo pela agressividade. É o primeiro álbum, embora a experiência dos seus componentes não faça dos God’s Army A. D. uns novatos nestas andanças. Por isso, God’s Army A. D. estando alguns furos abaixo dos seus colegas de editora, é um disco de heavy metal que tem tudo no sítio: atitude, poder, presença, empolgamento. E isso basta? Julgamos que sim…

Tracklist:
1. The World That Never Was
2. City Lights
3. Gods Must Be Crazy
4. Waiting For The Miracle
5. Hear You Scream
6. Coming Back To Life
7. Running Around In Circles
8. God's Army

Line-up:
John A.B.C.Smith – vocais, guitarras, baixo, teclados
Don Amiro – guitarras e vocais
Ian O'Sullivan – guitarras e vocais
Mark Cross – bateria

Internet:

Edição: Massacre Records 

Comentários