quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Entrevista: Darryl Way

Darryl Way, antigo violinista dos Curved Air, têm andado ocupado com alguns projetos e discos, mas há mais de 20 anos que não se dedicava ao seu estilo predileto, que representa, afinal de conta as sua origens: o prog rock. Children Of The Cosmos marca esse regresso de uma forma deveras agradável, pelo que se impunha ir ouvir um dos principais violinistas do rock atual – Darryl Way!

Viva Darryl! Tudo bem? Obrigado pela tua disponibilidade! Quando começaste a pensar num álbum como este, nada semelhante a Ultra Violins, o teu último lançamento?
Na realidade, este álbum é uma extensão das coisas que eu tenho feito com a minha banda de clássicos crossover, Verisma. É muito mais rock e um regresso às minhas raízes de rock progressivo. Tentei recriar a emoção que tivemos no final dos anos 60 e início dos anos 70, quando éramos livres para experimentar com a música rock e ver até onde poderia ir.

Quanto tempo demoraste a ter este álbum pronto?
A maior parte do álbum foi criada ao longo de 6 meses, mas havia algumas faixas nas quais estive a trabalhar durante alguns anos.  

Este é o teu primeiro álbum de rock progressivo em mais de 20 anos. Como te sentes de regresso às origens?
Sim, é muito libertador poder voltar a esse género tendo uma tela quase em branco para trabalhar.

De qualquer modo, penso que Children Of The Cosmos é mais do que um simples álbum de rock progressivo. Aonde vais buscar todas as tuas influências e inspiração?
As influências vêm de uma vida inteira de experiência como músico que projeta todo o meu conhecimento como intérprete e compositor.

Os violinos são, naturalmente, o elemento principal deste álbum, mas quem mais participa contigo neste álbum?
Todo o álbum, exceto para os vocais de Rosie em Fire With Fire e ​​alguns backing vocals feitos pela minha esposa, foi executado apenas por mim.  

Vais ter a oportunidade de levar Children Of The Cosmos para palco?
Sim.

Falando de violinistas, quais são as tuas maiores inspirações?
Como violinista clássico jamais alguém superou David Oistrakh. No rock, sou um grande fã de Jerry Goodman.

Tens algum vídeo retirado deste trabalho?
Há um vídeo de Children Of The Cosmos no Youtube e também de Fire With Fire

Próximos projetos? Alguma coisa em previsão?
Penso que iremos fazer outro álbum prog rock com lançamento no próximo ano.

Já tiveste a oportunidade de ouvir o novo álbum dos Curved Air? O que achas? Queres falar sobre isso?
Acho que é muito bom e desejo-lhes todo o sucesso para ele.

Bem, foi um prazer conversar contigo. Há mais alguma coisa que gostasses de dizer aos nossos leitores mais ou aos teus fãs?
Obrigado pelo vosso apoio e espero que gostem do novo álbum. Tudo de bom, Darryl.

Sem comentários: