quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Review: Lehmanized (Lehmann)

Lehmanized (Lehmann)
(2014, Massacre Records)
(4.8/6)

Mat Lehmann é um músico, cantor, compositor e produtor italiano que se tornou conhecido, essencialmente, por ter sido recrutado por Blaze Bayley para trabalhar como baixista e engenheiro de estúdio no álbum The King Of Metal, de 2012. Antes tinha tido uma vasta experiência como contrabaixista em diversas orquestras clássicas italianas e no grupo metal Neurasthenia. Lehmanized é o primeiro trabalho do seu novo projeto em nome individual tendo sido lançado, originalmente, em 2013 apenas na Federação Russa. E Lehmann mostrou uma enorme capacidade criativa neste álbum. Referimos a forma interessante como o italiano parte do heavy metal e daí explora diversas sonoridades como o prog, o thrash e o groove. Sem impor limites técnicos, melódicos ou experimentais, mas sempre com algum cuidado na musicalidade, sendo que neste particular merece realce a introdução de teclados atmosféricos e linhas melódicas agradáveis. Por vezes complexo e intrincado (oiça-se The Secret, eventualmente também o momento mais heavy de todo o disco), outras vezes direto e cru (Gemini, por exemplo, chega a ter assomos de punk), e outras ainda dark ou com apontamentos eletrónicos (respetivamente Sunday I’ll Be Dead e Laid So Low – tema que conta com a colaboração de Blaze Bayley). Este é, definitivamente um disco muito variado e trabalhado. Portanto não estranha que a Massacre Records tenha adquirido os direitos para a sua edição mundial.

Tracklist:
1. Equilibrium
2. The Secret
3. Like A Rock
4. Lehmanized
5. Let Me Pray
6. Gemini
7. Sunday I’ll Be Dead
8. Laid So Low

Line-up:
Mat Lehmann - vocais
Ivan Demichev - guitarras
Neil Grotti - guitarras
Andy Bigi - baixo
Rick Perugini - bateria

Internet:

Edição: Massacre Records

Sem comentários: