sábado, 30 de agosto de 2014

Review: The Total Plan (Marty Walsh)

The Total Plan (Marty Walsh)
(2014, Weberworks)
(5.7/6)

E de repente dois ex-guitarristas dos Supertramp lançam álbuns a solo. No final de 2013 foi Carl Verheyen com Mustang Run, trabalho já aqui analisado e em meados deste ano é a vez de Marty Walsh (gravou com a mítica banda britânica os álbuns Brother Where You Bound e Free As A Bird e andou em tournée em 1985, 1986 e 1988). The Total Plan é a estreia em termos de álbuns instrumentais de Marty Walsh e é um verdadeiro disco de guitar hero. Walsh não só cria grandes canções como as executa de forma magistral na sua guitarra. Like A Rock, a faixa de abertura, deixa bem claro que para o guitarrista norte-americano não existem limites. Este é um tema que entra claramente dentro dos grandes clássicos dos guitar-hero metálicos como Joe Satriani ou Marty Friedman. Depois, é certo, vai-se afastando dessa vertente mais metaleira e varia entre o blues, o jazz/fusão e até algo mais cinematográfico, como em Coast To Coast. Mas sempre com forte ênfase no rock. E sempre em grande nível. E sempre com a guitarra (elétrica ou acústica) a desenvolver um brilhante trabalho. Associado a esta diversidade e a este brilhantismo nas seis cordas, surgem uma lista de notáveis convidados que, em cada tema, ficam responsáveis pelos solos que não são de guitarra. E estes solos (órgão, saxofone e trompete) associam-se às guitarras para criarem sensacionais sequências de solos verdadeiramente mágicas e esfusiantes. Já nos referimos a dois dos melhores momentos de The Total Plan, embora haja outros que merecem especial referência como seja o caso de Fuel, soberbo tema de fusão onde o bass ‘n’ drum se afigura simplesmente genial ou Inside The Rain, onde a guitarra assume uma postura mais melancólica e triste. Em resumo, The Total Plan não é apenas um álbum de guitarra. Marty Walsh cria nela o papel principal. Mas toda a gente envolvida está em grande nível e todas as canções são muito bem conseguidas. Por isso, é de todo redutor falar num álbum de guitarra. Será melhor referirmo-nos a um álbum instrumental de rock pensado, maduro e virtuosamente executado.

Tracklist:
1.      Like A Rock
2.      Feeling Free
3.      Groove Machines
4.      Fuel
5.      Coast To Coast
6.      Inside The Rain
7.      The Duke
8.      The Road
9.      Back Pages
10.  Now Is The Time

Line-up:
Marty Walsh – guitarras
John Robinson, Michael Jochum, Jack Kelly, Tom Major, Dan Graham, Mike Blong – bateria
Abe Laboriel, Billy Sherwood, John Pena, Danny Morris, Lincoln Schleifer, Eric Holden, Marty Walsh – baixo
Nick Manson, James Raymond, Michael Ruff, Ian Walsh, Bill Cuomo, Derek Bergmann, Marty Walsh – teclados
Roby Duke – sintetizadores
Vanessa Collier – saxofone alto
Alex Macrides, Paul Jefferson, Gary Herbing , Steve Alaniz– saxofone tenor
Rob Krahn – trombone
Brian Philips, Darren Barrett – trompete
Steve Kercher – guitarra acústica

Internet:

Edição: Weberworks

Sem comentários: