sábado, 27 de setembro de 2014

Review: Presto (Rush)

Presto (Rush)
(2014, Audio Fidelity)
(5.6/6)

Ao longo da sua carreira, os Rush sempre foram vistos como uma banda capaz de derrubar barreiras no que ao rock diz respeito e, ao longo da sua discografia, há um conjunto de ambiciosos lançamentos que ajudaram a trazer o rock progressivo a uma maior audiência. Não é, todavia, o que acontece em Presto, 13º trabalho da banda, originalmente lançado em 1989. Este é um álbum de mudanças. A banda canadiana mudou-se para a Atlantic e deixou a Mercury e entrou também num período de transição na sua sonoridade, trocando o domínio dos sintetizadores por um esquema de rock mais tradicional. Isto, no entanto, sem nunca se aproximarem do hard rock dos inícios da sua carreira, até ao álbum Counterparts. Seja como for, esta reedição é uma verdadeira pérola para os fãs do grupo. Seja com mais sintetizadores, seja com mais guitarra, os Rush serão sempre exímios executantes, capazes de intricadas, complexas, brilhantes mas ainda assim percetíveis estruturas e arranjos. Sempre a viverem naquele frágil equilíbrio entre o hard rock, o prog rock e a pop. De tal forma que é neste álbum que se encontra Scars, aquele tema que bem podia ser de Michael Jackson! E seja em que altura aconteçam as reedições dos seus trabalhos, hão-de soar sempre evoluídos, maduros e, acima de tudo, perfeitamente atualizados. Esta, em particular, saiu da competente Audio Fidelity em formato SACD. E pouco mais há a dizer. Quem ainda não tinha esta pérola em CD tem agora essa oportunidade. Quem se quiser começar a embrenhar no mundo dos Rush, pode começar por aqui, se bem que pode ficar desde já com a ideia que o trio foi capaz de se reinventar diversas vezes.

Tracklist:
1.      Show Don’t Tell
2.      Chain Lightning
3.      The Pass
4.      War Paint
5.      Scars
6.      Presto
7.      Superconductor
8.      Anagram (For Mongo)
9.      Red Tide
10.  Hand Over Fist
11.  Available Light

Line-up:
Alex Lifeson – guitarras elétricas e acústicas
Neil Peart – bateria
Geddy Lee – baixo, vocais e sintetizadores

Internet:

Edição: Audio Fidelity

Sem comentários: