quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Review: Ruins Of A Riot (Nicke Borg Homeland)

Ruins Of A Riot (Nicke Borg Homeland)
(2014, Gain Music)
(5.2/6)

O vocalista dos Backyard Babies, Nicke Borg, já vai no seu terceiro trabalho a solo, este produzido e coescrito por Mats Valentin (como já havia feito com Tony Harnell e os The Poodles). Na verdade, trata-se de um regresso às suas origens do hard rock clássico num disco curto e composto por temas também eles curtos. Curtos e diretos, crus e sem grandes aventuras nem explorações técnicas. Eventualmente ainda resquícios da suas experiência passadas em grupos punk como os Social Distortion ou Rancid. Por isso, também enérgico, ritmado e fragmentado com melodias orelhudas e bastante potencial radiofónico derivado à existência de uma ténue (ainda que sensível) linha pop que se intromete nesse punk/hard rock. Pode falar-se em liberdade criativa de Nicke Borg que neste projeto Homeland entra por caminhos diferentes ao que nos habituou. Certo. Mas isso não invalida que, apesar de tudo, não esperássemos mais, atendendo ao seu passado. Ruins Of A Riot acaba por ser um disco que vive de algumas belas melodias, um par de temas de excelência (Making Out With Chaos, End Of The Rainbow e Devil Angel Mother – único espaço deixado à emotividade) e de toda a energia nele colocada. Um disco que começa muito bem, acaba razoavelmente bem, mas que pelo meio poderia ser mais convincente.

Tracklist:
01. This Army
02. Makin Out With Chaos
03. Midsummer Mad
04. End Of The Rainbow
05. Borrowed Feathers
06. Out Of Line
07. Revolution
08. Heartless Hooligan
09. Ruins Of A Riot
10. Devil Angel Mother      
  
Line-up:
Martin Karlsson - bateria
Mattias Johansson e David Bukovinszky – violin e violoncelo
Nicke Borg e Mats Valentin – todos instrumentos

Internet:

Edição: Gain Music

Sem comentários: