News

Notícias da semana – 27 de junho de 2020

Sai a 10 de julho o trabalho Foundations dos Osyron, num lançamento independente, mas com distribuição física a cargo da SAOL/The Orchard. Foundations é um EP de cinco temas em pouco menos de meia hora, que sucede aos álbuns Harbinger (2013) e Kingsbane (2017) mantendo um registo de prog/symphonic metal adequado a fãs de Symphony X e Dream Theater, mas que também poderá agradar a fãs de Nightwish, Kamelot ou Wintersun.

 


Sai já no próximo mês Sex, Love & Chaos, EP de estreia dos canadianos In/Vertigo, numa edição da Rockshots Records. São 4 temas na senda do que nomes como Guns n’ Roses, Van Halen, Led Zeppelin ou Velvet Revolver construíram. Sexy, apaixonante e caótico são três adjetivos que assentam bem à banda de Calgary. O single de avanço, em formato vídeo, The Night, já está disponível e poder ser visualizado aqui

 


Se tiverem o infortúnio de falecer em St. Louis, Missouri, poderão vir a ter a oportunidade macabra de conhecer os Torchlight Parade. Esta banda é composta por três elementos que estão diretamente associados a profissões relacionadas com os funerais. Por isso, adequadamente se chamam Torchlight Parade e lançaram, de forma independente, na semana passada o seu álbum homónimo, num registo de heavy metal tradicional profundamente assente nos anos 70 e com algumas reminiscências dos anos 80. 

 


Estão já disponíveis para audição dois singles de duas bandas da família Pure Steel Records. O primeiro é Visions In My Head dos exóticos iranianos Angband e faz parte do seu novo álbum IV a lançar a 24 de julho. O segundo é TheSon Of Lucifer, dos Blazing Rust e está incluído no novo álbum dos russos intitulado Line Of Danger com data de lançamento agendada també para 24 de julho.


 

Os noruegueses Wail disponibilizaram o single Through The Ice, segunda faixa retirada do seu próximo álbum Civilization Maximus, ainda sem data definida para o lançamento, mas através do selo WormHoleDeath Records. Emocionante, depressivo e eufórico, assim é descrito este novo álbum. O single pode ser ouvido aqui.


 

O novo álbum dos Finntroll teve a sua data de lançamento adiada para 18 de setembro. Vredesvävd é o sétimo trabalho da banda finlandesa e o primeiro nos últimos (e longos!) sete anos. Gravado e misturado nos Sonic Pump Studios, Vredesvävd traz, na opinião do coletivo, algo de velho, algo de novo e muita obscuridade.


 

Os Velvet Viper irão proceder ao relançamento dos dois primeiros álbuns dos Zed Yago, respetivamente From Over Yonder e Pilgrimage, a 21 de agosto e numa edição com o selo Massacre Records. Ambos os álbuns foram masterizados por Alexander Krull nos Mastersound Studio e incluirão faixas bónus. Ambos os álbuns estarão disponíveis em CD e numa edição limitada em vinil em duas cores diferentes.

 


Em julho de 2017, Kevin Godley, membro original dos 10cc e Godley & Crème, lançou este convite – escrevam e gravem comigo. O músico lançou duas músicas instrumentais e esperou que alguém escrevesse as melodias e as letras. E elas surgiram! E de alguém que, naturalmente, Godley não conhecia. E o lendário artista acaba por afirmar que gravou duas das suas melhores músicas. O trabalho remoto continuous nesta forma e Godley acabou por receber 286 participações, das quais 11 chegaram ao tracklisting final. Um resultado final intitulado Muscle Memory e que tem lançamento a 17 de dezembro, com os temas a serem lançados, individualmente, a partir de 16 de julho.

 


Claramente um dos nomes mais importantes do cenário prog rock/metal, os Pain Of Salvation preparam-se para lançar mais um trabalho. Os suecos apresentam Panther a 28 de agosto via InsideOut Music. Já se passaram três anos desde In The Passing Light Of Day e este novo registo, que inclui 9 temas, mostra o coletivo, mais uma vez, na vanguarda do prog. Panther foi gravado, misturado e produzido por Daniel Gildenlöw com Daniel Bergstrand e traz ilustrações de André Meister. O primeiro preview pode ser visto aqui

 


Carlos Faria e Eduardo Cano têm cozinhado a reincarnação dos Leather Synn e decidiram que estava na altura de uma mudança de imagem e de sonoridade, com uma abordagem mais madura. Quem estava habituado ao heavy metal tradicional de MKI e MKII, vai ficar surpreendido com este novo EP intitulado Warlord que traz dois temas novos e duas versões atualizadas de dois clássicos da banda. O lançamento aconteceu a 1 de junho.



Notícias da semana – 20 de junho de 2020


A editora italiana WormHoleDeath Records anunciou o lançamento do álbum Arte Destroyer dos experimentalistas Onsetcold. Também o vocalista dos Final Coil, Phil Stiles, lançará o seu EP de estreia a solo intitulado The Anchorite via Epictronic. E promete um um fino desempenho entre o frio industrial, o rock progressivo e o trip hop.


 

O coletivo alemão de heavy metal Generation Steel assinou com a Pure Steel Records. A jovem banda fundada em 2019 pelo guitarrista Jack The Riffer, lançará a sua estreia The Eagle Will Rise por esta editora, sendo que, para já, a banda encontra-se em estúdio a finalizar esse trabalho. Entretanto, os exóticos iranianos Angband lançam IV a 24 de julho pela Pure Underground Records. Os Angband são uma banda de power/prog metal de Teerão que consegue juntar ao seu metal e de forma coerente o folclore persa.

 


Foi em 2014 que o vocalista suíço Fabrizio Sassi, animado pela sua paixão pelo poeta Francesco Petrarca, decidiu fundar um projeto que desse vida aos seus escritos. Felizmente, a chama do metal corria em Fabrizio e consegui rodear-se de alguns dos melhores instrumentistas e cantores italianos. Assim nasceu o projeto Verde Lauro com Pier Gonella (Necrodeath, ex-Labyrinth) e Francesco Marras (Screaming Shadow) nas guitarras, Mattia Stancioiu (Crown of Autumn, ex- Vision Divine) na bateria e o teclista Mauro Desideri (VeraEuridice). Nas vozes estão Roberto Tiranti (Labyrinth), Davide Dell ’Orto (Drakkar), Alessandro Del Vecchio (Edge of Forever) e Emanuele Rastelli (Magnifiqat). E foi assim que nasceu o álbum Son Animali Al Mondo, um trabalho de symphonic power speed metal. Agora chegou a altura da Elevate Records promover a sua distribuição de forma alargada.

 


O multi-instrumentista sueco Rikard Sjöblom anunciou que terá novo álbum do seu projeto Gungfly a ser lançado brevemente. Intitulado Alone Together, está previsto para 4 de setembro via InsideOut Music. Alone Together foi gravado como um trio com os irmãos Petter e Rasmus Diamant, respetivamente na bateria e baixo. A mistura esteve a cargo do parceiro de longa data Steven Wilson e a produção foi de Bowness e Brian Hulse. Richard Barbieri, Colin Edwin, Kavus Torabi e Evan Carson estão entre a lista de convidados

 


Os cipriotas Winter’s Verge, uma das mais populares e bem-sucedidas bandas da ilha, acabam de assinar pela Pride & Joy Music que lançará o novo e mais ambicioso álbum intitulado The Ballad Of James Tig, naquele que será o seu quinto longa-duração e que demorou três anos a ser construído. A data prevista será a 11 de setembro, mas o tema de avanço, I Accept, já pode ser ouvido aqui


 

Se gostam de nomes como Firewind, Kamelot, Labyrinth, então o novo nome do roster da Rockshots Records é para vocês. Chamam-se From The Depth e assinaram com a label italiana para o lançamento de Moments que ocorrerá a 28 de agosto. Moments é um álbum que promete ser agressivo e é aquilo que os fãs esperam desde 2014, quanto o coletivo lançou o EP Perserverance. Quem também assinou pela Rockshots esta semana foram os Nefesh Core, banda que busca as suas influências no new wave e dark rock dos anos 80. A estreia Getaway será em setembro

 


A Esoteric Recordings orgulha-se de apresentar uma nova versão (remasterizada e aumentada com mais três temas retirados da gravação original) do álbum, há muito indisponível, The Living Room Concert do guitarrista original dos Genesis, Anthony Phillips. Originalmente lançado em 1995, este álbum foi gravado a 21 de março de 1993 como parte do Living Room Concert Series para o programa americano de rádio Echoes, um programa diário de música contemporânea instrumental. Para este espetáculo, Phillips selecionou um conjunto de peças em guitarra acústica e piano, muitas delas presentes nos álbuns The Geese And The Ghost, Private Parts And Pieces e A Catch At The Tables. Este álbum sai a 24 de julho.

 


O novo lançamento do coletivo chileno de doom metal Lapsus Dei chama-se Sea Of Deep Reflections e foi lançado pela Sliptrick Records a 16 junho. São sete canções de doom metal produzidas pela própria banda. Entretanto, num género diferente, os Midgard, banda Ucraniana de folk/Viking/fantasy metal assinou esta semana pela editora italiana. A banda começou em 2015 e já lançou dois álbuns, tendo compartilhado palco com Ensiferum, Percival Schuttenbach, Nokturnal Mortum e Space of Variations. O terceiro registo sai pela Sliptrick Records no final de 2020 e terá como título Tales Of Kreia.

 


Os Dirty Sound Magnet foram uma das bandas que aproveitaram o confinamento para trabalharem em novos temas. Por isso, apenas seis meses depois do lançamento de Transgenic (2019, Hummus Records) o trio suíço de alternative/psyche rock acaba de gravar o seu sucessor. Intitulado Organic Sacrifice o seu lançamento está agendado para o próximo ano, mas o tema-título de avanço já pode ser ouvido aqui. 

 


O álbum de estreia dos EchoSoul intitulado The End Of Darkness, já está disponível desde o dia 24 de abril, numa edição independente. Os EchoSoul são uma banda americana de power/prog metal e este seu primeiro trabalho foi gravado, misturado e masterizado nos Red Ghost Studios por Noah Hirschy e Artem Lefimov. Ao longo do disco o coletivo de Indiana conta com as participações de Tim Ripper Owens, Rob Lundgren, Garrett Peters, entre outros. Alguns temas podem ser ouvidos no canal de Youtube da banda.  



Notícias da semana – 13 de junho de 2020


Os britânicos Airforce, old school rockers assinaram pela Pitch Black Records para o lançamento do seu novo álbum. Strike Hard é o seu segundo álbum e terá lançamento a 4 de setembro. Os Airforce aproveitam, entretanto, para apresentar o seu novo vocalista, o talentoso português Flávio Lino que irá dividir o microfone com o lendário Paul Di’Anno que aqui participa como convidado. A canção Die For You já está disponível para audição streaming aqui.  

 


Ao longo dos últimos 10 anos, os suecos Sister têm lançado álbuns bem rcebidos e atuado com bandas de renome como as U.D.O, Skid Row, Wednesday 13 e Hardcore Superstar. Agora, depois de três álbuns pela Metal Blade Records e algumas alterações no lineup, o coletivo apresenta o seu quarto álbum que procura entrar por novas dimensões do hard rock/metal. Um lançamento em parceria com a Flick Agency, sendo que o primeiro single, Bring Out The Dead, está disponível desde ontem. 

 


A data de lançamento de Black Bubbling Ooze, terceiro álbum dos suecos Starblind será 31 de julho, via Pure Steel Records, com as pre-orders a poderem ser feitas a partir de 17 do mesmo mês. Depois de dois álbuns, o coletivo mudou de vocalista em 2016, sendo que o novo frontman, Marcus S. Olkerud, fez nesta nova proposta um trabalho esplêndido. Uns dias antes, a 24 de julho, tem edição, pela Pure Underground Records o segundo álbum, Line Of Danger, dos russos Blazing Rust. O sucessor de Armed To Exist, de 2017, volta a apresentar um excelente metal tradicional que toca a espaços no hard rock.

 


A Elevate Records anunciou a entrada de um novo coletivo no seus roster, os Endless Nine. O grupo está a trabalhar no seu novo álbum que conterá os temas do seu EP anterior, Concrete, canções que tiveram um impacto muito forte nos meios alternativo e progressivo. Independent, assim se chama o novo trabalho dos Endless Nine terá edição em setembro. Entretanto, fica o vídeo do tema Kill Hattori Hanzo

 


A editora Melodic Passion Records lançou o primeiro single, homónimo, dos The Waymaker, uma nova banda constituída por Christian Liljegren (Narnia, Audiovision, ex. Divinefire), Jani Stefanovic (Zhakiah, ex. Divinefire) e Katja Stefanovic. A banda descreve a sua música como melodic metal para o futuro, sendo que este tema fará parte do seu primeiro álbum, ainda sem título, mas que será lançado em setembro e que contará com os convidados CJ Grimmark (Narnia, guitarras) e Alfred Fridhagen (bateria). 

 


O tempo de confinamento devido à pandemia Covid-19, que nos fez viver dias de isolamento sem ligação ao mundo exterior e o que isso implicou nas nossas vidas, ficará na memória de todos nós. A FDC Consulting, enquanto empresa de comunicação e imagem particularmente ligada ao setor da Saúde, trabalhou a partir de casa em diferentes projetos profissionais e decidiu meter mãos à obra e dar azo à criatividade, produzindo e realizando um vídeo sobre esse tempo, intitulado Perguntem ao Tempo, lançado nas redes sociais durante o mês de maio, e um hino que conjugasse o sentir de todos os portugueses relativamente ao trabalho dos profissionais de saúde.  O videoclip com a música do hino Tu És, foi divulgado no dia 10 de Junho, Dia de Portugal e conta com a participação do ator Heitor Lourenço

 


A editora italiana Elevate Records promoveu a reedição do segundo álbum dos Heimdall, The Temple Of Sheli, reedição essa que já se encontra disponível em todas as plataformas digitais, quer em streaming quer download. The Temple Of Sheli foi originalmente lançado em 1999, um ano após a estreia The Lord Of The Sky, também recentemente reeditado em formato digital. A nova versão deste álbum contém duas faixas bónus, incluindo uma versão de Breaking The Law dos Judas Priest.

 


Dia 31 de julho será lançado novo e 4º álbum de Omitir com o título Ode pela Loudriver Records. O sucessor do LP Cotard lançado em 2011 traz uma mudança de paradigma lírica e de som, apresentando um Black Metal mais tradicional com influências Folk através de seis faixas conceptuais, voltando às origens temáticas do primeiro lançamento Old Temple Of Depression. A faixa Flora já pode ser ouvida aqui

 


Os Staring Into Nothing, banda sediada no sul da Califórnia, promete agitar as fundações do rock progressivo com o seu novo álbum Love. O duo fundador, Steve Rogers (teclados e vocais) e Kurt Barabas (baixo, vocais e guitarras) optaram por uma abordagem Steely Da-esca, num álbum que vem demonstrar a multiplicidade e evolução do romantismo no prog rock. Entre os colaboradores neste projeto estão nomes como Gregg Bissonette (David Lee Roth, Santana, Ringo Starr) na bateria, Victor Bisetti (Los Lobos) na percussão, Mike Keneally (Zappa, Steve Vai, Joe Satriani) e Trey Gunn (King Crimson, John Paul Jones) nas guitarras, Dave Nachmanoff (Al Stewart) nos backing vocals e guitarra acústica e Danny T. Levin (Iggy Pop, Twenty One Pilots, Vampire Weekend) nos sopros. O vídeo de Ashes pode ser visto aqui.  

 


A Noise Reduction Studios, oriunda de Coimbra, apresentou o tema Get Out Of My Head, dos Solipsism. A música está a cargo de David Santos, vocais e letras da responsabilidade de Rodrigo Bars e a mistura por Alex Santos. Get Out Of My Head pode ser ouvido aqui.   




Notícias da semana – 06 de junho de 2020


Já está disponível o novo single do próximo álbum dos Lykantropi. Chama-se Coming Your Way, tem edição a cargo da Despotz Records e já pode ser ouvido aqui. Vintage rock fortemente assente no tradicionalismo nórdico e vindo diretamente das mais profundas florestas mágicas escandinavas. Os Lykantropi trazem aquele sentimento de misticismo que não se toca mas que que sente de forma avassaladora. 


O coletivo búlgaro de folk metal Dalriada está de regresso com um tema muito especial, como forma de avanço do seu próximo álbum previsto para o outono e intitulado Őszelő. O tema é Ezer Csillag, uma balada original com o autêntico som do folk húngaro e que conta com os colaboradores de longa data Fajkusz Banda nos violinos, violas e contrabaixo. Os Dalriada são a mais popular banda de folk metal da Hungria tendo lançado 10 álbuns durante os seus 15 anos de carreira. Őszelő terá o selo da Nail Records e o vídeo deste novo tema pode ser visto aqui


O coletivo de melodic doom Red Moon Architect anunciou que assinou pela Noble Demon Records para o lançamento do seu álbum nos finais de 2020. Com quatro álbuns no seu catálogo, os finlandeses criam uma sonoridade doom muito próprio, cheio de atmosferas melancólicas consolidadas com melodias fortes, guturais obscuros e belíssimas vozes femininas.


Os progressivos The Tangent, liderados por Andy Tillison, anunciaram o seu novo álbum e sucessor de Proxy, de 2018. A 21 de agosto sai Auto Reconnaissance, pela InsideOut Music, que leva o coletivo britânico a um novo patamar filosófico em termos de prog rock. Será um disco que assenta no passado do coletivo mas abre novas vias futuras, com passagens pelo stomping, pelo jazz, pelo R&B e funk/soul, com uma boa narrativa e a adequada dose de humor. E claro, um emocional épico com 28 minutos a respeito da sua pátria.


Na sequência do sucesso do álbum de estreia homónimo, os suecos The Riven estão de regresso com novo material. Será a 28 de agosto que a banda apresenta o duplo single composto pelos temas Windbreaker/Moving On. A primeira impressão é limitada a 500 cópias, sendo que um dos temas, no caso Moving On, já está disponível digitalmente.


A Ethereal Sound Works, editora independente Portuguesa, tem o prazer de anunciar a assinatura do contrato de edição do segundo álbum dos Dogma, intitulado Malleus Maleficarum, a lançar em setembro de 2020. A edição terá os formatos CD e digital. A banda de gothic/doom metal nacional assina, assim, o seu segundo álbum, três anos após a estreia Reditum lançado de forma independente.


Mundo Irreal é o novo single dos Sebenta, foi editado a 5 de junho com o selo da Sony Music Portugal com entrada direta na playlist da Antena 3 e que já está disponível em todas as plataformas digitais. Este é o single de avanço para o próximo álbum do trio composto por Paulecas na voz e no baixo, Fadista na bateria e Ricko na guitarra (músico convidado). Mundo Irreal foi gravado nos estúdios Last Step por Filipe Trigo e Renato Grilo; misturado por Francisco Grilo; produzido por Samuel Palitos e masterizado nos estúdios Mister Master por Rui Dias.



Os gémeos siameses, também chamados de gémeos xifópagos ou gémeos conjugados, são gémeos unidos em alguma região do corpo. Geralmente um toca percussão, o outro toca baixo e berra de dores!!!! Gary Yamamoto e Saci Pererê apesar de se terem formado no ano de 2017 no Sabugal/Guarda, começaram rapidamente a dar cartas abrindo concertos para bandas como Mata-Ratos, Patrulha do Purgatório, The Parkinsons e Queer’s of Rock ‘n’ Roll. Assinam no ano seguinte com a Tomba-Lobos, registos phonográficos da Beira Interior e fazem o lançamento físico do álbum de estreia Nice People, Nice Food, Nice Weather.  O duo acaba de lançar o vídeo clip do tema Take From the Dead, que pode ser visto aqui


Geir Arne Dale que ficou conhecido pelo seu trabalho nos Humbucker está de regresso com um novo projeto. Este traz como nome The Norseman Company a apresentou o primeiro single, Here Comes Rock ‘n’ Roll, a 5 de junho. Esta canção típca dos anos 80 faz parte do álbum The Coming Of The Chord, um disco que conta com diversas colaborações como o vocalista dinamarquês Martin Steene dos Iron Fire, que canta em duas canções, aliás, como os restantes quatro vocalistas convidados.


Luca Basile, violoncelista e compositor dos Elegy Of Madness, aproveitou o período de quarentena em Itália e criou, em nome próprio, GEA, o seu primeiro single que teve lançamento na última semana de maio. GEA é uma composição de metal épico que procura engrandecer a beleza na Mãe Natureza. O tema está disponível no Spotify e Youtube.







Notícias da semana – 30 de maio de 2020

A Rockshots Records lança, a 4 de setembro, o novo EP dos equatorianos Black Sun que inclui um notável conjunto de convidados, tais como membros dos Sonata Arctica, Lordi, Battle Beast, Thunderstone, Smackbound, Omnium Gatherum, Wintersun, Damnation Plan, ArionFirewindEnsiferum e Norther. Este EP sucede aos álbuns The Pupetter (2017), Dance Of Elders (2011) e Tyrant From A Foreign Land (2005) e marca a estreia do power trio para a label italiana. O primeiro single retirado detste EP chama-se Resist e conta com a colaboração de Netta Laurenne, dos Smackbound.


Os Kenziner estão de regresso seis anos depois de The Last Horizon, com o álbum Phoenix, numa edição a cargo da Pure Steel Records. Este álbum será alvo de uma edição especial e limitada, em vinil, cuja data de saída para o mercado foi fixada, pela editora, no dia 26 de junho, com as pre-orders a começarem a 14 do mesmo mês. Será uma edição de apenas 300 cópias em vinil preto.


Gravado em 1990 nos estúdios Trident em Londres, The Butterfly Effect foi o quarto álbum dos Moonspell e mostrou a banda a percorrer um caminho de um maior experimentalismo, muito inspirado pelos elementos industriais dos anos 90. The Butterfly Effect está, mais uma vez, disponível nos formatos LP, digipack e até em cassette, numa reedição a cargo da Napalm Records que inclui duas novas remixes e uma capa e artwork completamente redesenhados. Nas lojas a 7 de agosto.


Quatro anos depois de Closing The Circe, os death/thrashers alemães Assignement preparam o seu regresso aos discos com o lançamento de Reflections previsto para 21 de agosto, via Massacre Records. O artwork (espantoso, sublinhe-se!) foi criado por Didier Scohier (Artcore Design). Pascal Thüring misturou e masterizou Reflections no Klanglounge em Osnabrück. Como sempre, os Assignment seguem a sua regra de metal without boundaries e conseguem um álbum cheio de atmosferas diversificadas e melodias épicas.


Cinquenta anos depois do lançamento de Tea For The Tillerman (1970), o álbum multiplatinado que define uma era e que fez de Yusuf/Cat Stevens numa estrela será reeditado, no dia 18 de setembro, com o título Tea For The Tillerman 2. Aqui, Yusuf reformula as mesmas onze canções para uma nova era, com resultados dramáticos. Meio século e um universo inteiro de experiências desde que foram originalmente gravadas, T4TT² resulta numa bela reunião entre o artista e as canções que ajudaram a definir os melodiosos anos 1970. O impacto de Tillerman embrenhou-se subtilmente no tecido da cultura popular, enquanto as suas canções ganharam uma vida própria através da sua utilização cada vez mais regular no cinema, na TV e em inúmeras reinterpretações de outros artistas.


Purposes And Promises é a estreia promissora dos Velver Ocean, que apresentam um disco com doses equilibradas de poder e soulful. Com um conjunto de canções muito fortes em termos de atmosferas e emoções, os Velvet Ocean juntam-se aos nomes de topo oriundos do seu país no segmento do gothic e melodic dark metal. O álbum composto por 10 temas teve lançamento no passado dia 7 de fevereiro, sendo que o primeiro single, Elysian Fields pode ser visto aqui.


Aurora Ferrer é uma compositora e vocalista de rock mas que sempre gostou de jazz. Sempre colocou um ouvido no metal e outro na música eletrónica. Além disso, sempre guardou um pouco de folk e de avant-gard nas mangas. Depois de anos em bandas, decidiu que estava na altura de explorar as suas ideias. E o resultado é o álbum Night Oracles And Falling Stars, um compêndio sonoro entre o rock/metal alternativo e a música eletrónica/experimental, com textos introspetivos, às vezes herméticos e contendo uma elevada dose de autocrítica e sentido de humor.


Oriundos das ruas de Tampere, Finlândia, surgem os Neon Angel, banda de hard rock preparada para expandir as suas asas. O quinteto celebra a melodia e poder e continua o legado de nomes como Heart, Dio ou Whitesnake. Uma abordagem aos clássicos que não impede a introdução de um toque de modernidade, o que os faz trazerem o som dos anos 80 até à atualidade. O álbum de estreia traz como título genérico Neon Light District e já foi confirmado para 8 de setembro, via Sliptrick Records.


A 14 de agosto está previsto o lançamento de Live In Black And White, o novo álbum de Hannah Aldridge, via Icons Creating Evil Art. No entanto, já está disponível o single digital de avanço da artista de dark country/southern gothic oriunda do estado do Alabama. Intitula-se Howlin’ Bones e pode ser ouvido aqui.


A aguardada orquestração de Dead Combo - Povo Que Cais Descalço já está disponível no Spotify do Wilson Capitão. Depois deste lançamento, Wilson Capitão adianta que está a acelerar o lançamento do seu primeiro single em nome próprio que irá apresentar ao público a sua própria sonoridade, misturando uma orquestra com elctrónica e ainda a sua voz. 



Notícias da semana – 23 de maio de 2020




Está disponível desde meados do mês Just Like That, o segundo single retirado do álbum Grit For The Pretty dos rockers britânicos Silk Road. Com influências que vão de David Bowie aos Tool, o quarteto com origem em Oxford, mas agora sedeado em Londres, prevê lançar o seu álbum no final do ano. Just Like That pode ser visto/ouvido aqui.   


A 26 de junho sai pela Pure Underground Records o álbum Echo Black dos americanos Ninth Circle, mas o single de avanço, Riding The Storm, já pode ser ouvido aqui. Posteriormente, a a 17 de julho, a Pure Steel Promotion promove a distribuição do álbum Clarity dos hard rockers oriundos da Bay Area My Heavy Memory.


Na sequência do lançamento de uma nova versão de Supreme Pain For The Tyrant, com novos arranjos em colaboração com Matt Heafy dos Trivium, os Chthonic lançam de forma digital o vídeo do seu concerto em Taiwan. Este concerto em frente ao Palácio Presidencial contou com mais de 50.000 pessoas na audiência. Recorde-se que Freddy Lim foi eleito para o parlamento do seu país em 2016, tendo a banda adotado, desde então, uma atitude mais low-profile e tendo suspendido as tours. O concerto pode ser visto aqui. 


São seis temas longos e lentos. E ao vivo! É o novo álbum dos doomsters The Gates Of Slumber, intitulado Live At Tempe Arizona, já nas lojas desde fevereiro. Esta gravação surge na sequência dos concertos efetuados em 2011 com os Cathedral e de uma louca tour de 13 dias com os Orange Goblin. Esta noite no The Clubhouse, em Tempe, a banda estava super-exausta e, ainda assim, teve uma das suas noites mais espetaculares. Por isso, aqui fica ela para a posteridade… 


Os Não Simão escrevem canções em português. Canções que se passeiam entre o intimismo e o optimismo. Afirmam-se pela negação do enfado, do prosaico, do previsível, com músicas descomprometidamente sérias, resultantes de um quinteto heterogéneo que viaja entre a música de cancioneiro, o rock alternativo, ou o jazz. O novo single do projeto intitula-se Olho Por Olho, Beijo Por Beijo e já se encontra à venda em todas as plataformas digitais. É uma canção sobre o amor, profundo como o mar e sincero como o olhar dos amantes ao despertar.


Lamentamos muito, mas a triste notícia tem que ser dada: os espetaculares Hammerschmitt, que assinaram aquele que para Via Nocturna foi o álbum do ano em 2019, Dr. Evil, acabam de anunciar que a banda cessou funções, depois de três décadas de carreira. Por enquanto, o site da banda e o seu Facebook continua ativos por tempo indeterminado.


Alberto Rigoni, baixista e compositor italiano, conhecido pelo seu trabalho a solo bem como nas bandas Bas As, The Italians, Lady & The Bass e dos já extintos TwinSpirits e produtor do projeto Vivaldi Metal Project, tem um novo álbum pronto a ser lançado. Chama-se Odd Times e conta com o baterista Marco Minnemannn e a guitarrista/teclista Alexandra Zerner e será o primeiro lançamento do italiano via Sliptrick Records. A data de lançamento será a 7 de julho


Semendria é o mais recente disco dos Alogia e marca o regresso da banda a uma sonoridade mais pessoal e peculiar: um metal sinfónico, speedado e com influências étnicas revelando-se clássico, poderoso e melódico. Semendria é, ainda, marcante pelo uso, pela primeira vez em 20 anos de carreira, da língua inglesa (e em latim, pontualmente) em detrimento da sua língua nativa, o sérvio. De resto, destaque para os três duetos de Nikola Mijic: com Tim Ripper Owens, Mark Boals and Fabio Lione. Semendria já está nas lojas numa edição Elevate Records.


Ricardo Dias toca guitarra desde muito novo e a sua música tem o ADN e a energia do old rock numa mistura em que algum blues também surge incrustado. As suas inspirações são nomes como Queen Of The Stone Age, Jeff Buckley, Radiohead, Motorcycle Rebel Club, White Stripes. Ricardo Dias é a mente criativa por trás de cada canção sua que, acresce o appeal da utilização da língua nativa. E o seu primeiro single, lançado esta semana, intitulado O Mesmo Filme, mostra precisamente isso mesmo. Um tema de rock alternativo, cheio de ambiências, dinâmicas evolutivas e sonoridades pouco convencionais, mas que resultam num tema de enorme intensidade e emotividade. Podem ouvir O Mesmo Filme aqui.  



Mestres na arte de transformar cada espetáculo na mais louca e inesquecível festa, os Kumpania Algazarra lançam no próximo dia 19 de junho o seu 7º álbum, Live, um registo gravado ao vivo que conta com a participação especial de Ikonoklasta (Luaty Beirão) no tema Actuality, o primeiro single do disco com um vídeoclip gravado nas Azenhas do Mar. Todos os temas foram gravados ao longo de 2019 em diversos concertos muito especiais de celebração destes 15 anos e cristalizam para sempre os momentos únicos vividos no palco na Festa do Avante, na Feira da Luz em Montemor-o-Novo, no MusicBox, nas Festas de São Lourenço nas Azenhas do Mar, no Festival do Caracol em Castro Marim e na Festa da Liberdade no Porto. Em 2019 comemoraram 15 anos de vida e para assinalar e celebrar a data, a banda gravou este álbum ao vivo onde reúnem temas de todos os discos editados até ao momento. Para o final de 2020 avizinham-se ainda mais novidades. Uma delas é o lançamento de um álbum de remisturas produzidas por diversos artistas nacionais e internacionais durante o período de reclusão da pandemia. 





Notícias da semana – 16 de maio de 2020



Os Averlanche são uma banda de metal melódico, com vocais femininos a cargo da alemã Rebecca Spöri, formada em Helsinquia no ano de 2017. E o seu álbum de estreia tem edição pela Inverse Records. O single de avanço, The Sounds Of Insomnia, já está disponível e pode ser ouvido aqui. O álbum teve produção a cargo do mago Hiili Hiilesmaa.    


Bem conhecidos no seu país, Equador e em toda a América Latina, o power trio Black Sun assinou com a Rockshots Records para o lançamento do seu novo EP intitulado Silent Enemy, previsto para o verão deste ano. Este EP sucede a três álbuns The Pupetteer (2017), Dance Of Elders (2010) e Tyrant From A Foreign Land (2015). Durante a produção de Silent Enemy, a banda equatoriana separou-se do seu vocalista de longa data, pelo que os trabalhos foram completados com vocalistas convidados para todos os temas. Esses convidados são: Tony Kakko (Sonata Arctica), Lordi, Noora Louhimo (Battle Beast), Pasi Rantanen (Thunderstone), Elias Viljanen (Sonata Arctica), Netta Laurenne (Smackbound), Jukka Pelkonen (Omnium Gatherum), Asim Searah (Wintersun/Damnation Plan), Topias Kupiainen (Arion), Henning Basse (Firewind), Petri Lindroos (Ensiferum/Norther) e JF Aguirre (JF Aguirre Project).


Serpent Omega é um dos nomes atuais que melhor fundem sludge, doom, metal e crust de uma forma única e sóbria. O primeiro e homónimo álbum esgotou em poucos meses, em 2013. O há muito aguardado II foi gravado em Estocolmo por Jonsson nos Dark Prod Studios e promete soar grotescamente pesado e muito negro. Orog Nuur, o primeiro single, foi lançado ontem, enquanto o álbum tem data prevista para 4 de setembro via Icons Creating Evil Art.


Depois de três singles, dois deles já este ano, eis que surge o álbum de estreia dos Plamya V Nas. Intitulado Vremena, este disco da banda de folk metal russa, nascida em Saratov, traz dez canções todas cantadas na sua língua natal, onde o acordeão tem uma posição de destaque. O álbum foi gravado no estúdio caseiro da banda e teve mistura e masterização de Vladimir Lechtinen no Blastbear Sound Studio. O álbum pode ser ouvido aqui.


Caravellus é um coletivo brasileiro de prog metal, influenciado por nomes como Dream Theater, Symphony X, Queensrÿche ou Fates Warning, que acaba de assinar pela Rockshots Records. O próximo álbum, terceiro da carreira, terá lançamento no final deste ano, mas o single de avanço, Panis Et Circenses, com participação do baterista John Macaluso (Malmsteen, Riot, Ark, Labyrinth) como convidado, já pode ser ouvido aqui. Os Caravellus são o projeto de Glauber Oliveira, guitarrista dos Dark Avenger, banda que já fazia parte do catálogo da editora italiana.  


Os Persona 77, banda de rock alternativo do Montijo, acabam de lançar, Primitivo, o seu primeiro EP acústico. Separados fisicamente durante a quarentena, o EP foi gravado por inteiro através da troca de gravações online entre os membros da banda, sendo produzido e misturado pelos próprios. O EP contém 5 faixas: Un Voyeur à Paris, Porta Aberta, Odisseia, Tabula Rasa e Primitivo. As duas últimas são composições novas e foram criadas com o intuito de servir como uma banda sonora dos dias difíceis que atravessamos. O EP está de momento disponível no Youtube e no Bandcamp.


Denominados como sendo praticantes de shamanic metal, os IA lançam a 26 de junho o seu álbum de estreia conceptual initIAtion, influenciado por diversas tradições místicas! Os sete temas desta proposta da banda finlandesa baseiam-se em groovy riffs, atmosferas psicadélicas e poliritmos. Tudo combinado com um metal poderoso e direto. O single de avanço, The Golden King Of The Forest, será lançado a 12 de junho.


Alan Davey, o brilhante e criativo músico conhecido por ter sido baixista dos space rockers Hawkwind, tem mantido o interesse no seu projeto allstar Hawkstrel com o lançamento de diversos singles. Surge agora, via Cleopatra Records, o lançamento de uma caixa com a junção dos quatro álbuns de estúdio. Intitulado Four-Track Mind, tem gravações desde os meados dos anos 80 até à presente década. Os pedidos podem ser feitos aqui


A voz dos icónicos titãs do doom, Iron Man e Spiral Grave, Dee Calhoun revelou os detalhes do seu terceiro álbum a solo intitulado Godless. Este disco está previsto para 10 de julho via Argonauta Records, sendo que já está disponível o primeiro vídeo teaser. Godless foi gravado no estúdio caseiro de Dee com o músico a assumir todos os instrumentos com exceção do baixo que é tocado pelo seu companheiro Louis Strachan. Neste disco participa, ainda, Little Houn Calhoun, filho de Dee nas percussões e backing vocals.



Angel é o projeto a solo de Helena Iren Michaelsen, e que lançará o seu novo álbum intitulado A Woman's Diary - Chapter II, a 24 de julho, via Massacre Records! Este álbum é o diário da artista transformado em música. Todas as músicas são pessoais, cruas e sem censura. A Woman's Diary - Chapter II foi masterizado por Tom Müller nos Flatliners Studio e foi produzido e arranjado por Oliver Philipps. Jan Yrlund (Darkgrove Design) foi o responsável pela criação do artwork. Mais detalhes serão revelados em breve. 





Notícias da semana – 09 de maio de 2020



Sai a 22 deste mês o álbum Sagacity dos finlandeses TreaTmenT, pela Inverse Records. Esta banda de prog metal nasceu em 2005, tendo o atual line-up estabilizado no início desta década. As gravações de Sagacity já estavam prontas no final de 2018, mas o álbum só agora tem edição. Niko Hyvönen foi o responsável pela mistura e masterização. Do álbum já foram avançados dois vídeos/singles para os temas As Above So Below e Fragment Self


Os lendários Kenziner estão de regresso aos álbuns com o lançamento de Phoenix pela Pure Steel Records. o aguardado novo álbum estará nas lojas a partir de 26 de junho, mas as pre-orders começam a 12 de junho. Phoenix é o quarto álbum dos neo-classical proggers finlandeses, após um hiato de seis anos. Outros finlandeses que também têm novo álbum pela editora alemã são os Stargazery do excecional vocalista Jari Tiura. Praticantes de um melodic heavy metal, Constellation tem edição no final deste mês, a 29 de maio.


As lendas do speed/thrash suíço, Poltergeist, assinaram com a Massacre Records e lançarão o seu novo álbum, Feather Of Truth a 3 de julho. A banda nasceu em 1987 e após uma ausência de 20 anos, os membros originais André Grieder (vocais) e V. O. Pulver (guitarras), associaram-se a Chasper Wanner (guitarras), Ralf Winzer Garcia (baixo) e Reto Crola (bateria) para dar uma nova vida ao coletivo.


A banda russa de gothic doom metal Inner Missing nasceu em 2008 e, desde então, já lançou sete álbuns de estúdio. Agora e pela primeira vez, todos os seus títulos estão disponívels em streaming nas principais plataformas, como Spotify, Deezer, Apple Music, entre outros, através da editora finlandesa Inverse Records. Os Inner Missing tiveram o privilégio de partilhar palco com My Dying BrideKatatoniaSaturnus e Throes of Dawn, nomeando apenas alguns.


Music Unites é o novo álbum do guitarrista italiano Rocco Zifarelli, nome que há mais de 20 anos, trabalha com Ennio Morricone e com que gravou muitas bandas sonoras premiadas. Este disco surge também 20 anos depois de Lyndon (Via VenetoJazz-Universal), continuando o mesmo conceito musical no que concerne ao jazz rock e ao jazz elétrico instrumental. Music Unites apresenta 10 faixas que descrevem uma série de experiências músicas em Roma, Nova Iorque e, especialmente, Paris.


Chaos é já o quarto trabalho dos Revolution Within e o primeiro single de avanço, intitulado Take You Down, já está disponível. Raça, o vocalista do grupo, refere uma série de curiosidades. “É o quarto estúdio a que vamos, ou seja, nunca gravamos no mesmo”, além disso “nenhum disco foi gravado com a mesma formação”, pelo que “há sempre uma cara nova”. Desta vez, porém, há uma constante, “os primeiros três discos tiveram capas desenhadas por três diferentes artistas”, mas em Chaos, o grupo optou por voltar “a trabalhar com o Samuel Lucas, que tinha feito a anterior”. O que também se mantém é a editora, a Rastilho Records. 


Neal Morse, Mike Portnoy & Randy George anunciaram o seu regresso com a terceira aventura da série Cover To Cover. Nste novo número, intitulado Cov3r To Cov3r, o trio presta tributo a temas clássicos de nomes como King Crimson, Jethro Tull, Gerry Rafferty, David Bowie entre outros, com o destaque a ser dado à versão de No Opportunity Necessary, No Experience Needed, com os vocais a serem entregues ao vocalista dos Yes, Jon Davison. O álbum tem lançamento a 24 de julho. No mesmo dia sai, também, Cover To Cover Anthology (Vol. 1 – 3), que junta os três álbuns do projeto, sendo que os dois primeiros foram resequenciados e remasterizados.


Mother Island é um espaço surreal e lunático onde habitam cinco músicos de múltiplas influências, desde os filmes italianos dos anos 60 a uma orientação surfista. O seu novo álbum intitula-se Motel Rooms e a aberura, ‘Tll The Morning Comes, é o exemplo perfeito de como fazer uma reinterpretação muito própria da era dourada do rock ‘n’ roll.


Os Drain são uma banda de Almada que contam com uma participação na edição de abril de 2018 do programa Masterclass da Antena 1 e SPA, e várias apresentações ao vivo nas noites de Lisboa, em espaços como Popular Alvalade e Tokyo Bar Lisboa. A Love Song, que já se encontra disponível nas principais plataformas de streaming, é o segundo single do seu próximo projeto, That’s Why I Stay Home a ser lançado ainda em 2020. Este é também o single de estreia da D’arc Road Records, um projeto independente em construção que procura apoiar as diferentes visões musicais dos seus artistas.



Aí está, finalmente, o novo álbum dos russos Arida Vortex. Intitulado Riders Of Steel, tem edição pela SoundAge Productions e foi misturado e masterizado no Navaho Studio por Arkadi Navaho. A capa está a cargo de Mayhem Project Design. Riders Of Steel traz nove temas de puro heavy metal na senda do que o coletivo já nos tem apresentado. O álbum pode ser ouvido aqui.