News

Notícias da semana – 19 de setembro de 2020

O coletivo internacional Sontaag, cujo álbum de estreia de 2014 foi uma multitude de cruzamentos entre space opera, ambientes cinemáticos e histórias de ficção científica, lançou a 18 de setembro o novo single Beyond Forever/Back To My Soul. A produção esteve a cargo de Richard Sontaag e está disponível via Cleopatra Records nas plataformas digitais.


 

Nightbird Motel é o segundo álbum de estúdio do coletivo de blues rock Connor Bracken And The Mother Leeds Band. O lançamento acontece a 25 de setembro, sendo que o primeiro single, Dream Of You And Me, já foi anteriormente apresentado. Este é um trabalho que reflete a energia que os norte-americanos conseguem apresentar nas suas presenças em palco aqui adicionada da qualidade sonora proporcionada pelo trabalho de estúdio.

 


Numa interessante mistura entre o metal clássico e o puro folk, surge o power trio Grendel’s Sÿster cujo álbum Myrtle Wreath/Myrtenkranz originalmente lançado em 2019, será alvo de reedição no final deste mês pela Cruz del Sur Music. Esta é uma coleção eclética de temas épicos cantados quer em inglês, quer em alemão e foi isso que captou a atenção da editora que assim promove uma reedição em formato adequado à qualidade apresentada. Uma boa prenda para fãs de Blind Guardian, Warlord ou Svanevit, Triakel ou Planxty. Podem ouvir aqui o tema Entoptic Petroglyphs.

 


Quatro anos após o lançamento do álbum Momentum, os heavy rockers alemães TwentyDarkSeven preparam o lançamento de um novo álbum para 2021. Undertow é o primeiro single e vídeo, um hino na melhor tradição do coletivo e teve lançamento ontem pela Metalapolis Records.

 



O coletivo americano de melodic/symphonic/prog metal Awaken é a nova contratação da Pure Steel Records. A banda nova-iorquina fundada em 2009 pelo ex-vocalista dos Lazarus, Glenn DaGrossa lançou a sua estreia homónima em 2012 e o duplo álbum Out Of The Shadows em 2019. Este foi disponibilizado apenas numa edição limitada, pelo que será alvo de uma nova edição, ainda sem data definida, pela nova editora. Para além dos Awaken, também os HellandBack, do Ohio, assinaram pela editora alemã. O quinteto pratica US power metal e nasceu em 2016 e o álbum de estreia, A Thousand Years, tem lançamento em 2021. Finalmente, o novo álbum dos Niviane, The Ruthless Divide, já tem data de lançamento agendada para 30 de outubro, numa edição a cargo da Pure Steel Records.

 


Foi disponibilizado durante esta semana o novo single dos vintage/psychedelic rockers Lykantropi intitulado Kom Ta Mig Ut, numa edição digital a cargo da Despotz Records. Este é o segundo single retirado do próximo álbum Tales To Be Told.

 



O segundo álbum dos melodic hard rockers suecos Volster já tem data de lançamento: será a 13 de novembro, via Rock Of Angels Records. O álbum terá como título Arise e mantem a parceria de colaboração na escrita entre Ulf Andersson (vocais e guitarras) e Henrik Lundberg (baixo), seguindo a mesma linha composicional de Perfect Storm, a estreia, embora alargando um pouco as influências ao AOR e prog rock. O álbum foi gravado, produzido e misturado pelos próprios Volster com a ajuda na mistura e masterização de Thomas “Plec” Johansson. A capa é de Rob Hakemo.

 


Os promissores italianos Blue Hour Ghosts são o mais recente nome a associar-se à Rockshots Records. O coletivo nasceu em 2013 em Modena com o objetivo de juntar prog metal, classic metal, gothic e alternative rock. A estreia surgiu em 2016, um trabalho homónimo que recebeu críticas entusiasmantes. Os trabalhos do segundo álbum já começaram com o produtor Guiseppe Bassi, mas foram interrompidos devido à pandemia. O nome será Due e está previsto para o início de 2021.

 


Os thrashers germânicos Suicide Of Society acabam de disponibilizar um lyric vídeo para o tema Planet Babylon. Este faz parte do novo álbum, War Investement, nas lojas a 9 de outubro via MDD Records. Numa altura em que a banda comemora o seu 10.º aniversário, este disco pode ser visto como uma apresentação do melhor do seu caminho musical, num thrash metal old school bem cimentado nas escolas alemã e americana.

 


O coletivo Potter’s Daughter, importante nome do movimento art rock/contemporary jazz, lançou a 15 de setembro o seu novo trabalho, um EPintitulado Casually Containing Rage, numa edição a cargo da MRR e nos formatos físico e digital. Este EP sucede ao álbum de estreia de 2018, The Blind Side e a dois singles lançados o ano passado, Blood And Water, onde participa como convidada Annie Haslam, dos Renaissance e This Winter’s Child, que foi composto para o álbum MRR Holiday. Este EP é composto por três temas, To My Love, Accidentally Like A Martyr e We Could Be




Notícias da semana – 12 de setembro de 2020


Já está nas principais plataformas digitais a estreia dos D. O. L. intitulada Between Love And Death. D. O. L. é um coletivo finlandês e os seis temas presentes nesta proposta enquadram-se dentro do gothic metal. Os temas, cinco originais e uma cover dos Nine Inch Nails, Hurt, foram produzidas em duas sessões diferenciadas e espaçadas no tempo – 2018 e 2020. A escolha para primeiro single recaiu em My Juliet. A edição é da Inverse Records.

 


Metal épico e primitivo é o que nos trazem, desde Filadélfia, os Blazon Rite. O EP de 4 temas intitula-se Dulce Bellum Inexpertis e tem lançamento pela Gates Of Hell Records a 25 de setembro. Os Blazon Rite são compostos por James Kirn (guitarrista e principal compositor), Johnny Halladay (vocalista), Ryan Haley (baterista) e Pierson Roe (guitarrista e teclista). Dulce Bellum Inexpertis apresenta hinos vintage, metal inspirado na NWOBHM e influências do metal teatral/cinematográfico europeu.


 

Houve muita gente que aproveitou a pandemia e o confinamento para alargar a sua criatividade. Gregor Vogt (guitarrista dos Greydon Fields e líder da editora Roll The Bones Records) foi um deles tendo começado um novo projeto com o primeiro lançamento, um EP de 4 temas, já está previsto para dezembro. O nome? É claro: The Virus Project! Com Vogt estão músicos da cena local de Essen, a saber: Björn Gooßes (vocais, The Very End/Harkon), Olaf Reimann (vocais, Ra’s Dawn), Frank Stellmacher (baixo, Ghoster) e Markus Siegemund (bateria, Tombstone). As receitas alcançadas com a venda deste EP, que terá lançamento pela Roll The Bones Records serão doadas a clubes de metal da sua cidade, Essen, que perderam as suas fontes de rendimento durante a crise pandémica.

 


A editora italiana Rockshots Records anunciou que assinou com o coletivo finlandês de prog metal Ultimatum, com o novo álbum, Virtuality, a ser lançado a 27 de novembro. Este é o quarto álbum da banda que nasceu nas profundezas da floresta de Suomussalmi e sucede a Vis Vires Infinitus (2015, Independente), New Dawn (2004, Mastervox Records) e Hwainoo (2008, Mastervox Records). Virtuality contará com alguns vocalistas convidados que terão um papel definido na história, com o baterista Matti Auerkallio a desempenhar o papel de vilão.  Musicalmente, este disco centra-se no power e progressive metal, incluindo temas up-tempo e alguns mais longos e num progressive mid-tempo. As influências surgem de bandas como Stratovarius, Dream Theater, Symphony X e Rainbow.

 


Jo Capitalicide está, definitivamente, muito presente neste ano de 2020. Lançou, no início do ano, álbuns com os Ice War e Expunged e é um dos nomes por trás dos speed metallers canadianos Aphrodite. Como isto ainda não lhe chega, aí está o homem com mais um projeto: Cannibal. O estilo enquadra-se no heavy metal dos anos 80 com refrões catchy e o primeiro álbum, intitulado Fire Meets Steel, está disponível em cassette e em formato digital aqui. Com Gretchen Steel nos vocais, Fire Meets Steel é um disco aconselhado para fãs de Tokyo Blade, Iron Maiden ou Savage Grace.

 


Late Night Laments é o novo álbum de Tim Bowness, colaborar de longa data de Steven Wilson e de outros ilustres do art rock, prog rock e avantgard rock. E este é o mais intimista e, ao mesmo tempo, mais universal dos discos a solo de Bowness. A combinação de paisagens eletrónicas com instrumentação acústica e ritmos completamente inesperados carregam uma carga dramática assinalável ainda não vista.  O álbum foi lançado a 28 de agosto pela InsideOut Music.

 


O nome Canedy diz-vos alguma coisa? Precisamente, Carl Canedy dos The Rods, avança para o seu segundo álbum a solo, intitulado Warrior. Este trabalho foi lançado no passado dia 7 de agosto pela editora grega Sleazy Rider Records e é o sucessor de Headbanger, de 2014. Com Carl Canedy estão Tony Garuba (baixo, violoncelo, vocais), Charlie Russello (guitarras, sintetizadores) e Mike Santarsiero (vocais). O álbum foi produzido por Canedy and Russello e a msitura esteve a cargo de Chris Collier.

 


O coletivo Basco Song Of Anhubis lança o seu novo álbum, Reversed Reflection a 23 de outubro via Rockshots Records. A banda criou um disco apaixonante, introspetivo e diversificado de gothic metal, embora este segundo disco não siga de forma exata as pegadas musicais da estreia de 2016, Revenged Redemption, uma vez que agora o coletivo arrisca na experimentação com a eletrónica numa aproximação mais forte ao rock e ao metal. O tema Terarua já foi disponibilizado e pode ser visto aqui.

 


Sucedendo ao muito aclamado álbum de estreia Origin Of Species, lançado no início de 2019, DarWin prepara o lançamento do segundo álbum, intitulado DarWin 2: A Frozen War, e que estará nas lojas a 6 de novembro. E, mais uma vez, o músico faz-se acompanhar de um conjunto notável de virtuosos: Simon Phillips (bateria, Toto/The Who/Jeff Beck) e Matt Bissonette (Elton John, David Lee Roth, Ringo Starr) que trabalharam com DarWin e a quem se juntaram Billy Sheehan (baixo, Mr Big/ Steve Vai/Winery Dogs), Guthrie Govan (guitarras, Aristocrats/Asia/Hans Zimmer/Steven Wilson), Greg Howe (guitarras, Michael Jackson/Justin Timberlake), Derek Sherinian (teclados, Dream Theater/Alice Cooper/Black Country Communion) entre outros. O primeiro vídeo Nightmare Of My Dreams já está disponível e pode ser visto aqui. Darwin 2: A Frozen War foi produzido por DarWin e Simon Phillips e foi gravado na Islândia e nos EUA.

 


Há dois anos atrás, subitamente Mark Shelton (Manilla Road) faleceu. E agora mais um tributo é prestado a este monstro sagrado. Desta feita é a vez dos Lonewolf com o seu mais recente single Manilla Shark. É um single digital que já está disponível em todas as plataformas para download e stream bem como no Youtube. Manilla Shark faz parte do álbum Division Hades a lançar via Massacre Records a 25 de setembro.




Notícias da semana – 05 de setembro de 2020

A jornada musical da banda Tibetréa inicia uma nova fase. O segundo, de um total de cinco singles que serão lançados para o novo álbum Penta (data de lançamento: 30 de outubro de 2020), vai para a Croácia medieval. Naranča, título da canção, significa laranja, mas a história que os músicos contam com o canto feminino em duas partes nada tem a ver com frutas. A palavra também foi usada como sinónimo de bruxa. Enquanto o single número um para o novo álbum (Rain) é uma reminiscência de Pagan Folk com sons arcaicos, Naranča vem com novos sons de world music. E ainda assim as duas canções estão unidas pelo estilo caraterístico da banda, em que influências musicais antigas e modernas se combinam para criar algo novo e independente. A bateria rítmica e o baixo groovy definem o suporte musical no qual as melodias vocais e instrumentais se movem. O vídeo pode ser visto aqui.

 


Com letra e música de Luísa Sobral, Dizer Não é o novo single de Sara Correia e antecede o lançamento do seu novo álbum, previsto chegar às lojas no próximo dia 25 de setembro. Chegou Tão Tarde, o primeiro single retirado deste novo trabalho, sincroniza a telenovela da TVI Quer o Destino e conta com mais de 100 mil visualizações no Youtube. Sara Correia anunciou recentemente o seu regresso aos palcos internacionais numa digressão readaptada que passa agora por várias datas em Espanha. Em Portugal, a fadista é um dos nomes já anunciados no Festival Santa Casa Alfama, ficando ainda datas por anunciar.

 


No mesmo dia em que o Bandcamp cedeu a comissão de venda aos músicos e editoras, a Omnichord Records disponibilizou uma edição dupla em vinil da colaboração entre os First Breath After Coma e a Banda de Música de MateusOs concertos lotados que aconteceram a 28 de dezembro de 2019 em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva, e a 4 de janeiro de 2020 em Vila Real, no Teatro Municipal, estão agora integralmente disponíveis ao longo dos lados F, B, A e C de uma edição limitada em duplo vinil.

 


A 30 de outubro, os prog rockers The Flower Kings lançam via InsideOut Music o seu novo duplo álbum intitulado Islands. Este novo disco acaba por surgir um pouco mais cedo do que seria de esperar e tudo devido à pandemia. Roine Stolt explica que, uma vez que os concertos e festivais foram cancelados, a opção da banda não era ficar sentada à espera. Por isso, através das ferramentas digitais, todos os membros da banda (espalhados por EUA, Itália, Áustria e Suécia) começaram a trabalhar remotamente no que viriam a ser estas 21 canções espalhadas por 92 minutos.

 


O álbum de estreia de Sun King Rising intitula-se Delta Tales e será lançado, este outuno, em CD, vinil e digital. Sun King Rising é o nome profissional de John Blangero, cantor, compositor e pianista oriundo do Texas. A edição está a cargo da PeacockSunrise Records, a ala dedicada ao americana da Melodic Revolution Records. A produção esteve a cargo do nova iorquino Steven Ace Acker. Delta Tales está preenchido com ganchos memoráveis, rocking piano, poderosa secção de sopros e backing vocals cheios de soul. O vídeo para o tema The Snake pode ser visto aqui.

 


Antifascist Neofolk é o novo álbum do projeto Sea Wolves Of The Atlantic. Esta nova proposta apresenta 11 faixas em 45 minutos de guitarras limpas e vê o seu criador expandir a sua criatividade para próximo do post punk, rock gótico e post black metal. Cinco anos foi o tempo que Sea Wolf levou a completar esta obra, num mundo claramente diferente quando comparado com aquele que existia quando os trabalhos começaram. Antifascist Neofolk reflete essa mudança e está disponível, em formato digital, no bandcamp do músico e em todas as plataformas digitais.

 


A banda de metal progressivo Freaky Jelly lançou um novo single. Intitulado Resilience pode ser baixado ou ouvido em stream aqui. Oriundos de S. Paulo (Brasil) os Freaky Jelly apresentam aquele que é o seu segundo single depois do álbum de estreia Reverse (2017) e do single When Hope Dies (2019). Este é um coletivo que aconselhamos aos fãs de Haken, Dream Theater ou Pain Of Salvation.

 


O duo rock Ledfoot & Ronni Le Tekro anunciou o lançamento do seu novo álbum A Death Divine, a 2 de outubro, via TBC Records. E o que dizer de A Death Divine? Pois que é o gigantesco encontro de dois guitarristas únicos e a criação de stadium rock em formato duo. Ronni Le Tekro é conhecido pelo seu trabalho nos lendários TNT. Ledfoot (Tim Scott McConnell) recentemente ganhou um Grammy norueguês na categoria de blues com o seu álbum White Crow.

 


Neither Innocent Nor Wavering é o título do EP de estreia dos Rumours, numa edição a cargo da Lupercalia Records e com lançamento a 25 de setembro. Este trabalho que reúne os primeiros quatro temas escritos pelo coletivo, estará disponível em vinil e cassette. A banda alemã é composta por membros jovens e experientes e a sua música segue as regras mais simples do metal num cruzamento entre o classicismo e o peso direto. 

 


Depois do recente lançamento do novo álbum dos Sinisthra, The Broad And Beaten Way, a banda e a sua editora atual, a Rockshots Records, desenvolveram esforços no sentido de ser possível a reedição do primeiro álbum do projeto finlandês que conta com o vocalista Tomi Joutsen, dos Amorphis. Last Of The Stories Of Long Past Glories foi originalmente lançado em 2005 e a nova versão (já nas ruas desde o final de agosto), inclui 4 faixas bónus, duas delas temas nunca antes lançados (Not For You e To Have And To Hold) e duas versões demo (Ice Cube Sun e Unrevealed). 



Notícias da semana – 29 de agosto de 2020


Junkwolvz é uma banda grega que ocupa um espaço entre o hard rock e o metal, num pretexto de reintroduzir o elemento rock ‘n’ roll no heavy metal. Com influências que vão desde os Motörhead aos Rolling Stones, passando pelos Megadeth e Guns n’ Roses, os Junkwolvz nasceram em 2017, mas terminaria pouco tempo depois devido a desacordos. Em 2019 regressaram e usaram o mais recente período de quarentena para gravar a sua primeira demo Still Going Down que pode ser ouvida aqui

 


Os suecos Tribulation preparam o seu regresso com um novo álbum intitulado Where The Gloom Becomes Sound, que será lançado pela Century Media Records (em todo o mundo, exceto na América do Norte) e pela Metal Blade Records (na América do Norte) em janeiro de 2021. Este é o quinto álbum dos Tribulation e sucede a Down Below que recebeu boas críticas por todo o mundo, tendo recebido um Grammy no seu país. Como forma de suporte a este lançamento os suecos voltarão à estrada acompanhados pelos Bolzer e Molassess.

 


Evocar o espírito do Woodstock em 2020 e… à prova de Covid! Ser criativo na organização de eventos está na ordem do dia, mas os Tricklebolt foram mais longe. Os rockers holandeses realizaram um concerto drive-in, que rapidamente se tornou falado, tendo os bilhetes esgotado em poucos dias. Até aqui tudo bem. A novidade é que esse concerto foi gravado e será lançado na primeira metade de 2021, naquele que será o primeiro álbum ao vivo da história de um concerto em formato… drive-in! Aqui podem ficar com uma ideia do acontecimento!

 


TogethermenT Records anuncia o lançamento do terceiro longa-duração da aclamada banda Anyone. Intitulado On The Ending Earth, foi lançado no passado dia 21 de agosto, nos formatos digital e CD. Os Anyone foram formados nos meados dos anos 90 por Riz Story, na Califórnia. Neste álbum é ele quem toca todos os instrumentos, sendo acompanhado por três convidados: Jon Davidson (Yes) no fretless bass em Thought I Was; Miles Martin no baixo em Sip The Pleasure Of Days e Ethereal no piano em A Brief Sparkle Of The Nothingness.

 


Verve Records acaba de anunciar o lançamento de uma gravação inédita de Ella FitzgeraldThe Lost Berlin Tapes foi gravado – em mono e em stereo – no Sportpalast, em Berlim, a 25 de março de 1962, e mostra-nos Ella em topo de forma, acompanhada por um trio liderado pelo pianista Paul Smith e constituído por Wilfred Middlebrooks no contrabaixo e Stan Levey na bateria. The Lost Berlin Tapes será lançado no dia 2 de outubro. O primeiro singleMack the Knife pode ser ouvido aqui. The Lost Berlin Tapes é uma joia no baú do tesouro da coleção particular do empresário e fundador da Verve RecordsNorman Granz. Esta atuação incrível será lançada em CD, LP e formato digital.

 


Os Purpendicular estão de regresso com um novo single intitulado Sex & Money feat. Paul Morris e Ernesto Ghezzi, bem como uma versão ao vivo de Somebody Done It com Ian Pain na bateria. Este single teve edição a 21 de agosto pela FastBall Music e é o primeiro retirado do próximo álbum, o terceiro, sucessor de trabalhos como This Is The Thing N.º 1 e Venus To Volcanus, da banda previsto para o início de 2021.

 


Tanto musical, quanto liricamente, Clepsydra: Time Against Infinity é a progressão natural dos Synthetic em relação ao seu álbum de estreia, Here Lies The Truth. É uma amálgama de paisagens metaleiras típicas da Escandinávia, EUA e Reino Unido, mas, desta vez, mais unificadas em torno das composições, com um ligeiro aumento das doses de peso e de obscuridade e com elementos prog e sinfónicos mais proeminentes. O álbum foi misturado e masterizado por Ettore Rigotti (The Metal House Studio/Disarmonia Mundi) e sai pela Rock Of Angels Records a 2 de outubro. 

 


Cinquenta anos depois do seu lançamento original, os rockers holandeses Pendejo! lançaram a sua versão do tema The Wizard dos Black Sabbath, o que, de acordo com El Pastuso, foi apenas uma coincidência. Este novo single está disponível em todas as plataformas digitais, teve a letra traduzida para castelhano e o nome mudado para El Mago. Este é o segundo tema retirado do EP Toma que incluirá cinco versões, depois de Tuyo ter sido disponibilizado em junho.

 


Holy Mother, banda norte-americana de hard rock, é a mais recente adição ao roster da Massacre Records. No início deste ano, o poderoso vocalista Mike Tirelli e o baterista Jim Harris voltaram a juntar-se dispostos a dar aos Holy Mother uma sonoridade fresca, pesada e moderna. Ao duo, juntar-se-ia, ainda, o mago da guitarra Greg Giordano, bem como um novo baixista que será apresentado em breve. Um novo single digital, Wake Up America, já foi disponibilizado e um novo álbum está previsto para breve.

 


Durante esta semana a editora italiana Sliptrick Records juntou ao seu roster dois novos nomes. Primeiramente foi a vez da guitarrista de Boston Gia G, que também toca nos Devil In The Mist (banda que também faz parte dos quadros da editora). As suas influências são variadas e vão desde a ópera, à música clássica, blues, jazz e big bands dos anos 60. Depois, foi a vez dos Adliga, banda de doom/post metal da Bielorússia, precisamente na altura em que a crise política se instala no seu país. A banda de Minsk planeia lançar o seu primeiro EP Kali Pacіače Nіeba ainda em 2020, enquanto o álbum deverá surgir em 2021.



Notícias da semana – 22 de agosto de 2020

Desde a primeira vez que apareceram juntos, em 2009, quando
 Brian May Roger Taylor dos Queen apareceram como convidados no final da oitava temporada do American Idol em que Adam Lambert era um concorrente, a união de Queen + Adam Lambert foi-se tornando cada vez mais forte e hoje é uma das maiores bandas ao vivo. Na sua digressão mais recente pela Oceânia, esgotaram grandes concertos, tendo dado um espetáculo no estádio ANZ de Sydney para mais de 60 mil pessoas. Até à data, a banda tocou para uma audiência mundial de aproximadamente 4 milhões. E como foi sugerido em entrevistas recentes, Queen + Adam Lambert confirmaram que vão lançar o seu primeiro álbum ao vivo, Live Around The World. O lançamento chega no dia 2 de outubro nos formatos CD, CD + DVD, CD + Blu-ray e vinil e numa edição Universal Music.

 


Os Byfist apresentaram o single In The End retirado do álbum com o mesmo nome que tem lançamento pela Pure Steel Records a 25 de setembro. Este é mais um disco que conta com a participação portuguesa do designer Augusto Peixoto, responsável pelo coverartwork. Também os polacos Kat apresentam o single de avanço do seu novo álbum, The Last Convoy. Chama-se Satan’s Night e pode ser ouvido aqui. Pela Iron Shield Records foi anunciada a data de 25 de setembro para o lançamento de Inherent Brutality dos thrashers alemães Annexation

 


A Rockshots Records anunciou que assinou com os californianos Anthea para o lançamento do seu álbum de estreia Illusion, a 23 de outubro. Illusion sucede ao EP homónimo datado de 2017 e promete apresentar um metal influenciado por uma forte, diversa e coerente componente teatral e cinematográfica. As primeiras impressões indicam que a sua sonoridade pode ser comparada a Kamelot, Nightwish e Wintersun. O single de avanço chama-se Moirai e conta com a participação especial de Chiara Tricarico (Sound Storm, Moonlight Haze, ex-Temperance). 

 


Os Hourswill anunciaram que a 24 de agosto de 2020, será editado via Ethereal Sound Works o EP AfterHours. Trata-se de um trabalho com edição em formato físico limitado e totalmente direcionado e dedicado a todos aqueles que têm acompanhado o percurso da banda ao longo dos anos e que são genuinamente apreciadores da sua proposta musical. Este EP traz dois temas novos (Inevitable Collapse II e Now That I Feel (L.S.version)) e outros quatro captados ao vivo durante a Dawn Of The Same Flesh tour.

 


Há muito tempo que não se fala dos Helstar, mas eles estão de regresso! E logo com uma balada metaleira, o que acontece pela primeira vez e... por acidente! O que era suposto era os Helstar escreverem uma canção para um filme de terror e o produtor pediu uma balada metálica nada complicada. Agora passados dois anos desde que a canção foi escrita, o filme já não está em lado nenhum onde possa ser visto, mas os Helstar acharam que o tema era demasiado bom para ficar esquecido. Assim é lançada esta Black Wings Of Solitude que vem acompanhada por uma versão do tema After All (The Dead) dos Black Sabbath. Este é, portanto, o novo single dos texanos e tem lançamento pela Massacre Records.

 


Devin Townsend lançará Order Of Magnitude – Empath Live Volume 1 a 23 de outubro, naquele que é o documento que regista a sua tour europeia realizada durante o inverno de 2019 e que correspondeu ao seu mais ambicioso espetáculo ao vivo. O espetáculo foi captado em Londres, na penúltima noite da tour que serviu de apoio ao álbum Empath. Com David estão em palco um notável conjunto de músicos que inclui os guitarristas Mike Kenneally (ex-Frank Zappa) e Markus Reuter (Stick Men,The Crimson Project), o baterista Morgen Agren (Kaipa, Mats & Morgan, Frank Zappa), o baixista Nathan Navarro, o teclista Diego Tejeida (Haken), o guitarrista/vocalista Ché Aimee Dorval, bem como as vocalistas Samantha e Anne Preis e Arabella Packford.

 


Todos devem estar lembrados quando, em fevereiro deste ano, os Tanagra se viram envolvidos numa luta legal com uma companhia de áudio Suiça chamada Nagra, a propósito dos direitos sobre o nome. Na opinião dos suíços, o nome Tanagra poderia entrar em conflito com o seu próprio nome. Entretanto, os fãs de todo o mundo começaram a protestar e a Nagra aceitou negociar… e os Tanagra venceram. Assim, a Nagra desisitiu da sua queixa e o problema foi resolvido de forma amigável, de acordo com a banda de Portland. Entretanto, fica ainda a informação que os Tanagra terão novidades a respeito de novas canções no próximo meio ano. Fiquem atentos. Para os mais interessados nas questões legais ficam aqui os links.

http://ttabvue.uspto.gov/ttabvue/v?pno=91253546&pty=OPP&eno=1
http://ttabvue.uspto.gov/ttabvue/v?pno=91253546&pty=OPP&eno=2

 


Numa mistura de diversos géneros que incluem eletrónica, jazz, folk, classical ambient e experimental rock, o instrumentista britânico Elliot Nelson lança o seu álbum de estreia As He Now Appears. Elliot Nelson é filho do lendário músico Bill Nelson dos Be-Bop Deluxe e neste seu trabalho explora a sua capacidade criativa até aos limites. Esta primeira experiência instrumental a solo, surge depois do músico ter tido experiências com o projeto avant-gard The Wolf And The Ape. Para conhecerem mais do trabalho deste criativo podem aceder ao seu canal de Youtube. 

 


Os Veritas nasceram em 2012 pelas mãos do guitarrista Greg Wenk. Em 2017 conseguiram que o fantástico baterista Mark Zonder (Fates Warning, Warlord, Spirits Of Fire) gravasse 4 temas para o EP que seria lançado em fevereiro de 2018. As críticas foram muito positivas, tendo os Veritas sido comparados a Queensrÿche, Fates Warning ou Dream Theater. Agora, está na altura da banda do Kansas apresentar o seu primeiro longa-duração, Threads Of Fatality onde apresenta um prog metal com reminiscências dos anos 80.

 


Taskaha é uma banda norueguesa de prog metal que consiste em cinco membros que partilham muitos anos de experiência em diversos projetos. O atual line-up está junto desde 2014, tendo começado a trabalhar no álbum de estreia em 2016. E nesse processo de composição, a banda procura utilizar diferentes assinaturas e misturar estilos. E é isso que se pode ouvir no trabalho que a banda apresenta a 28 de agosto e do qual já foi extraído o single Mind Date que pode ser ouvido aqui. 



Notícias da semana – 15 de agosto de 2020


Os italianos From The Depth assinaram pela Rockshots Records para o lançamento do seu segundo álbum, Moments. A edição desta obra está agendada para o dia 28 de agosto. Com uma abordagem agressiva, os fãs que têm estado à espera desde o EP de 2014, Perserverance, são agora recompensados com um álbum de 10 temas. Moments é, na opinião da banda, uma forma de celebrar memórias e episódios relevantes na vida de cada membro e da própria banda. O trabalho de mistura e masterização estiveram a cargo de Simone Mularoni nos Domination Studios. O primeiro single, para aquela que é considerada a faixa mais pesada deste trabalho, Spread Your Fire, será lançado no mesmo dia.   

 


Diana Krall vai lançar um novo álbum, This Dream Of You, nas lojas a 25 de setembro, com o apoio da Smooth FM. O primeiro single retirado do álbum, How Deep Is The Ocean, é uma recriação de um clássico de Irving Berlin. Podem ouvir a canção aqui. This Dream Of You, produzido em maio por Krall, foi misturado por Al Schmitt, que trabalhou em estreita colaboração com a artista para alcançar uma notável intimidade com a sua voz no balanço final. As canções vêm de sessões de 2016 e 2017, nas quais Krall trabalhou com o seu amigo e parceiro criativo de longa data, Tommy LiPuma, que faleceu em 2017 aos 80 anos. 

 


Derek Sherinian (Sons of Apollo, Black Country Communion), um dos teclistas mais marcantes da era moderna, anunciou o lançamento do seu novo álbum a solo, o primeiro desde Oceana, datado de 2011. Intitulado The Phoenix, tem lançamento agendado para 18 de setembro numa edição da InsideOut Music. Como forma de avanço já foi disponibilizado o vídeo para o segundo single Dragonfly, que pode ser visto aqui. Neste tema, Sherinian está acompanhado por Simon Phillips na bateria e Ernest Tibbs, no baixo. Podem, entretanto, também recordar o primeiro single, Empyrean Sky, aqui.

 


Yusuf/Cat Stevens lança uma nova versão do tema On The Road To Find You, música que pode ser ouvida aqui e que faz parte do da reedição de Tea For The Tillerman 2, nas lojas a 18 de setembro, numa edição da Universal Music. Esta reedição acontece para celebrar o 50.º aniversário do lançamento daquele que é considerado um dos mais influentes disco da história da música e que definiu uma geração. Este novo arranjo revela um tom reflexivo mais profundo e contrasta de forma absoluta com a gravação folk acústica de 1970. 

 


Grim Reaper Ride (GRR) é um coletivo francês que acaba de assinar pela WormHoleDeath Records para o lançamento do álbum Hellbilly Back To Underground, naquele que é o primeiro lançamento da banda pela editora italiana. Os GRR são o novo projeto de Cédric Punda, aka KK, frontman que passou alguns anos nos Trepalium. O quinteto fica completo com Nicolas Hoareau, Fabien Trichet, Renaud Guillemet e Clément Genty. Um primeiro avanço já pode ser ouvido aqui

 


Astral Bazaar é um sexteto da região de Helsínquia que procura criar música com cenários de rock progressivo, numa linha de Pink Floyd e Rush, onde são adicionadas influências de groove psicadélico, como Tame Impala e Pond. Isto com a particularidade de cria sonoridades experimentais usando as guitarras em vez de teclados. Embrace The Reverbe saiu a 13 de agosto via Inverse Records


 

Dancing In Hell é o terceiro trabalho dos Eleine e estará nas lojas a 27 de novembro via Black Lodge Records, nos formatos CD, LP, cassette, box set e digital. Para a gravação deste álbum, misturado e masterizado por Thomas ”Plec” Johansson a banda regressou ao The Panic Room. Dancing In Hell continua a evolução dos Eleine e mostra-se mais pesado e obscuro.


 

A missão de Fabrizio Sassi (vocalista e mestre dos Verde Lauro) continua, nomeadamente espalhar os versos e os pensamentos de Petrarca e não apenas entre a audiência de metaleiros. E depois da Itália é agora a vez da Croácia e da Rússia. Ingrata Lingua é, precisamente, o novo single que propõe duas canções retiradas do álbum Voi Ch'ascoltateZephiro Torna (originalmente cantada por Alessandro Del Vecchio) e Voi Ch'ascoltate, aqui cantada em croata por Dino Jelusic, vocalista da Trans Siberian Orchestra e Animal Drive, e em russo por Sergey Sergeev, vocalista dos Форсаж (Forsage).

 


A banda alemã de dark/gothic metal Schwarzer Engel lançará um novo EP intitulado Kreuziget Mich, a 2 de outubro via Massacre Records. Para além do tema título este EP conterá, ainda, as faixas Teufel, uma interpretação orquestral de Paradies (uma preview do tema original do álbum) bem como uma remix de Kreuziget Mich. O trabalho artístico foi criado por Matthias Bäuerle/Season Zero. Por outro lado, e infelizmente, a banda foi obrigada a adiar a sua tour como cabeça de cartaz, para o outono de 2021 com as novas datas a serem anunciadas em breve.

 


CircuLive::NewView, é o nov disco dos Circuline e capta a prestação da banda no ProgStock, numa apresentação totalmente nova e capaz de satisfazer qualquer fã de rock. A edição é em CD/DVD/Blue-Ray porque, na opinião de Andrew Colyer (teclados, vocais, percussão) os discos vendidos em 18 países de seis continentes mostram que há muita gente no mundo que nunca teve a oportunidade de ver a banda ao vivo. Este álbum foi gravado no Union County Performing Arts Center em Rahway, New Jersey e foi misturado e masterizado por Alek Darson em Toronto.



Notícias da semana – 08 de agosto de 2020

Com dois temas, Windbreaker e Moving On, será lançado, a 28 de agosto, o novo EP dos The Riven, pela The Sign Records. O álbum de estreia destes retro rocker suecos foi muito bem recebido, e agora a banda aproveita para apresentar os seus novos temas, mais uma vez influenciados pelos grandes nomes do rock dos anos 70.

 


Billy Livesay, conhecido pelo seu trabalho na E Street Band do lendário Clarence Clemons, onde era guitarrista e vocalista lança, de forma independente, um novo álbum com o seu grupo The Livesays. The Rhythm Of Love And Dysfunction foi gravado em 2018 e era para ser lançado em 2019, mas, a tragédia assolou a banda com o falecimento do baterista Eddie Zyne, devido a ataque cardíaco. Esta situação provocou o cancelamento de toda a atividade da banda. A substituição de Zyne foi uma tarefa nada fácil, mas finalmente os The Livesays apresentaram Howard Goldberg. Ultrapassda a fase menos positiva da banda, The Rhythm Of Love And Dysfunction será lançado a 20 de setembro

 


Kneel, o projeto a solo do multi-instrumentista Pedro Mau (Kneeldown e Wells Valley), apresenta a sua nova proposta intitulada Ailment e com lançamento previsto para 16 de outubro via Raging Planet nos formatos CD e digital. Ailmente contém elementos de thrash, technical death, math metal e hardcore em composições marcadas pelo uso de riffs de guitarra muito dinâmicos, acordes dissonantes e compassos e vocais agressivos. Filipa Correia (Wells Valley/Concealment) é a convidada especial, estando responsável pelas letras e pela componente vocal.

 

A Rockshots Records anunciou que assinou com os sleazy rockers finlandeses Serpico para o lançamento do seu novo álbum, Chosen Four. Este trabalho, produzido por Anssi Kippo (Children of Bodom, Hanna Pakarinen, Teräsbetoni), tem lançamento agendado para o final deste ano. Chosen Four sucede aos álbuns Rose Tattoo (2018) e Shallow Mistress (2014) e ao EP Bad Commercial (2011). Atualmente, os Serpico são formados por Vee Dour (vocais), Snake (guitarra solo e backing vocals), Andy (baixo e backing vocals) e Jani Serpico (bateria e backing vocals).

 


O coletivo de power metal Wings Of Destiny, oriundo da Costa Rica, assinou pela WormHoleDeath Records para a distribuição do seu 5º álbum intitulado Ballads. Esta obra prima do género tem lançamento está previsto para 4 de setembro e conta com uma série de convidados de peso a saber: Marco Garau, Ivan Giannini, Mike Vescera, Victor Smolski, Timo Tolkki, Henning Basse, Chemel Neme e Rebecca Malavassi. Para já, estão disponíveis os vídeos para os temas Forever (com a colaboração de Timo Tolkii) e Under The Moon (com Michael Vescera).

 


A banda de metal melódico Neptune lançou o primeiro single e vídeo, FallenNations. Este tema faz parte do próximo álbum dos suecos, Northern Steel, a lançar a 6 de novembro pela Melodic Passion Records. Este álbum surge após o falecimento do vocalista Ray Alex, em 2019, tendo sido substituído pelo seu irmão Row Alex. Apesar de os Neptune serem uma banda dos anos 80, Northern Steel acaba por ser o primeiro verdadeiro longa-duração do coletivo.

 


O primeiro álbum dos Moksh foi editado em 2018 pela editora Earth And Sky Productions, mas começa agora a ter mais visibilidade. Desde logo pela exótica origem do coletivo – a India! Tavta, assim se denomina este trabalho, traz 9 faixas em 43 minutos do denominado vedic metal, que corresponde a algo na linha do folk metal.

 



Os Arsames são um coletivo iraniano de death metal formado em 2002 e com dois EPs, um single, uma demo e um álbum (Immortal Identity, 2010), no seu fundo de catálogo. Recentemente foram notícia pelas piores razões. É que o seu governo mandou prender toda a banda por, alegadamente, serem uma banda satânica e contra os interesses do governo. Os Arsames são, desta forma, a mais recente vítima da cruzada que o governo do Irão tem traçado contra o heavy metal.

 


Dado o contexto atual e o facto de a música ser essencialmente uma forma de expressão ao vivo, Grutera adiou o lançamento do disco Aconteceu para 11 de setembro. Esta decisão deve-se sobretudo ao facto de conseguir desta forma acompanhar o lançamento do disco com concertos ao vivo, perto de todos, ainda que possivelmente com as devidas distâncias de segurança, que serão consequência natural destes próximos novos tempos. Ainda assim, durante este período lançou uma página no Patreon onde entre maio e setembro tem partilhando tudo acerca deste novo disco ainda antes da sua estreia para todos aqueles que se quiserem tornar patronos.

 


Sai a 11 de setembro o novo álbum do coletivo suíço Crown Of Glory. Intitulado Ad Infinitum, este novo trabalho de melodic metal tem edição pela FastBall Music. O primeiro single já disponibilizado, What I’m Made Of, recebeu boas críticas, pelo que as expetativas da banda para este lançamento são altas. O próximo vídeo estará disponível a 14 de agosto e será para o tema Something onde participa Seraina Telli (Dead Venus).




Notícias da semana – 01 de agosto de 2020


Os nacionais Attick Demons estão de regresso aos discos com o lançamento de Daytime Stories, Nightmare Tales, naquele que é o terceiro longa-duração da banda. A edição a 25 de setembro, está a cargo da Rock Of Angels Records e este disco mostra os Attick Demons a explorarem novas sonoridades, numa abordagem mais contemporânea, embora mantendo o foco nas suas raízes – o NWOBHM. Daytime Stories, Nightmare Tales foi gravado, misturado e masterizado por Hugo Andrade nos UltraSound Studios, na Moita e tem Mayte CG como responsável pelo artwork e Rui M. Leal pelas fotos. Parceiros de editora, os demolidores thrashers austríacos Silius apresentaram o vídeo e single para o tema Abominate. Esta faixa faz parte do álbum Worship To Extinction nas lojas a 28 de agosto.  

 


Numa edição a cargo da Loudriver Records, foi lançado esta semana o mais recente trabalho dos Omitir. Intitulado Ode, sucede a Cotard interrompendo um longo hiato de 9 anos de silêncio. Ode, composto por um black metal mais tradicional e com influências folclóricas portuguesas, apresenta um álbum conceptual com 6 temas abordando a realidade das vidas de um povo num contexto rural durante séculos.

 


Rise é o novo video dos Defecto, tema retirado do seu mais recente álbum Duality, a lançar no dia 20 de setembro pela Black Lodge Records. Este single pode ser ouvido aqui e o vídeo pode ser visualizado aqui. Os Defecto são uma banda dinamarquesa de prog metal já com dois álbuns lançados: Excluded (2016, Elevation Recordings) e Nemesis (2017, Prime Collective).


 

Depois de quatro singles espalhados entre 2019 e 2020, a banda sueca de power metal The Lightbringer Of Sweden (aka The Lightbringer) lança o seu álbum de estreia intitulado Rise Of The Beast. É uma obra misturada e masterizada pelo Fredrik Nordström no Studio Fredman, em Gotemburgo. Aqui podem ouvir o álbum na íntegra. Os The Lightbringer formaram-se em 2017 por Lars Eng (guitarras). Posteriormente, Jonas Andersson (guitarra solo), Henrik Bergqvist (baixo) e Tobbe Jonsson (bateria) juntaram-se à banda e começaram os trabalhos do álbum de estreia. Finalmente, em 2019, foi a vez do vocalista Herbie Langhans (Avantasia, Firewind) se juntar, ficando o lineup completo.

 


Os lendários Helstar lançam a 2 de outubro o seu novo single intitulado Black Wings Of Solitude via Massacre Records. Este single incluirá este tema e uma versão de After All (The Dead), original dos Black Sabbath. Black Wings Of Solitude foi misturado por Martin "Mattes" Pfeiffer nos Redhead Studios, em Wilhelmshaven, e masterizado por Stefan Kaufmann no ROXX Studio, em Solingen. O artwork foi criado por John Fossum.

 


Os gregos Black Fate assinaram com a Rockshots Records para o lançamento do seu próximo álbum, Ithaca, previsto para 23 de outubro. Este é o quinto disco do coletivo e promete riffs de guitarra fortes, melodias de encantar e solos com tanto de furioso como de melódico. Ithaca foi misturado e masterizado por Steve Lado e sucede aos álbuns Between Visions And Lies (2014, Ulterium Records), Deliverance Of Souls (2009, Asiral Records), A Piece Of Dream (2002, Secret Port Records) e Uncover (2001, Secret Port Records).

 


A banda norueguesa Slaves Of Fashion continua a homenagear 50 anos de metal. E para isso, propõe-se, em 2020, a lançar um tema por mês. Cada um desses temas é inspirado e presta tributo a diferentes períodos e sub-géneros do metal. E todos esses temas irão surgir no álbum The History Of Heavy Metal. O sexto single, Garden Of Chains foi recentemente lançado e presta tributo ao grunge, o controverso estilo nascido em Seattle nos anos 90 e que mudou, em definitivo, a face do rock e do metal. O tema pode ser ouvido aqui

 


Utopia é o primeiro álbum dos italianos Stilema, depois de dois EPs, lançados em 2009 e 2017, respetivamente 2:3 e Ithaca. Utopia traz 8 temas divididos por 42 minutos de folk metal apontado aos fãs de Skyclad, numa edição a cargo da Hellbones Records. O tema título pode ser ouvido aqui

 



Os lendários Satan, considerados uma banda fundamental de algo que pode ser descrito como proto-thrash, estão a planear o seu regresso aos discos, mas não de originais. Trata-se do relançamento das suas demos The First Demo (1981), Into The Fire (1982) e The Dirt’ Demo’86 (1986) numa edição limitada em digipack e vinil. Todos estes lançamentos aparecem reunidos e remasterizados no álbum Early Rituals com lançamento pela Listenable Records a 25 de setembro (Europa) e 9 de outurbro (EUA).

 


O duo de rock progressivo Days Between Stations (DBS) lança o seu terceiro álbum Giants onde conta com alguns convidados como Colin Moulding (XTC), Billy Sherwood (Yes) e Durga McBroom (backing vocals nos Pink Floyd). Embora firmemente assente no rock progressivo, Giants mostra uns DBS mais orientados para o rock, com composições menos atmosféricas e ambientais e com uma maior dose de agressividade. Giants sai a 21 de setembro. O video promocional pode ser visto aqui.