News

Notícias da semana – 20 de abril de 2019


A Pure Steel Records anunciou a data de lançamento do novo álbum dos polacos Kat Without Looking Back. Será a 14 de junho, sendo que as pre-orders começam a 31 de maio no site da editora. A respeito dos Kat, refira-se que a Metal Hammer britânica acaba de considerar o seu álbum de 1986, Metal And Hell, como um dos melhores 40 álbuns de black metal da história. Quanto aos Leather, a banda lança Shock Waves: 30 Years Heavy a 28 de junho, numa edição limitada a 300 cópias em vinil.


Os Sacred Sin são um dos nomes nacionais mais importantes da cena death metal e o seu álbum de 1995 Eye M God é um dos melhores exemplos do poder e técnica da banda, providenciando doses letais de agressividade metaleira e atmosferas místicas criadas pelos teclados. Há muito aguardada, a sua reedição en formato vinil acontece agora através do selo Lusitanian Music.


Taifa é o primeiro single do novo álbum dos Loosense intitulado Saloon, com lançamento previsto para setembro. A música, composta pelo baixista da banda João Completo, apresenta várias influências de diferentes estilos musicais sendo, por isso Taifa, o tema que melhor representa a essência de todo o disco. O nome refere-se a um dos espaços de eleição da banda, ao mítico bar de Setúbal Taifa, onde já atuaram diversas vezes. Com uma forte secção rítmica caraterizada pelos grooves do Funk, Latin, Hip-Hop, e ideias melódicas e harmónicas vindas do mundo do Jazz, Gospel e Soul, tudo culmina em vários momentos de improvisação que exploram a criatividade de cada músico.


Angel é o nome do projeto a solo de Helena Iren Michaelsen que já tem pronto o single digital Angel Maria, via Massacre Records. Esta é uma canção muito pessoal dedicada à sua filha. Entretanto, Helena continua a trabalhar no próximo álbum de Angel que se chamará A Woman’s Diary – Chapter II


A Phantom Recordings lançou a 12 de abril uma caixa com seis CD’s, como forma de celebrar o 30.º aniversário do projeto Protocol de Simon Phillips. Esta caixa inclui os primeiros quatro álbuns (I, II, III e IV) remasterizados e mais dois CD’s com material de demo nunca antes disponibilizado, material esse que, em alguns casos, são formas embrionárias dos temas presentes nos álbuns. Relembre-se que Protocol 4 foi nomeado para um Grammy em 2018 na categoria de Best Contemporary Instrumental Recording.


Os misteriosos black metallers nacionais Voëmmr disponibilizaram, na íntegra, o seu álbum para audição streamimg. O ovnh intot adr mordrb, tem lançamento agendado para 31 de maio pela Harvest Of Death, mas já pode ser ouvido aqui. Os Voëmmr fazem parte do clandestino Aldebaran Circle que também inclui os Ordem SatânicaTrono Além Morte e Occelenbriig


Estamos na Páscoa e é caso para dizer que o Padre está de volta! Falamos dos Midnight Priest que estão de regresso aos discos, cinco anos após Midnight Steel. A banda, onde toca o nosso conterrâneo War Tank na bateria, lança a 26 de abril Aggressive Hauntings pela Metal On Metal Records, o novo trabalho composto por nove novas canções e com capa a cargo de Jowita Kaminska-Peruzzi.



Entre 2013 e 2017 o guitarrista David T. Chastain, com Leather Leone nos vocais, lançou cinco álbuns. 1319 é o lançamento que, agora, recupera temas desses discos e os apresenta com novos arranjos. Uma mudança que os torna mais listener friendly, na opinião do guitarrista americano. Como prenda para os fãs, 1319 inclui The First Attack, um tema nunca antes lançado, apesar de ter sido gravado durante as sessões de Surrender To No One.




Notícias da semana – 13 de abril de 2019


Trinta anos depois do seu último álbum de originais em nome próprio, Lena d’Água está de volta aos discos e, na passada quinta-feira, começou por levantar a ponta do véu deste novo trabalho, com o single Grande Festa, o melhor cartão-de-visita do que aí vem. O novo álbum intitula-se Desalmadamente e todas as letras e músicas são da autoria de Pedro da Silva Martins (Deolinda, Ana Moura, António Zambujo, Cristina Branco, Sérgio Godinho), com arranjos de João Correia, António Vasconcelos Dias, Sérgio Nascimento, Mariana Ricardo, Francisca Cortesão e Benjamim, com a produção destes quatro últimos.


Praticantes de heavy/melodic power/thrash metal (num mix de Judas Priest e Exodus) e oriundos da Bélgica, os Eternal Breath são a mais recente contratação da Sliptrick Records. A banda nasceu em 1996, mas o primeiro álbum, The Joker, só surgiu em 2006, de forma independente. World Of Chaos é o segundo trabalho, com lançamento pela editora italiana, onde os belgas apresentam 11 temas completamente novos.


É já no próximo dia 5 de maio que o Coliseu de Lisboa vai receber aquele que promete ser um dos mais emblemáticos espetáculos de canto lírico em Portugal – a Ópera Spectacular uma produção que inclui seis vozes líricas extraordinárias e a excelência da Banda Sinfónica da PSP. A surpresa deste espetáculo reside na apresentação e qualidade a todos os níveis assim como aposta na diversidade de repertório que abrange não só árias de Ópera, Zarzuelas, como canções de vários estilos: Napolitanas, Mexicanas, Broadway, entre outros. Este ano a Ópera Spectacular faz um convite ao Fado para se unir ao canto lírico assim como a homenagem à grande Montserrat Caballé com convidadas especiais, prometendo uma abertura inédita e grandiosa com coro e orquestra. Um dos segredos que foi guardado até agora será um dueto com a convidada especial, a grande Diva Internacional Elisabete Matos, que se vai juntar ao estilo musical pop, na voz de Bruno Correia, o cantor que venceu o concurso Rising Star. O Coliseu do Porto recebe o espetáculo a 16 de junho.


A Pure Steel Records anunciou a data de 7 de junho para o lançamento do terceiro álbum dos Lower 13, Restore The Order. Quanto à banda de US metal Sleeplord, lançou no Soundcloud o single The Hammer, tema a incluir no seu disco de estreia Levels Of Perception, nas lojas a 31 de maio, via Pure Steel Records


Os suíços Sonar, conhecidos pela sua abordagem desafiadora e emocional ao rock instrumental, sempre em formas pouco convencionais têm no seu aclamado quarto álbum Vortex (RareNoiseRecords) a adição de uma vertente inesperada: a forma expressiva, emotiva e profunda de tocar do guitarrista americano David Torn. Para o lançamento em vinil deste álbum, o baixista Bill Laswell também adicionou as suas linhas de baixo bem como alguma eletrónica. Vortex está disponível desde ontem.


Unicorn é o novo single dos Satan Takes A Holiday. Este successor de A New Sensation, single anterior, foi lançado pela Despotz Records no passado dia 5 de abril. Ambos os singles fazem parte do próximo álbum, um disco que contará com as colaborações de Patric Berger, Royal Blood, Tess De La Cour e Exit Electric. A tournée europeia será com os Backyard Babies, Thundermother e Audrey Horne, durante esta primavera.



A Esoteric Recordings anunciou a reedição de uma caixa deluxe com quatro discos (3 CD’s e um DVD) do lendário álbum de 1975 dos Futurama, Be-Bop Deluxe. Este foi o segundo disco dos Futurama, contava com Bill Nelson, Charlie Tumahai e Simon Fox e foi produzido por Roy Thomas Baker, na altura a trabalhar com os Queen.




Notícias da semana – 06 de abril de 2019



Juntos Rick Wakeman, Jeff Wayne e Kevin Peek, lançam Beyond The Planets em edição limitada a 100 unidades em vinil, numeradas à mão. Beyond The Planets é, basicamente, a performance de The Planets dos Holst num contexto rock. A música é executada dramaticamente e plena de fé, com Peek a usar diversos sons de guitarra de acordo com o feeling do tema. A data estimada de lançamento é julho deste ano.


Pile Of Nothing é o segundo single reitado do álbum Head Without Eyes de Per Wilberg. O álbum do artista saiu a 5 de abril com o selo Despotz Records. Per Wiberg é conhecido pelo seu desempenho como multi-istrumentista em coletivos como Opeth, Spiritual Beggars, Candlemass (os mais conhecidos), mas também em outros menos mediáticos como Clutch/Bakerton Group, Switchblade e Kamchatka. Head Without Eyes é uma amálgama de ganchos catchy e melodias memoráveis assentes sobre a exploração das facetas mais experimentais do rock


Oriundos do Porto, os Nihility defendem a doutrina do niilismo, não só no seu blackened death metal, mas inclusive nas suas vidas. Sem comprometer a excelência e a selvajaria, os portuenses trabalharam no seu álbum de estreia Thus Spoke The Antichrist. Altamente sinistro, esta estreia traz um conjunto de malhas que preservam quer as raízes old-school quer a mestria técnica. O primeiro vídeo está disponível e é Indulge Self Restraint.


Evil Within, o single official do álbum com o mesmo nome dos americanos Ruthless, já foi publicado. O álbum tem edição pela Pure Steel Records a 3 de maio em CD e 31 de maio em vinil. Os lendários Picture anunciaram detalhes do seu próximo álbum de originais. Aquele que terá como título Wings também terá edição pela Pure Steel Records e já está gravado, estando, agora a decorrer a fase de misturas.


Os Crimson Reing, banda de Arizona, acaba de assinar pela Alpha Omega Management. A banda lançou o seu primeiro álbum, The Calling, em 2013, esteve presente nos maiores festivais, compartilhou palco com os maiores nomes e agora está a preparar o seu segundo álbum que deverá ser lançado este ano. E prevêm-se algumas alterações com um som mais pesado e a incorporação de novos elementos. O single de avanço e vídeo, The Darker Side Of Life, tem sido bastante elogiado pelos fãs.


É já na próxima semana que os Bom Marido lançam novo single, Moça e álbum Pêra Doce, numa edição da Infected Records. Os Bom Marido são uma banda de rock alternativo com canções no seu formato mais tradicional, banhadas em pop. Pêra Doce foi gravado e misturado por Makoto Yagyu nos estúdios Haus, em Lisboa e sucede aos EP’s Sigo o Caminho Mais Calmo e Canção Castigo.


Como anteriormente anunciado, os franceses The One Armed Man, estão de regresso com um novo álbum, três anos após Paper Bird. Este que é o terceiro trabalho dos folk/bluegrass chama-se simplesmente 1 e tem edição em formato CD e digital pela Flying Cow Prod/Inouïe Distribution. Este disco é a primeira parte que terá continuação num novo lançamento previsto para o outono.  


Depois de Parting Is, Jon Durant está de regresso como mais um álbum a solo, intitulado Alternate Landscapes. A semelhança entre ambos os discos é que são os dois baseados no trabalho de guitarra do guitarrista de Portland. Todavia, nesta nova proposta Durant entra por campos de pouco habituais texturas com a utilização da ligação da guitarra s sintetizadores vintage. Por outro lado, há duas faixas completamente executadas apenas com guitarra e em formato live em estúdio.


Depois de muitos anos, Antonio Portanet voltou a viver em Portugal. A lembrança dos concertos e dos LPs editados em 1978 (Muertes) e 1983 (Noche de Cuatro Lunas) estava presente e por isso o desafio de voltar a cantar em Portugal e não só . . . realizaram-se alguns concertos, mas faltava algo… faltava gravar um álbum. Ora aí está ele. E é com muito orgulho que AVM Music Editions apresenta o novo disco Eternamente Lorca, editado a 29 de março. A música que foi criada para estes poemas de Lorca, principalmente do livro Poeta en Nueva York, teve a sua génese em Nova Iorque durante a estadia de Antonio Portanet nos Estados Unidos.



Já está nas lojas, desde o dia 30 de março o mais recente trabalho dos The Raz Band. Intitulado #9, tem edição da Gonzo Multimedia com produção do lendário Joey Molland que também canta em dois temas. #9 traz onze canções e as primeiras 1000 cópias incluem, como bónus, um EP ao vivo gravado a 8 de dezembro de 2018 em Los Angeles. 




Notícias da semana – 30 de março de 2019



Os Affäire assinaram contrato com a editora norte-americana Perris Records com vista à edição e distribuição mundial do novo álbum Less Ain't More. O novo disco foi gravado no Dynamix Studio em Lisboa, produzido por Ricardo Dikk e masterizado por Phil Brewster (Sebastian Bach, Steve Vai, Halestorm, The Darkness, entre muitos outros) em Los Angeles. A Perris Records, sediada no Texas, está em atividade há mais de 25 anos e conta no seu catálogo com bandas incontornáveis do hard rock americano, como L.A. Guns, Stephen Pearcy, Helix, Babylon A.D., Enuff Z'Nuff, Bang Tango, Dirty Looks, Vain, Love/Hate, etc. Less Ain't More tem lançamento marcado para 19 de abril.


Ainda há alguém por aí que se lembre dos Xentrix? Pois bem, fica a informação que estes lendários thrashers britânicos acabam de assinar pela Listenable Records. Os Xentrix nasceram em 1985 e chegaram a estar na Roadrunner Records pela qual lançaram Shattered Existence, em 1989, For Whose Advantage, em 1990 e Kin, em 1992, tendo terminado em 1996. Tiveram um curto reaparecimento em 2005/2006 e um segundo regresso em 2013. O novo álbum Bury The Pain foi trabalhado no final de 2018 com Andy Sneap e Russ Russell e será lançado no próximo verão.


Alberto Rigoni é um dedicado baixista e um visionário que nunca para de ser criativo. Coletivamente está nos metallers Bad As, nos proggers Twinspirits e nos brit pop rockers The Italians. É, ainda, o produtor de projeto Vivaldi Metal Project. Com Alessandroni Bertoni (teclados) e Thomas Lang (bateria) criou um disco de instrumental prog metal a que chamou Prog Injection e que tem lançamento a 7 de junho.


É de facto extraordinário, porque os lendários rockers novaiorquinos, Binky Philips & The Planets irão lançar o seu primeio álbum ao fim de… 47 anos de carreira! Este histórico trabalho intitula-se Established 1972 NYC e tem data de edição a 26 de abril. Os The Planets começaram a trabalhar nestes temas – todos eles compostos por Philips entre 2014 e 2017 - em agosto de 2017 com o produtor JZ Barrell. Os The Planets são compostos por Binky Philips (guitarras), Nolan Roberts (vocais), Bobby Siems (bateria) e Mike Greenberg (baixo).


Faded Release é o segundo single lançado pelos Gone Cosmic. Este é um tema que faz parte do álbum de estreia Sideways In Time que tem data de lançamento agendada para 12 de abril via Kozmik Artifactz. Composto por músicos da zona oeste do Canadá que pertencem a bandas como Chron Goblin, Witchstone, Funkenshiest e The Torchettes, esperem destes Gone Cosmic uma explosão cósmica de psyche e fuzz.


A Century Media Records orgulha-se de assinar com os lendários Demons & Wizards. Este projecto que junta Hansi Kürsch (Blind Guardian) e Jon Schaffer (Iced Earth) nasceu em 1999, tendo lançado dois aclamados álbuns – Demons & Wizards em 1999 e Touched By The Crimson King, em 2005. Neste momento a banda está a ocupada a preparar aquele que será o seu terceiro registo que será lançado no início de 2010.


São dois os nomes a entraram, esta semana, nas fileiras da Massacre Records. Primeiro foram os Dreamslave, praticantes de orchestral metal e cujo álbum Rest In Phantasy está previsto para junho. A banda francesa nasceu em 2011 e já compartilhou palco com nomes como Arkona, Marquize, Whyzdom e Lyriel. Depois foram os Ereley que levarão os fãs a uma viagem pelo céu e o inferno no seu álbum Diablerie, previsto apenas para o final do ano.


Fly On The Wings Of Love é o novo álbum dos Hubeskyla e surge seis anos após Spencer’s Return. A notícia é que a banda composta por Lionel Gaillard (também membro dos Monoski), Mathias Bieri (dos Tar Queen) e o baterista Fabrice Seydoux (Pony DelSol), disponibilizaram a audição da totalidade do álbum no Youtube


A banda de female fronted metal/hardcore/punk de Filadélfia, The End A. D. assinou com a Fastball Music para o lançamento do seu próximo álbum, no outono de 2019. A data official de lançamento, bem como vídeos e singles serão anunciados em breve. A banda formou-se em 2014, embora só em 2017 tenha passado a contar com a vocalista Ami Friend.



A lendária banda Angel assinou com a Cleopatra Records e começará, em abril, a gravar um novo álbum. Os membros originais Punky Meadows e Frank Dimino, agora com Danny Farrow (guitarra ritmo), Charlie Calv (teclados), Steve Ojane (baixo) e Billy Orrico (bateria) escreveram 14 canções novas para um álbum descrito como diverso, com ênfase na melodia e fortes ganchos. Ou seja, um disco direcionado para todos os fãs dos Angel.




Notícias da semana – 23 de março de 2019



Depois do sucesso de The Six Foot Six Project, disco de estreia dos Six Foot Six, a banda regressa com o lançamento de versões acústicas de dois temas desse álbum. Primeiro foi a vez de Frozen Rain e agora chega a altura de Anonima, lançada ontem. Os Six Foot Six são um coletivo criado por Kristoffer Göbel, nome associado aos Falconer, Destiny e Aldaria.


Os The Rolling Stones anunciaram o lançamento de uma nova compilação best of, intitulada Honk. Contando com os maiores êxitos e clássicos de todos os álbuns de estúdio dos Rolling Stones editados entre 1971 e 2016, Honk será editado a 19 de abril. Em vários formatos: 2CDs, 3LPs e digital. A compilação reúne 36 temas essenciais da carreira dos Stones, incluindo oito singles top 10: Brown Sugar, Tumbling Dice, Angie, It’s Only Rock’n’Roll (But I Like It), Fool To Cry, Miss You, Emotional Rescue e Start Me Up. Honk conta ainda com o single Doom & Gloom, gravado em 2012, bem como os temas Just Your Fool, Ride ‘Em On Down e Hate To See You Go, retirados do álbum Blue & Lonesome, de 2016, que foi premiado nos Grammys. O disco bónus da edição deluxe de 3CDs inclui 10 temas gravados ao vivo em estádios de todo o mundo durante as recentes digressões esgotadas da banda. Entre eles, encontramos Dead Flowers, com a participação do cantor country Brad Paisley, Bitch, gravada durante a 50 And Counting Tour com Dave Grohl dos Foo Fighters, bem como uma versão eletrizante de Wild Horses com Florence Welch, gravada em maio do ano passado no concerto da banda em Londres. A edição deluxe de 4LPs também incluirá os 36 temas da compilação e os 10 temas ao vivo.


Viento Divino, o novo álbum dos espanhóis Zarpa, tem lançamento a 17 de maio pela Pure Steel Records. A veterana banda de Valência tem rockado um pouco por toda a Península Ibérica desde os anos 70 e, ao fim de 40 anos, continuam a debitar o seu heavy metal tradicional com letras em castelhano com a mesma energia de sempre. Alguns dias depois sai Levels Of Perception da banda de US-metal Sleeplord, que assim se estreiam num disco que combina o metal clássico com elementos thrash metal.


O novo álbum dos Nitrogods chama-se Rebel Dayz e terá edição a cargo da Massacre Records a 21 de junho. O álbum foi misturado por Achim Köhler nos Indiscret Audio e estará disponível em CD e vinil. A tour de apoio a este Rebel Dayz verá os Nitrogods acompanhados pelos escandinavos Psychopunch e os suíços Maxxwell.



Tsunamiz, o alter-ego de Bruno Sobral, músico e produtor português de rock eletrónico anunciou recentemente nas redes sociais o nome e a data de lançamento do seu terceiro álbum de originais. New Birth Guerrilla foi o nome escolhido pelo artista e o mesmo será lançado digitalmente dia 1 de maio em todo o mundo. O músico comunicou também que este novo trabalho “... irá conter as minhas infuências musicais mais extremas, que vão desde o grunge ao hardcore, do electro ao hip-hop e da música cigana ao kuduro...”. A produção do novo álbum estará a cargo do próprio Tsunamiz como já aconteceu nos trabalhos anteriores. O lançamento do primeiro single e vídeo a ser retirado de New Birth Guerrilla será anunciado brevemente pelo artista.


Depois de terem apresentado John Andrews e Katrin Wettin como colaboradores no seu próximo álbum Born Again, Rui T & The Road Band anunciou mais outra colaboração de peso – o multipremiado guitarrista, vocalista e compositor inglês Trevor Sewell participará no tema Longe. Sewell trabalhou na maioria dos principais estúdios de Londres, incluindo o lendário Abbey Road e com diversos artistas e produtores de discos de renome mundial, como Peter Collins (Rush, Gary Moore) e Stuart Epps (Led Zeppelin, Elton John e Bill Wyman). Forneceu música e design de som para alguns dos maiores stands de exposição do mundo para clientes como a Sony (Earls Court), a Digital Computers (Cannes) e a N.Tecomecom (Canadá). Também trabalhou com várias editoras como a E.M.I, Safari, Neat e New Millenium, e compôs inúmeras peças para TV, incluindo muitas campanhas de publicidade de sucesso, música para documentários e discos.  


Notícias da semana – 16 de março de 2019



Foi anunciada a data de 3 de maio para o lançamento do álbum Evil Within dos US metallers Ruthless. Quanto aos Ritual, já está disponível, nos formatos CD e digital, o seu mais recente trabalho, Trials Of Torment. O mesmo acontece com Man Or Machine, o mais recente disco dos Wretch, que já está disponível, nos formatos CD e vinil. Todos estes lançamentos trazem o selo da Pure Steel Records. No que diz respeito à Pure Rock Records, fica a informação que começaram os pre-orders para os novos álbuns dos Starquake, Time Space Matter e Black Alice, Endangered Species/Sons Of Steel. A data oficial de lançamento é a 29 de março para ambos os títulos.


A Esoteric Recordings lança, em edição remasterizada, os títulos A Song For All Seasons, Ashes Are Burning e Prologue, dos Renaissance. Também disponível está o último lançamento da banda, A Symphonic Journey. Os restantes títulos Carnegie Hall, Scherezade e Novella, serão, também, alvo de uma reedição proximamente.


A estreia dos Everfrost deu-se com o álbum Blue Eyed Emotion que permitiu aos finlandeses estarem bastante ativos em termos de palco. O novo álbum chama-se Winterider e tem lançamento agendado para este verão pela Rockshots Records. Winterider traz um conjunto de 10 temas onde a melodia é levada ao extremo e onde se conta com algumas novidades – a primeira balada, o tema mais rápido até à data e um épico com 10 minutos.


Os Zaum são uma banda doom com base introspetiva e meditativa. Os temas crescem com instrumentos como sitara, sopros e texturas sintetizadas. Oriundos do Canadá o seu doom é sempre visto numa perspetiva natural. O novo álbum deste estranho coletivo chama-se Divination e aborda, numa forma conceptual, a escuridão transmundana da antiga Burma. A edição é da Listenable Records a 26 de abril na Europa e a 10 de maio na América do Norte.


Os nacionais Inwater acabam de lançar o single My Tragedy incluído no álbum de estreia Wet Dreams. Paisagens sónicas e rock alternativo bombástico assente nos anos 70 é o que a banda lisboeta nos propõe, numa produção a cargo de Miguel Moreira e Rui Duarte. Previsto está já um segundo single, Plain Heart, com a participação de Caroletta The Girl From Chiado.


Os Sinezamia formaram-se em 2004 em Mantova (Itália), assentando as suas influências no dark wave, new wave e música rock italiana dos anos 80. O primeiro lançamento surgiu em 2007, Fronde e em 2009 Mick Mercer, um jornalista inglês inclui os Sinezamia no seu livro Music To Die For. 2019 vê a banda chegar à Sliptrick Records para lançar Fingere no próximo ano.


Ópera Spectacular convida o Fado e faz homenagem a Montserrat Caballé com a convidada especial Elisabete Matos. Este é, de facto, um grande espetáculo do canto lírico, uma grande festa da música clássica e da ópera, que depois do sucesso obtido em 2018 volta aos Coliseus de Lisboa e Porto, desta vez com novas surpresas. Um convite ao Fado com a presença distinta de Katia Guerreiro, que se irá juntar aos cantores de ópera para um desafio único, e uma surpreendente homenagem à emblemática cantora Montserrat Caballé com a mais brilhante e condecorada cantora lírica Portuguesa, Elisabete Matos.


Em silêncio desde 2012, na altura com o lançamento de Dark Rising pela Massacre Records, a banda lisboeta EnChanTya assinou pela finlandesa Inverse Records para o lançamento do seu próximo trabalho. On Light And Warth tem data agendada de lançamento para 24 de maio, sendo que um teaser já foi disponibilizado no facebook da banda. 



O coletivo internacional Sontaag, responsável pelo lançamento, em 2014, do ambicioso álbum de estreia baseado numa opera rock, está de regresso e ontem apresentou uma interpretação contemporânea do icónico Silver Machine dos Hawkwind, originalmente lançado em 1972. Nesta aventura participam Richard Sontaag (guitarras e teclados), Ian Fortman (vocais e guitarras), Youth (baixo), Dave Barbarossa (bateria) e o ex-Hawkwind Nik Turner (saxofone). Silver Machine está disponível numa edição da Cleopatra Records.




Notícias da semana – 09 de março de 2019



Esta é a história de um regresso há muito aguardado. Depois de terem estado ativos durante os anos 90, os suíços Rattlesnake regressaram há uns anos, mantendo a sua veia hardrockeira ao estilo AC/DC, Slash, Motörhead ou Ted Nugent. Agora está disponível o EP Rock You All nos formatos CD e digital. 


Os Black Horizon, banda francesa de heavy metal, assinaram com a Pure Steel Publishing. Entre 2000 e 2010, a banda lançou duas demos, um EP e o álbum de estreia The Choice. Desde essa altura que têm estado em silêncio – um silêncio que será agora quebrado com o novo disco Dark Light previsto para maio. Pela Iron Shield Records sai, a 26 de abril, o novo disco dos Metall intitulado Metal Fire. A banda alemã transporta a curiosidade de se chamar inicialmente Metall, ter mudado para Headless em 1988 e ter voltado ao antigo nome em 2013. Quanto aos mexicanos Steel Night, lançam, no mesmo dia e pela mesma editora, Fight Till The End.


Este ano, uma das editoras mais icónicas no mundo, a Decca Records, celebra 90 anos. Desde o seu nascimento, a 29 de fevereiro de 1929, que a Decca cresceu de uma empresa britânica próspera para uma potência internacional de pleno direito, rapidamente conquistando o título de The Supreme Record Company - uma afirmação que é ainda mais forte do que nunca, 90 anos depois. A Decca já foi a casa de inúmeros músicos lendários, de Luciano Pavarotti a David Bowie, passando por Dame Vera Lynn, Bing Crosby, Tom Jones, Billie Holiday, The Rolling Stones e Matovani. Atualmente é uma plataforma para uma nova geração de artistas ambiciosos – nomes como Andrea Bocelli, Sheku Kanneh-Mason e Gregory Porter continuam a representar o legado cultural da editora. Ao longo de 2019, a Decca vai celebrar as suas nove décadas de excelência, assinalando a ocasião com diversos lançamentos.


Nuno Gama (designer de moda) e Hélder Bruno (compositor, pianista e musicólogo) conceberam um momento performativo (happening) para a apresentação da nova coleção do estilista na 52.ª edição da Moda Lisboa. A coleção outono/inverno 19/20 de Nuno Gama - Mutantes - será assim apresentada ao som da música de Hélder Bruno, que apresentará a ante-estreia do seu próximo álbum - Sob um Céu de Água. Mais do que um desfile, Nuno Gama e Hélder Bruno prepararam um verdadeiro espetáculo em que moda e música constroem uma única narrativa. Hélder Bruno, para além da composição e da direção musical, estará também ao piano e será acompanhado na eletrónica e nos sintetizadores por JP Vinagre (Mercadoria) e contará ainda com as participações pontuais de João Morais (O Gajo), Vasco Casais (OMIRI) e Nuno Guerreiro (Ala dos Namorados).


Um pulso lento e levemente errático agita-se por baixo da voz de Tellavision à medida que ela canta - evocando os medos que nos paralisam, os medos que nos inspiram. Campos magnéticos estalam ao longo de uma batida pontiaguda, mas pouco iluminada em Add Land, o novo álbum, já o quarto. E que se revela um rigoroso exercício de redução musical, atingindo novos níveis de complexidade e virtuosismo que prova ser mais quente e mais tocante do que nunca. Tellavision nunca soou tão imediata, tão confiante, tão no momento. Este é seu melhor álbum até à data.


El Cine é o álbum que Rita Joana se prepara para lançar a 5 de abril. O primeiro single é La Noche de Tu Partida, uma canção de Oswaldo Oropeza Pena, cantor e compositor venezuelano, conhecido em toda a América Latina.





Apresentam-se como tendo um álbum de estreia descomprometido e que explora a psíque colectiva com base nas influências diversas dos seus membros. Falamos dos Exit North – Steven Jansen (co-fundador dos Japan), Thomas Feiner, Ulf Jansson e Charlie Storm - que lançam Book Of Romance And Love, após quatro anos de trabalho colaborativo. Este disco estará disponível a partir de 12 de abril.


Os veteranos thrash metallers italianos Extrema lançam o seu sétimo álbum Headbanging Forever a 10 de maio via Rockshots Records/Universal Music. O primeiro single deste poderoso e bem balanceado conjunto de 10 temas chama-se For The Loved And The Lost. Headbanging Forever foi produzido por Tommy Massara e Gabriel Ravaglia.  


Os Anifernyen são Daniel Lucas (Painted Black), na voz, Luís Ferreira e Diogo Malheiro, nas guitarras, Ricardo Vieira (Buried Alive), no baixo e Hugo Almeida  (Metalpoint, AntiVoid, Inthyflesh, Unfleshed, ex-Lux Ferre, etc.), na bateria. A banda apresentou a capa e título de Augur, aquele que será o seu primeiro álbum com lançamento programado para a primeira metade deste ano. A arte foi desenvolvida pelos fantásticos Credo Quia Absurdum. O álbum, de 11 faixas, está neste momento a ser misturado e masterizado pelo mestre Miguel Tereso (Demigod Recordings).


Stay Away | Stay With Me é o nome do single retirado do álbum Born Again de Rui T & The Road Band. O single teve lançamento a 22 de fevereiro e pode ser escutado aqui. O álbum tem lançamento agendado para o segundo trimestre deste ano e depois do anúncio da colaboração de John Andrews, a banda vila-condense anunciou mais uma parceria de peso - Katrin Wettin. A violinista alemã, considerada uma das melhores do mundo, vai participar no tema Angel In The Sky que conta também com a orquestração do alemão Jörg Kadner.




Notícias da semana – 02 de março de 2019



Depois de 4 anos na estrada a promover o homónimo disco de estreia, os Artigo 21 regressam aos discos com Ilusão, o segundo longa duração da banda punk-rock de Lisboa. Gravado e produzido por Miguel Marques nos Generator Studios e masterizado por Rui Dias (Xutos & Pontapés, GNR, Jorge Palma, UHF), Ilusão é o resultado final de um trabalho continuado da banda e promete surpreender. A festa de lançamento acontece hoje, no RCA CLUB, em Alvalade, com os convidados Suspeitos do Costume e To All My Friends na primeira parte.


Unbreakable é o nome do novo trabalhos dos galardoados rockers New Years Day e tem lançamento para 26 de abril via Century Media Records e Red Music (nos EUA). O primeiro single será Shut Up. Unbreakable é o quarto álbum dos americanos e tem produção de Mitchell Marlow (All That Remains, In This Moment, Butcher Babies) e Scott Stevens (American Authors, Halestorm, Shinedown).


When Heroes Fall dos US metallers Attika foi lançado, pela primeira vez, em 1991 em formato cassette e CD. Agora, em 2019, é tempo de proceder à sua reedição. Quem o faz é a Pure Steel Records, a 26 de abril, com a remasterização a cargo de Robert Romagna, num disco que traz Silent Rage como faixa bónus.


Das Erbe Der Welt é o novo disco dos suíços Deep Sun e marca a sua estreia para a Massacre Records. O álbum tem lançamento a 26 de abril e conterá 12 canções variadas, muita melodia e bastantes surpresas. A mistura e masterização estiveram sob responsabilidade de Markus Teske e o artwork pertence a Stefan Heilemann. A meados deste mês será publicado o primeiro single de avanço.


Depois de um hiato de mais de trinta anos, o projeto Utopia de Todd Rundgren, sobe ao palco do Chicago Theatre com a promessa de oferecer aos fãs uma experiência inolvidável. Formados nos anos 70, os Utopia marcaram uma época com a sua música envolta num prog rock/pop original e altamente artístico. Live At The Chicago Theatre é uma bela colecção de 4 discos – dois CD’s, um DVD e um Blu-Ray. O lançamento acontece a 5 de abril.


Os chilenos Lefutray, banda de groove/thrash metal, anunciaram a data de 24 de maio para o lançamento de Human Delusions. Este lançamento está a cargo da Massacre Records e podem esperar 9 temas crus e carregados de agressão e intensidade, capazes de refletir, na perfeição, a realidade asfixiante e esquizofrénica da América Latina. Human Delusions foi misturado e masterizado pelo guitarrista Cristian Olivares nos AudioCustom Studio. A capa esteve a cargo de Costin Chioreanu | twilight13media design.


O videoclipe de Break, Break, Break dos The Bookkeepers, banda de rock poético de Santa Maria da Feira, realizado por André Almeida Rodrigues e protagonizado pela Comunidade Piscatória de Angeiras, em Lavra, Matosinhos, foi premiado como Melhor Videoclipe do FestMedallo – Festival Internacional de Cine de Medellín, que decorreu entre os dias 14 e 17 em Medellín, Colômbia. Esta é a segunda participação em festivais e é o segundo prémio de melhor videoclipe que conquista depois de ter sido distinguido como Melhor Videoclipe de janeiro no 12 Months Film Festival, na Roménia. 



Depois dos álbuns Fado Promessa (2012) e Ser Fado (2016), Telmo Pires prepara-se para editar um novo trabalho discográfico no Outono. Um disco que tem como single de apresentação Era Uma Vez, um tema inteiramente escrito pelo fadista (letra e música) e inspirado nos fados tradicionais, onde reflete, de forma atual, lúcida e satírica, sobre esta "nova Lisboa" invadida pelo Turismo, em que habita Madonna e se compram souvenirs n'A Vida Portuguesa. Com uma interpretação vocal portentosa Era Uma Vez foi lançado digitalmente dia 22 de fevereiro e será apresentado ao vivo no Museu do Fado, em Lisboa, dia 8 de março, às 21h00.