News

Notícias da semana – 21 de setembro de 2019


Os Soul Of Steel nasceram em 2007, como um projeto de power metal, criado pelo guitarrista Donato Raguso e pelo baterista Lorenzo Chiafele. Depois de alguns álbuns e algumas mudanças de formação, 2019 vê um coletivo completamente renovado assinar pela Revalve Records para lançar um novo álbum intitulado Rebirth.


Foi há 50 anos, no dia 8 de agosto de 1969, que a banda mais célebre do mundo saiu dos EMI Recording Studios, em Londres, para caminhar, em fila única, pelas faixas a preto e branco da passadeira mais próxima de Abbey Road. Com o fotógrafo Iain MacMillan equilibrado numa escada e um polícia a parar o trânsito da rua, os Beatles cruzaram por três vezes a passadeira, liderados por John Lennon, seguidos por Ringo StarrPaul McCartney e George Harrison. Foram tiradas apenas seis fotos, tendo a quinta sido a escolhida para a capa do penúltimo álbum dos The Beatles, Abbey Road. Em 2019, os The Beatles celebram o aniversário desse disco com uma série de reedições que chegarão às lojas físicas e digitais a 27 de setembro.


A editora italiana Rockshots Records anunciou que assinou com os finlandeses Metal De Facto para o lançamento da sua estreia Imperium Romanum no final deste ano. Independentemente do estranho nome da banda, Imperium Romanum, como é perceptível, lida com cultura histórica e mitologia que surge incorporada num power metal feito por fãs e para fãs.


A Madfish apresenta a mais recente caixa dos Gentle Giant. Com 12 álbuns lançados entre 1970 e 1980, os Gentle Giant foram um dos mais sonantes nomes do prog rock mundial. Com esta caixa o número de disco sobe com a adição de 15 álbuns ao vivo, sete dos quais nunca antes lançados. No total são 30 discos que incluem dois live/outtake e um disco Blu-Ray. Um teaser deste lançamento pode ser visto aqui


Vinnie Moore prepara-se para lançar o successor do aclamado Aerial Visions de 2015. O novo álbum do virtuoso guitarrista terá como título Soul Shifter, será o seu nono álbum a solo e tem lançamento a 8 de outubro através da sua editora, a Mind’s Eye Music. Em Soul Shifter participam Rudy Sarzo, Jordan Rudess, Richie Monica, Michael Bean, John Cassidy e John Pessoni.


Já há data para o lançamento do novo álbum dos Conjuring Fate, intitulado Curse Of The Fallen. O álbum tem lançamento pela Pure Steel Records a 15 de novembro. Curse Of The Fallen é o sucessor da estreia House Of The Hauted Hill (2014) e de Valley Of Shadows (2016), mantendo a sua fórmula de NWOBHM inspirado por Maiden e Saxon. Pela Iron Shiled sai, a 25 de outubro, outra obra de NWOBHM – o novo álbum dos Midnight Force Gododdin, um disco onde a banda apresenta a sua visão da evolução que o metal deve seguir. Os Ritual Steel têm pronto o single retirado de V. Chama-se The Evil Elite e pode ser escutado aqui


A banda de metal alternativo I Giardini di Chernobyl está de regresso a 11 de outubro, via Revalve Records, com um novo álbum intitulado Duel. A banda nasceu em 2014 tendo-se estreado com Cell Zero para a Zeta Factory. Este é um disco para os aficionados de nomes como Deftones, My Bloody Valentine ou Limp Bizkit.


A Perfect World é o título da mais recente obra-prima dos power metallers Kingcrown. Depois de uma auspiciosa estreia, na forma de Resilience, ainda com o nome de Öblivion, os franceses mudaram o nome e assinam uma obra fundamental de metal neo-clássico que conta com a mistura e masterização de Roland Grapow. A Perfect World tem lançamento mundial pela Rock Of Angels Records a 1 de novembro.


Gravado em 1969, In The Court Of The Crimson King, dos King Crimson, permanence como um dos icónicos álbuns do prog rock britânico e internacional e uma das mais fantásticas estreias da história da música. 50 anos após é promovida uma reedição especial de aniversário que contém um Blu-Ray e 3 CD’s com versões alternativas.


O vocalista Jeff Fenholt, conhecido pelo seu trabalho no musical original Jesus Cristo Superstar e por uma breve (e confusa) passagem pelos Black Sabbath, morreu, na passada semana, aos 68 anos. A informação foi confirmada pelo filho do cantor, Tristan Fenholt, no Facebook. Quem também faleceu foi Ric Ocasek, com 75 anos de idade. O músico ficou conhecido pelos The Cars, mas teve passagens, quer como músico, quer como produtor, pelos Weezer, Bad Brains e Bad Religion. O mais recente falecimento foi o do primeiro guitarrista dos Motörhead, Larry Wallis, que tinha 70 anos. Wallis tocou no disco On Parole, gravado em 1975, mas que seria lançado apenas alguns anos depois, sendo inscrito como o quarto álbum da banda de Lemmy.





Notícias da semana – 14 de setembro de 2019


O projeto a solo de Hugo Oliveira, vocalista da banda algarvia badweather, acaba de partilhar o seu novo single acompanhado de um videoclip, de tom descontraído e cómico, a igualar a música. Virginia é o segundo tema que apresenta do seu primeiro EP Bitter, que tem lançamento previsto para outubro deste ano. Closure foi o primeiro single e já se pode ouvir em todas as plataformas digitais. Este projeto foi completamente gravado e produzido pelo mesmo, com o produtor e guitarrista Alberto Hernández na mistura e master. Slick é o nome desta abordagem a solo às composições de Hugo Oliveira, que sob este nome conta com uma vibe mais crua e experimental, semelhante, mas distinta dos trabalhos da banda.


Depois do seu concerto no festival de Glastonbury ter sido considerado um dos momentos mais icónicos do verão, durante o qual anunciou em palco que estava a trabalhar num novo disco, Jeff Goldblum revela agora os detalhes do álbum que fará os ouvintes sorrir ainda mais do que com o primeiro. Com a sua banda de longa data The Mildred Snitzer Orchestra, o álbum, intitulado I Shouldn’t Be Telling You This, será lançado a 1 de novembro pela Decca Records e conta com um número impressionante de convidados: Anna Calvi, Sharon Van Etten, Fiona Apple, Inara George e Gina Saputo. Além dos temas cantados, o disco inclui ainda instrumentais como Driftin de Herbie Hancock e The Cat de Lalo Schifrin, que mostram os dotes jazzísticos da banda. Gravado em Hollywood, nos Henson Recording Studios (casa de discos de Herb Alpert, John Lennon, The Carpenters, Joni Mitchell e Carole King), com I Shouldn’t Be Telling You ThisJeff Goldblum e a The Mildred Snitzer Orchestra dão-nos o swing como já ninguém o faz.


Joey Molland, dos Badfinger, está atualmente em estúdio a trabalhar no seu novo disco. Com o produtor Mark Hudson e com o engenheiro Mario J. McNulty a bordo, Molland promete um conjunto de canções muito sólidas e catchy. Os fãs podem, também, fazer parte deste projeto especial, através da campanha que o músico iniciou esta semana no Kickstarter. Fica, ainda, a informação que serão diversos os convidados de peso a participar neste disco.


Com dois álbuns na bagagem, Lykantropi (2017) e Spiritousa (2019), os Lykantropi acabam de assinar pela Despotz Records. Como resultado imediato, a editora sueca lançará os dois álbuns num único pacote em edição especial em CD e vinil, com temas bónus. Os Lykantropi são uma banda de rock/folk/70’s da Suécia, inspirada por nomes como Jethro Tull, Graveyard e Blue Öyster Cult.


A cantora e multi-instrumentista australiana Bethany Neville assinou esta semana pela Sliptrick Records. A artista de alternative/electric/pop/indie/rock começou a criar música aos 17 anos, tendo-se estreado com o EP The Promise. Agora, com quatro álbuns na bagagem (The Devil’s Daughter, Paranoid Heart, Anomaly e Escapism, Escapism), prepara-se para lançar o seu novo projeto Pandemonium pela editora italiana.


Ao contrário de muitas bandas que se dizem únicas e que evoluem o seu som para novos níveis, os The Elephant, são mesmo assim! O trio italiano de blues e stoner rock assinou com a Karma Conspiracy e tem o seu primeiro álbum homónimo nas ruas a 25 de outubro. Esperem ouvir baixos distorcidos e ritmos obsessivos assentes nas raízes do blues, associados a atmosferas psicadélicas.


Adrian Benegas, compositor e teclista paraguaio, mais conhecido pelo seu trajeto nos Tragul e Abracadabra, começou, este ano e de forma individual, a produção do seu projeto mais ambicioso. Este conta com as participações de Ralf Scheepers (Primal Fear), Herbie Langhans (Avantasia), Henning Basse (Firewind), Zuberoa Aznarez (Diabulus in Musica, Tragul), para além de um line-up sedeado no Paraguai que inclui Sebastian Ramirez (bateria) e Diego Bogarín (guitarras e baixo). O título do álbum é The Revenant.


Depois dos Battlelore entrarem num hiato, Tomi Mykkänen e Henkka Vahvanen formaram, em 2012, os Lowburn, um projeto de heavy fuzz rock e doom fusion. Os finlandeses, veteranos músicos, trabalharam duramente naquele que é o seu primeiro longa-duração que verá a luz do dia a 25 de outubro via Argonauta Records. Com o título Phantasma, oito temas de fuzz, hard rock e psicadelismo criam uma viagem até diversas paisagens sonoras. O primeiro single, Cloud Valley, já foi disponibilizado.


No último ano, Fabian Schwarz, guitarrista dos The New Black, saiu da sua zona de conforto, criando o projeto Who Brought The Dog. Conscientemente manteve as raízes metal isoladas, enquanto experimentava novas sonoridades no indie, blues, alternative, funk, jazz, punk e até pop. Depois do álbum homónimo de 2018, No World Order é o seu novo disco e tem lançamento a 4 de outubro via MDD. São 10 faixas que mostram as diversas facetas musicais de Schwarz.



A lendária banda rock Angel lança a 4 de outubro o seu novo álbum intitulado Risen, numa edição a cargo da Cleopatra Records. São 17 (!!) faixas sólidas, 15 delas originais, escritas pelos membros Punky Meadows e Frank Dimino juntamente com o novo elemento, Danny Farrow aos quais se adiciona um remake do clássico Tower. Heavy e melódico, os Angel prometem um disco que todos os fãs da banda, de todas as eras, irão gostar.




Notícias da semana – 07 de setembro de 2019



A Pure Steel Records anunciou a data de 25 de outubro para o lançamento do álbum V dos germânicos Ritual Steel, álbum este que surge seis após após o seu último trabalho. A capa está a cargo de Augusto Peixoto. No mesmo dia sai a edição limitada a 300 cópias em vinil do álbum Frevel dos Mayfair, banda austríaca de avantgard rock. Export Of Hell é o primeiro single retirado do álbum com o mesmo nome, dos No Bros, já disponível pela Pure Steel Records, através do The Orchard.


O lendário guitarrista Steve Hackett lança Genesis Revisited Band & Orchestra: Live a 25 de outubro via InsideOut Music. O álbum será composto por uma versão duplo CD + Blu Ray em formato digipack, na versão duplo CD + DVD Multibox ou na versão duplo CD + Blu Ray + DVD, esta última apenas para o mercado norte americano. O álbum foi gravado a 5 de outubro de 2018 no The Royal Festival Hall, em Londres, durante a Genesis Revisited Tour, culminando assim, uma ambição de longa data de Steve Hackett que era tocar as músicas dos Genesis com orquestra.


Os Vircator anunciaram o seu regresso com o terceiro álbum Arcano. O disco dos rockers experimentais nacionais sai a 4 de outubro via Raging Planet Records e marca um passo em frente na experimental dimensão dramática conferida aos instrumentos, representando uma procura continua de novas sonoridades, emoções e texturas. Calmo e barulhento, complexo e simples, feio e bonito traduz o balanço desta poderosa e emocional viagem.


A estreia dos britânicos Ashborn está agendada para 28 de setembro e tem como título Awakening. Os Ashborn formaram-se em 2017 com músicos experientes em bandas como Ghost, Grin e Dierevers




Jogo Sujo é o mais recente trabalho de Meu General aka Gilberto Pinto. Depois de Primeiras Impressões (em 2013) e Vinte ao Vivo (em 2018)Jogo Sujo traz de volta o Punk Rock em Português com a marca General. Um disco cheio de atitude e eletricidade do primeiro ao último minuto. Como um Cego (Sem Ver) é o terceiro single de promoção, sucedendo a Dente por Dente Diz. Meu General continua a apostar nas referências do melhor que se faz no Rock nacional e internacional. De Xutos & Pontapés a Guns N’ Roses passando pelos incontornáveis Foo Fighters até mesmo Motorhead, Jogo Sujo não abranda e tem tudo para ganhar uma dimensão maior ao vivo. Com o selo Frankenstein Records, Jogo Sujo veio para ficar…


Gajo, que tem vindo a apresentar As 4 Estações d'O Gajo ao longo deste ano em Portugal, estreia-se nas edições internacionais no próximo dia 13 de setembro com Lisbon Express, que no formato físico é editado exclusivamente na Alemanha e no digital em todo o mundo, exceto Portugal. Lisbon Express, formato físico, é uma edição especial para o mercado alemão que compila canções dos 2 primeiros EPs da coleção As 4 Estações d'O Gajo - Rossio e Santa Apolónia - e contém mais 2 temas originais. Esta edição é apresentada ao vivo, pela primeira vez, num concerto integrado no Reeperbahn Festival a 19 de setembro pelas 20H00 (horário de Hamburgo) na Nochtwache. Até ao final de 2019 o Gajo apresentará ainda os EPs Cais do Sodré e Alcântara-Terra.


A 15 de novembro os Bombus lançam o seu mais vital disco até à data: Vulture Culture! Barulhento, orgulhoso, bombástico e beligerante, a banda sueca tem mantido a sua postura ao longo de uma década. Uma força consistente de riffs massivos e coros ainda mais grandiosos. O álbum foi gravado por Daniel Johansson e misturado/masterizado pelo guru Jens Bogren.  Vulture Culture prova claramente que os Bombus são a banda que o mundo mais precisa nos dias de hoje… apenas rock ‘n’ roll com hinos memoráveis, máxima paixão e esplendoroso.


A editora Argonauta Records celebra o seu sétimo aniversário com a assinatura do nome mais prestigiado do seu rooster: Mitochondrial Sun, o projeto a solo de Niklas Sundin dos Dark Tranquillity. A estreia deste projeto acontecerá no início de 2020. Musicalmente falando, o álbum dos Mitochondrial Sun é largamente instrumental e contém desde atmosferas tribais à Dead Can Dance até paisagens futurísticas. Como convidados surgem Martin Brändström (também dos Dark Tranquillity) e a famosa violoncelista Annika Blomfeldt. O álbum foi misturado e masterizado por Anders Lagerfors (que também toca piano de cauda em algumas faixas). 


Preparem-se para mais uma boa dose de punk rock 'n' roll porque os Psychopunch lançam o seu novo álbum, Greetings From Suckerville, a 18 de outubro, pela Massacre Records! Este álbum estará disponível nos formatos, CD digipack, edição limitada em vinil, download e stream. Greetings From Suckerville foi misturado por Pelle Saether nos Studio Underground e masterizado por Daniel Beckman no Mighty Magic Media AB. O primeiro single, Shut Your Fucking Mouth, será lançado em meados deste mês.



O segundo álbum dos norguegueses Meltdown, Deadringer, tem lançamento agendado para 25 de outubro, via Rambo Music/Fifth Island Music AB/Sony Entertainment AB. O disco tem capa criada por Mike D’Antonio (Kisllswitch Engage) e foi misturado e masterizado por Fredrik Nordström no Studio Fredman. O single de avanço, Walls Down, será langado, de form digital, a 27 de setembro. 




Notícias da semana – 31 de agosto de 2019



Criado pelo vocalista Esa Englund (Moridafe e $ilverdollar), surgem os Prime Creation que preparam um novo álbum, Tears Of Rage, com lançamento previsto para 27 de setembro. Juntando um conjunto de nomes experientes e liderados pela qualidade da voz de Esa, podem esperar um disco com metal poderoso e melódico e apontamentos eletrónicos, sinfónicos e ambientais, que encontra paralelo em nomes como Masterplan ou Evergrey.


Os heavy rockers australianos Lamassu lançam a sua estreia intitulada Into The Empty a 2 de setembro, de forma independente. Os Lamassu são uma banda que junta membros dos Motherslug, Field, Borrachero e Olmeg, todos relevantes nomes da cena stoner/doom de Melbourne. Antes de Into The Empty, os Lamassu lançaram o single Under The Watch Of A Crow que fez parte da compilação Doomed & Stoned Australia.


Emotions é o título do próximo álbum dos veteranos finlandeses Excalion. O quinto álbum dos finlandeses sucede ao aclamado Dream Alive e é uma obra-prima que leva o ouvinte numa viagem através do ódio, da confiança, do perdão e alegria, mostrando uns Excalion a ultrapassar barreiras com um metal vibrante, melódico e agressivo. A edição está a cargo da Scarlet Records.


Gather Darkness, o novo álbum dos Assassin’s Blade tem lançamento pela Pure Steel Records a 18 de outubro. Os vocais estão entregues ao lendário vocalista dos Exciter, Jacques Bélanger, na sua segunda participação com o coletivo sueco. Gather Darkness surge três anos após a estreia Agents Of Mystification. Já o novo álbum dos Millennium, com capa de Augusto Peixoto, A New World tem lanaçamento, pela mesma editora, sai a 25 de outubro.


O projeto North Of South, coletivo de metal progressivo oriundo de Espanha, anunciou que assinou pela WormHoleDeath Records para o lançamento do EP The Dogma And The Outsider, em data a nunciar. O single de avanço já está disponível e é Embers Remain, que conta com a colaboração de Kobi Farhi numa faixa que mistura na perfeição as diferentes abordagens da música dos espanhóis: hispânica, melódica e extrema.


Os nacionais Blame Zeus acabam de assinar pela Rockshots Records para o lançamento do seu terceiro álbum. Intitulado Seethe, o regresso da banda nortenha, está agendado para o dia 8 de novembro. De acordo com a vocalista Sandra Oliveira, Seethe, sucessor de Identity (2014) e Theory Of Perception (2017), poderá ser considerado como um álbum conceptual.


Charles Sangnoir está de regresso aos discos com On Fire. O álbum sai na próxima semana e o músico está a preparar uma festa de lançamento que acontecerá no Sabotage Club a 5 de setembro, onde tocará o álbum na íntegra e contará com a participação do dj Nuno Calado. On Fire é primeiro disco de Sangnoir totalmente composto em França e traz um conjunto de temas orientados para o blues-driven rock ‘n’ roll.


Orindos da contemplativa provincia de Mjölby, na Sweden, a sua música é o perfeito contraste. Falamos dos Ocean Chief, banda de psychedelic doom que assinou pela Argonauta Records para o lançamento do seu sexto álbum no início de 2020. Os Ocean Chief nasceram em 2001 pelas mãos de Björn Andersson e Tobias Larsson, sendo que o seu último álbum, Universums Härd, foi lançado há cinco anos.



O coletivo belga com o estranho nome de Cathubodua prevê lançar a sua estreia Continuum a 25 de outubro. A edição de mais uma obra de metal sinfónico fica a cargo da Massacre Records. Continuum é um disco conceptual que conta com os seguintes convidados: Adam Denlinger (MaYaN), Simon Duson (Carnation), Treacherous Maze, Jelle Van Loo (Innervate) e Sabrina Gelin (Ithilien, La Maisnie Hellequin).




Notícias da semana – 24 de agosto de 2019


Sai a 25 de outubro o novo álbum dos Velvet Viper, The Pale Man Is Holding A Broken Heart, numa edição com o selo Massacre Records. Este é o quarto álbum de estúdio da banda de epic power metal liderada por Jutta Weinhold e Holger Marx. A produção, mistura e masterização estiveram a cargo de Tommy Newton nos Area 51 Studios.


Depois de mais de uma década na estrada com os Skarhead e/ou Danny Diablo, Ceekay decidiu deixar a cena hardcore e procura agora explorar diferentes estilos. Assim surgem os Dead | Love, numa linha mais orientada para o punk, mas sem esquecer totalmente o hardcore. O primeiro EP chama-se The Hunger Builds e tem lançamento pela Sliptrick Records a 27 de setembro.


A New World é o novo álbum dos Millennium e tem data de lançamento agendada para 25 de outubro através do selo Pure Steel Records. A New World é o terceiro da banda britânica de NWOBHM em 35 anos de carreira e sucede a Awakening, o álbum de 2017 que marcou a explosiva reunião. Destaque para a capa deste disco, obra de Augusto Peixoto.


Agora, como em 1969, as performances ao vivo são a chave da reputação dos King Crimson. O atual line-up da banda, o mais longo da história de meio século de existência, começou a andar em tour em 2014 e ainda não parou! Por isso surge este novo lançamento intitulado Audio Diary 2014-2018. São, no total, cinco álbuns ao vivo cobrindo um vasto repertório e mais uma obra histórica para os imensos fãs da banda.


No início de 1964, ano em que gravou A Love SupremeColtrane foi abordado pelo cineasta canadiano Gilles Groulx. Groulx estava a planear o seu filme Le Chat Dans le Sac, uma história de amor que se passa em Montreal e que toma contornos políticos. Um grande fã de Coltrane, Groulx estava “obcecado” em ter Coltrane na banda sonora do seu filme. Groulx abordou Coltrane através do contrabaixista Jimmy Garrison e, surpreendentemente, Coltrane acedeu ao pedido. Entre as gravações de Crescent e de A Love Supreme, em junho de 1964, John Coltrane levou Jimmy Garrison, Elvin Jones e McCoy Tyner até aos Van Gelder Studios para fazer algo sem precedentes no mundo de Coltrane: revisitar e gravar as suas primeiras obras. Esta gravação nunca antes ouvida, Blue World, será lançada a 27 de setembro em CD, vinil e formato digital.


Para assinalar o 250.º aniversário do nascimento de Beethoven no próximo ano, a Deutsche Grammophon criou o mais completo conjunto das suas obras já lançadas. Beethoven - The New Complete Edition, com curadoria em parceria com a Beethoven-Haus Bonn, tem o seu lançamento marcado para o dia 8 de novembro de 2019. O principal projeto da Deutsche Grammophon para o ano de Beethoven inclui mais de 175 horas de música – completo com novas gravações em estreia mundial - em 118 CD’s, 3 discos Blu-ray audio e 2 DVD’s, além de 16 álbuns digitais a serem lançados ao mesmo tempo. Esta caixa apresenta interpretações lendárias do incomparável catálogo de Beethoven na DG, juntamente com uma série de tesouros reunidos em colaboração com a Decca e outras editoras.


Wardress é um coletivo de heavy metal tradicional na veia de Iron Maiden, Judas Priest ou Manowar que nasceu no ano de 1984, tendo-se separado, por questões pessoais, um ano depois. Em 2018 a banda decidiu regressar e apresenta este ano o seu primeiro longa-duração, Dress For War. O disco sai a 4 de outubro pela Fastball Music.


A Massacre Records anunciou a assinatura com o projeto Wolfpakk, um super-grupo liderado por Mark Sweeney (ex-Crystal Ball) e Michael Voss (Mad Max, Casanova). No total, 32 músicos contribuem para o novo álbum Nature Strikes Back que será lançado no final de janeiro. Entre eles estão Mikkey Dee (Motörhead, Scorpions), Ronnie Romero (Rainbow, CoreLeoni), Michael Sweet (Stryper), Carl Sentance (Nazareth), Jeff Waters (Annihilator), Vinnie Moore (UFO) ou Bruce Kulick (ex-Kiss).  Nature Strikes Back será o quinto álbum de estúdio da banda.



A banda de art-rock oriunda de Boston, Bent Knee, anunciou o lançamento do seu 5.º álbum de estúdio. Intitulado You Know What They Mean, este novo registo sai a 11 de outubro pela InsideOut Music e mais uma vez as barreiras estilísticas são completamente ultrapassadas, numa miríade de influências e dinâmicas, na sequência do que os seus três últimos álbuns já tinham apresentado.




Notícias da semana – 17 de agosto de 2019


O teclista dos lendários Uriah Heep, Phil Lanzon, lançou, no início deste mês, o seu novo álbum a solo, intitulado 48 Seconds, via Phil Lanzon Dittie/Cargo Records UK. Os dez temas desta nova proposta foram todos escritos por Lanzon, com produção e mistura de Simon Hanhart e coprodução do próprio teclista britânico. Destaque para a inclusão da London Telefilmonic Orchestra, num disco que varia dos temas instrumentais e orquestrais até ao hard rock.


Prophets From The Occultic Cosmos é o longa-duração de estreia dos finlandeses Excuse e tem edição em CD e vinil pela Shadow Kingdom Records. Os Excuse são uma das mais excitantes bandas da nova geração do metal finlandês, tendo-se estreado em 2016 com o EP Goddess Injustice. Prophets From The Occultic Cosmos é um majestoso disco de speed metal onde os seus seis temas nos remetem para as sonoridades clássicas dos Sacrifice ou Razor.


Os fãs de Hawkwind, Uriah Heep e todos os outros nomes associados ao synth-drenched deverão conhecer os Book Of Wyrms. O mais recente disco da banda da Virginia chama-se Remythologizer, teve edição este mês pela Twin Earth Records e promete transportar os ouvintes numa viagem pelo espaço sideral. O single de apresentação, Spirit Drifter está disponível para audição streaming no bandcamp.   


Numa edição limitada a 1500 cópias numeradas, Zëss é o novo álbum, aclamado pela critica, dos Magma. São 38 minutos de trabalho musical por Christian Vander. Composto em 1970, Zëss tem sido assombrado pela sua forma incompleta e as gravações arrastam-se há anos. Quatro décadas depois, o trabalho foi, finalmente, gravado numa versão orquestral que transmite um sentimento de poder transcendental e uma dimensão de sonho. Esta edição já está disponível para as pre-order, embora o seu lançamento só ocorra a 20 de setembro pela Seventh Records


Blackhearth é um projeto de heavy metal multifacetado que combina diferentes géneros como música ambiente e prog. Asier Larrea (bateria) e Alex Hernández (guitarras) têm sido a força motriz da banda, mas agora decidiram procurar músicos profissionais para ajudar o projeto a alcançar novos patamares. Com uma formação completa, os Blackhearth gravaram a sua estreia homónima que será lançada a 29 de outubro via Sliptrick Records. Neste álbum podem ser encontradas fortes influências do heavy metal clássico, bem como passagens acústicas e paisagens atmosféricas.


Conseguem pensar em grandes nomes oriundos de Nova Iorque? Anthrax, Joey Kramer (Aerosmith) e Ace Frehley (KISS), são alguns bons exemplos, mas agora podem adicionar mais um: Lost Legacy, banda que acaba de assinar pela Pure Steel Records. O coletivo que nasceu no Bronx em 1998 e andou recentemente em tour com os Metal Church, está a ultimar os pormenores de In The Name Of Freedom, com lançamento em data a anunciar.


Waingro é o nome de uma banda de rock ‘n’ roll oriunda do Canadá que acaba de lançar o álbum III, sugestivamente o seu terceiro disco, no Reino Unido em vinil e digitalmente em todo o mundo, através da Sludgelord Records. Adicionalmente, a edição em vinil para o Canadá, acontecerá a 13 de setembro via No List Records. Para este álbum, a banda teve três singles de avanço – Red Death, Bay Area Cult e Merrin.


Os metaleiros suecos Crystal Eyes voltaram a assinar pela Massacre Records, por onde lançarão o seu novo álbum previsto para dezembro. Com o título Starbourne Traveler, este novo registo estará disponível em CD, download, stream e numa edição limitada em vinil. Este que é o oitavo álbum da banda foi misturado e masterizado por Fredrik Nordström nos Studio Fredman. Simultaneamente, a editora alemã, disponibilizará os álbuns anteriores, Killer e Chained.


Inspirados pelos lendários nomes do metal, como Iron Maiden, Judas Priest, The Scorpions e Rush, os Iron Kingdom são bem conhecidos pela suas energéticas e eletrizantes presenças em palco, bem como pelas melodias musicais complexas. O regresso é agora feito com um line up renovado, novas inspirações e diferentes abordagens à composição num novo álbum intitulado On The Hunt, nas lojas a 4 de outubro.



A banda britânica de prog metal, Ark Ascent, onde se inclui o anterior vocalista dos Shadowkeep, Rogue Marechal, o atual baixista dos DGM, Andrea Arcangeli e o baterista dos Sirenia, Michael Brush, anunciou o lançamento do seu álbum de estreia. Os onze temas reunidos na forma de Downfall, têm lançamento pela Ascent Records a 27 de setembro, com mistura a cargo de Rich Hinks (AnnihilatorSilent CallAeon Zen, etc.) e masterização por  Rob Aubrey. (Spock's BeardPendragonDragonforce, etc.).




Notícias da semana – 10 de agosto de 2019



Louise Lemón está de volta aos discos com A Broken Heart Is An Open Heart, estabelecendo-se assim como a rainha do Death Gospel. Após um muito bem recebido Purge, Louise Lemón lançou A Broken Heart Is An Open Heart, de onde agora é retirado o segundo single Almond Milk. A Broken Heart Is An Open Heart é uma edição da Icons Creating Evil Arts.



Após No More Lies, os lendários In Cold Blood apresentaram mais um single de adiantamento para o seu novo álbum, Legion Of Angels. Slipping Into Senility é o nome do tema que Blaze Tishko, o guitarrista e vocalista da banda, descreve como uma canção altamente emocional. Legions Of Angels vai ser lançado no dia 23 de agosto via Fast Break! Records.


Pat Travers é um nome incontornável da cena blues a nível mundial e após 40 anos a fazer concertos pelo mundo lança-se a novas sonoridades para conquistar. Depois de em 2015 ter lançado o seu suberbo Retro Rocket, Pat Travers apresenta-nos um álbum único composto por clássicos das big band das décadas 40 e 50 do século passado. O álbum chama-se simplesmente Swing! e apresenta arranjos de nomes como Louis Prima, Duke Elington, Glen Miller e muitos mais. O álbum será lançado pela editora americana Cleopatra Records ainda este ano.


Daniele Liverani pode não ser um nome sonante para muita gente mas se se revelar que ele foi um dos membros dos Empty Tremor durante três álbuns tudo começará a fazer sentido. Em 2006, Daniele deixou os italianos para se de dedicar exclusivamente à sua carreira a solo e Viewpoint foi a sua estreia que, 20 anos passados é alvo de uma reedição pela Elevate Records. Viewpoint é um disco de progressive power metal muito orientado para as guitarras que teve a participação de músicas brilhantes como Joey Vera (Armored Saints, Fates Warning) ou Ricky Wolking (Jennifer Batten). Viewpoint foi o inicio de uma carreira que se viria a verificar cheia de sucessos em que Daniele dividiu estúdio com nomes como Lana Lane, Daniel Gildenlow, Russell Allen, Edu Falaschi, John Wetton entre muitos outros. Assim, Viewpoint está novamente disponivel para todos os fãs de Daniele Liverani desfrutarem dele.


Os The National Wrecking Company anunciaram que vão em breve lançar o seu primeiro álbum. Este novo álbum apresenta uma das gravações finais do guitarrista virtuoso Bernie Torme (Ian Gillan, Ozzy Osbourne) que faleceu este ano. Overture/Mechanized Confusion é o primeiro tema revelado do álbum da superbanda que apesar de ser constituída por membros dos The Lizards, Cactus, Humble Pie e The Plasmatics promete fazer um metal extremo capaz de abanar o currente estado político, religioso, de guerra e de ganância e tentando, ao mesmo tempo, homenagear Bernie Tormé, um supertalento musical.


A banda algarvia de rock alternativo Badweather está de regresso com um novo single. Stockholm, explora o universo do pop-rock e do indie, mostrando que a banda não se cinge a etiquetas e que está disposta a abordar várias sonoridades, sem procurar uma audiência específica. Este novo single é o segundo tema revelado do próximo álbum Highly Contagious que deverá sair já este mês. 


São 13 canções que vão desde a Pop à Bossa Nova, Funk, Rock Latino, Rhythm and Blues, Rock & Roll, Hard Rock... Letras em castelhano, quentes ou rasgadas, banais ou vingativas... a vida mesma. É o primeiro longa-duração dos Sonámbulos, gravado nos estúdios Tutu de Avilés, Fase Quatro de Gijón e La Cámara Discos de Oviedo, onde também foi misturado e masterizado.



Depois do sucesso de The Nightraiser, os Toxikull voltam em força com o sucessor Cursed and Punished, com data de lançamento agendada para o dia 13 de setembro através da editora italiana Metal on Metal Records. Gravado nos Demigod Recordings com o produtor Miguel Tereso, Cursed and Punished apresenta 10 temas de alta rotação de pura maldade, levando ao extremo os conceitos de speed/heavy e thrash metal A banda promete ainda o lançamento de um novo vídeo ainda este mês, assim como as datas dos concertos de apresentação que serão anunciados brevemente. A capa foi novamente criada pelo artista Velio Josto e traduz visualmente todo o conceito do álbum. 




Notícias da semana – 03 de agosto de 2019


Catalyst é o tema que os Dialith apresentam no seu Bandcamp, como forma de avanço do álbum Extinction Six, previsto para o dia 16 de agosto. Os Dialith são uma banda de metal sinfónico formada pelo guitarrista Alasdair Wallace Mackie e pela vocalista Krista Sion. E se são fãs de Nightwish, Epica, Kamelot, Arch Enemy ou de compositores como Bear McCready ou Hans Zimmer, dêm uma oportunidade a Extinction Six


Alan Davey, o baixista original dos lendários Hawkwind pôs em prática um projeto incrível envolvendo 9 membros da família Hawkwind, a saber: o cofundador Nik Turner, o baixista original Lemmy, o baterista Ginger Baker, o violinista Simon House, o guitarrista original Huw Lloyd-Langton, Paul Rudolph, Mick Slattery e Bridget Wishart. O álbum deste projeto intitulado Hawkestrel chama-se The Future Is Us e traz novas composições juntamente com temas a solo de Davey e uma nova versão do clássico Sonic Attack, com a participação de William Shatner. O lançamento acontecerá a 9 de agosto pela Purple Pyramid.


Shaped In Dreams é um projeto musical criado pelo compositor, multi-instrumentista e experimentalista eslovaco Martin Matiasovic. A principal motivação para este projeto é estabelecer uma plataforma criativa com uma visão multi-género inspirada no metal, nas guitarras e na música clássica. O primeiro trabalho chama-se Echoes Of Eldren Deeds e conta com membros dos Black Crown Initiate, Replacire, Obscura, Alkaloid, Noneuclid, um pianista de jazz (Mikołaj Suchanek), um quinteto de instrumentos de sopro (Harmonia Nova) e uma vocalista de sessão, responsável pelos vocais limpos (Christina Rotondo). Echoes Of Eldren Deeds tem lançamento em novembro via Vmbrella


Os Metallica estão a celebrar o vigésimo aniversário do seu álbum S&M e para comemorar este acontecimento os americanos irão protagonizar outro concerto com a San Francisco Symphony Orchestra, num ábum que ficará conhecido como S&M2. Este concerto irá ser transmitido em salas de cinema de todo o mundo a 9 de agosto. Os bilhetes são colocados à venda no próximo dia 7 de agosto. Depois de em 1999 a orquestra ter sido dirigido por Michael Kamen no Berkely Community Theatre, no novo S&M a direção pertencerá a Michael Tilson Thomas e poderá ser visto ao vivo no novo ChaseCenter. Depois de S&M ter sido premiado nos Grammys é alta a expectativa existente para S&M2.


Os Body Count estão de regresso aos álbuns de estúdio com o sucessor de Bloodlust, Carnivore. Mais pormenores do álbum foram revelados ontem, dia 2 de agosto, na conferência de imprensa do Wacken Open Air, onde os americanos falaram exclusivamente sobre o novo álbum. Também houve uma pequena sessão de audiências do novo material e o público teve a oportunidade de ver as suas perguntas pessoais respondidas pelos americanos.


Janina Jade é uma artista sueca de classic rock/hard rock que se juntou à Sliptrick Records nesta passada semana para o lançamento do seu mais recente álbum No Sweet Illusions. O álbum foi produzido pelo músico/produtor Tommy Denander que também tocará no álbum. As suas prinicipais influências variam de Rolling Stones a Guns ‘n’ Roses passando por Alice Cooper e Kiss e mostra toda a capacidade da artista sueca que pôs um pouco do seu coração em cada música.


The Reign Of Kate é o novo lançamento do guitarrista Chastain e consiste numa coleção de mais de 95 minutos de temas, todos remasterizados este ano, incluídos nos seus três álbuns: Sick Society, In Dementia e In Na Outrage. A coleção traz ainda três faixas bónus, duas demos e uma terceira anteriormente apenas disponível na Coreia do Sul. Os três lançamentos tiveram a vocalista Kate French e o guitarrista David T. Chastain, sendo que os baixistas e bateristas foram mudando.


Está tudo pronto para o lançamento de Aether (Equivalent Exchange), o terceiro álbum dos Last Frontier. Este é um disco cheio de detalhes, poder e atmosferas melódicas, mais complexo e com a colaboração de excelentes vocalistas. O som foi trabalhado por Simone Muraloni dos Domination Studio que conferiu a este trabalho um toque de modernidade e impacto sonoro. A edição será da Revalve Records em data ainda não avançada. 



Tem o título de Windows e é apresentado como sendo o último álbum da carreira dos Silent Call. A música dos suecos é descrita como progressive/heavy metal e está assente em sentimentos atmosféricos e melancólicos cruzados com o poder do metal. Windows sai a 11 de outubro via Rockshots Records e conta com o novo vocalista Göram Nyström (ex-Twinspirits) que se junto à banda em 2014. Um teaser deste álbum pode ser visto aqui.