Ópera Spectacular

Ópera Spectacular

Review: Dark Light (BLACK HORIZON)


Dark Light (BLACK HORIZON)
(2019, Pure Steel Publishing)

Que se tem passado com os Black Horizon para estarem sem gravar há nove anos? Bem, não sabemos, mas sabemos que Dark Light é um regresso com imensa qualidade. A banda francesa está ativa há mais de duas décadas e se a tentativa com este lançamento é recuperar o tempo perdido, então estão no bom caminho. Dark Light apresenta uma variedade de composições capazes de deixar bem claro a capacidade criativa e técnica da banda, ao mesmo tempo que consegue conjugar essa mestria com a criação de melodias muito apelativas. Desde o doom com influências Dio de Freedom até ao speed com break sinistro de Howling Like A Wolf; desde o metal mais tradicional de I Wanna Stop à complexa, mas assimilável The Hunter; desde o destacado baixo de Obsession à emocional balada (lindíssima a inclusão de violoncelo) Miles Away, Dark Light é uma viagem de heavy metal evoluído em todos os sentidos. E capaz de despertar todos os sentidos do ouvinte, catapultando-o para uma experiência sónica inolvidável. [88%]

Highlights
The Hunter, Howling Like A Wolf, Miles Away, Obsession, Freedom

Tracklist
1.      The Hunter
2.      Obsession
3.      Waking Close To Me
4.      Freedom
5.      Howling Like A Wolf
6.      I Wanna Stop
7.      Watching (Camera #9)
8.      Miles Away
9.      Miles Away (acoustic version)

Line-up
Alex Puiseaux – vocais
Seb Crispino – guitarras
Dom Crispino – baixo
Philip Strobel – bateria, teclados

Internet
Website    
Facebook   

Edição


Comentários