Review: Lightning Strikes (Blackslash)


Lightning Strikes Again (Blackslash)
(2018, Iron Shield Records)
Ainda não há muito tempo trouxemos aqui os Blackslash a propósito do split que lançaram com os Witchtower como forma de tributo aos Randy. Dois dos temas dos Blackslash desse split estão aqui neste que é o seu terceiro álbum. E esses dois temas, se bem se lembram, deixavam excelentes indicações. E que se vieram a confirmar, pois Lightning Strikes Again é um soberbo disco de heavy metal clássico influenciado pelo NWOBHM. Díriamos que se os Iron Maiden e os Riot tivessem um filho, ele seria… Blackslash. De facto os anos 80 estão aqui muito presentes e da melhor maneira possível, naquele que é o melhor disco da sua carreira, demonstrando uma incrível evolução a todos os níveis. E, ainda por cima, os alemães sabem como equilibrar um disco. A uma primeira metade com muita atitude, velocidade, postura direta e frontalidade, respondem com uma segunda metade mais comedida, mas onde os arranjos se revelam mais cuidados e elaborados. Seja como for, quer numa, quer noutra parte, Lightning Strikes Again é brilhante e roça a perfeição prometendo tornar-se um clássico do género capaz de figurar ao lado de álbuns como Thundersteel ou Killers. [96%]

Highlights
Lightning Strikes Again, Night City Street Lights, Eyes Of A Stranger, Save My Heart, Shine On, Unknown Heroes

Tracklist
1.      Lightning Strikes Again
2.      Night City Street Limits
3.      Skyline Rider
4.      Eyes Of A Stranger
5.      Illuminate The Night
6.      Steel Held High
7.      Save My Heart
8.      Shine On
9.      Unknown Heroes
10.  Right To The Top

Line-up
Clemens Haas – vocais
Christian Haas – guitarras
Daniel Hölderle – guitarras
Alec Trojan – baixo
David Hofmeier – bateria

Internet
Website   
Facebook    
Youtube    

Edição

Comentários