Review: The Vile Manifesto (Destroyers Of All)


Álbum | The Vile Manifesto
Artista | Destroyers Of All    
Edição | Mosher Records    
Ano | 2019
Origem | Portugal
Género | Progressive death metal, thrash metal
Highlights | Tohu Wa-Bohu, Destination Unknown, Break The Chains, The Elephant’s Foot, Kill The Preacher
Para fãs de | Slayer, Death, Testament, Cynic, Opeth
Apreciação
Os Destroyers Of All começam já a demonstrar argumentos que fazem deles demasiadamente grandes para o limitado consumo interno. E The Vile Manifesto, sucessor do EP de estreia Into The Fire (2013) e do álbum Bleak Fragments (2016), mostra a evolução do coletivo conimbricense no que diz respeito à sua capacidade criativa e pujança sónica. Estes dez temas assentam no death metal técnico e progressivo, mas, a partir dessa base, libertam linhas que acabam por ir ao encontro de outros géneros. Como resultado, The Vile Manifesto marca um novo capítulo na história da banda – um capítulo feito de rigor, maturidade e qualidade capaz de superar limites geográficos ou estilísticos e de projetar o coletivo para um futuro ainda mais promissor. [85%]

Tracklist
1.      Tohu Wa-Bohu
2.      False Idols
3.      Destination Unknown
4.      Break The Chains
5.      The Elephant’s Foot
6.      The Dead Valley
7.      Sheol
8.      Ashmedai
9.      Hallfall
10.  Kill The Preacher (bonus track)

Lineup
João Mateus – vocais
Guilherme Busato – guitarras
Alexandre Correia – guitarras
Bruno da Silva – baixo
Filipe Gomes - bateria



Comentários

DISCO DA SEMANA VN2000: Miracles Beyond (INTELLIGENT MUSIC PROJECT) (Intelligent Music)

MÚSICA DA SEMANA VN2000: I'm So Sorry (SOULLINE) (Massacre Records)

GRUPO DO MÊS VN2000: Alpha Warhead