Ópera Spectacular

Ópera Spectacular

Review: Brotherhood Of Metal (THE RODS)


Brotherhood Of Metal (THE RODS)
(2019, Steamhammer/SPV)

A fantástica melodia só com piano, evoluindo para sublimes linhas de guitarra, que abre o tema título deste novo álbum dos The Rods, Brotherhood Of Metal, deixa antever que os lendários metaleiros regressam, quatro anos após Hollywood, na sua melhor forma. Ideia inicial perfeitamente confirmada com a audição desta coleção de 11 temas que traz a banda de Cortland até à Steamhammer/SPV. Apesar de tudo, não há muito a dizer a respeito de Brotherhood Of Metal. Porque este é, apenas, um disco que traz tudo aquilo que um dia nos fez gostar de heavy metal. Aqui não há esquisitices de nenhuma espécie – é metal, ponto! A bateria a varrer, um baixo que catapulta as canções para um patamar superior, riffs fortes, simples e altamente contagiantes, teclados a surgirem a espaços ajudando a criar as adequadas atmosferas, solos de belo efeito e linhas métricas diretas à procura da participação dos fãs ao vivo. Sem mais, os The Rods mostram o que é o verdadeiro heavy metal e, por exemplo, numa altura em que tanta gente diz que faz groove metal, ouçam os menos de três minutos de Party All Night e percebam o que é groove. Brotherhood Of Metal acaba por ser, também, uma homenagem a tantos nomes que fizeram grande este estilo musical. Desde logo aos Motörhead no tema dedicado a Lemmy adequadamente intitulado Louder Than Loud mas também a todos em geral na autobiográfica faixa 1982. Provavelmente abençoados por esses nomes, o trio assina um disco que dá um prazer enorme ouvir e que irá diretamente, para a galeria dos seus melhores discos da carreira e dos melhores lançamentos do ano. [92%]

Highlights
Brotherhood Of Metal, Tonight We Ride, Evil In Me, Party All Night, 1982, Tyrant King

Tracklist
1. Brotherhood Of Metal
2. Everybody's Rockin'
3. Smoke On The Horizon
4. Louder Than Loud
5. Tyrant King
6. Party All Night
7. Tonight We Ride
8. 1982
9. Hell On Earth
10. The Devil Made Me Do It
11. Evil In Me

Line-up
David “Rock” Feinstein – guitarras, vocais
Carl Canedy - bateria
Gary Bordonaro - baixo

Internet
Website    
Facebook    
Youtube   

Edição
Steamhammer/SPV     



Comentários