Review: Leaves Rolling In Time (WALK IN DARKNESS)

 


Leaves Rolling In Time (WALK IN DARKNESS)

Beyond The Storm Productions

Lançamento: 20/janeiro/2023

 

Quando se parte para audição de Leaves Rolling In Time, o novo registo dos Walk In Darkness, com a ideia de irmos para uma viagem de gothic/symphonic metal, não se espera o que vamos ouvir. E, quando sabemos que a vocalista é Nicoletta Rosellini, dos Kalidia, ainda mais surpreendidos ficamos. A abordagem que o trio liderado pelo enigmático Shaman faz ao género é completamente inovadora e, para nós que não conhecíamos o projeto, revelou-se uma surpresa muito agradável. Os temas não seguem uma regra fixa nem previamente definida, estando assentes em sucessivas evoluções. O uso de linhas de piano subtis, mas elegantes e de emotivos dedilhados acústicos eleva o patamar de qualidade destas canções. As melodias são muito bonitas, acompanhando um trabalho de guitarra diferente do que habitualmente se houve. Este mostra-se simples, mas sóbrio e, acima de tudo, terrivelmente emocional. Os harpejos que são utilizados mostram-se distantes e, por vezes, mal definidos, mas é isso que cria a magia com algum psicadelismo que torna, efetivamente, Leaves Rolling In Time um álbum à frente do seu estilo. Vocalmente, Nicoletta tem uma prestação muito mais emocional que nos Kalidia, por vezes num registo teatral. A conjugação de vozes é um argumento terrivelmente eficaz que aqui é usado com grande critério. Por isso, é frequente ouvirmos a voz feminina principal, secundada por suaves coros celestiais e, por vezes, com a inclusão da voz masculina que surge essencialmente na sua forma limpa, embora, pontualmente, inclua alguns guturais, também eles introduzidos sem atropelar o restante trabalho vocal nem instrumental. Leaves Rolling In Time é um álbum de enorme beleza, que recupera elementos de metal sinfónico dos Therion (nomeadamente ao nível do trabalho de guitarra), do metal gótico dos Sirenia (os pianos, as melodias e o trabalho vocal) e até do esoterismo e psicadelismo de uns Todesbonden. Algumas destas músicas já tinham sido lançadas como singles ao longo dos últimos 18 meses, mas é muito bom sentir que houve uma aposta na sua junção num álbum completo, equilibrado e sóbrio com um resultado extremamente agradável. [88%]

 

Highlights

Ships To Atlantis, Bent By Storms And Dreams, Walk Close To Me, No Oxygen In The West, Leaves Rolling In Time

 

Tracklist

1. Ships To Atlantis

2. Leaves Rolling In Time

3. Bent By Storms And Dreams

4. Get Away

5. Walk Close To Me

6. No Oxygen In The West

7. The Last Glow Of Day

8. Elizabeth

9. No Oxygen In The West (Shaman Version) (Bonus Track)

 

Line-up

Nicoletta Rosellini – vocais

Shaman - guitarras

Monkey Key – baixo

 

Internet

Bandcamp   

Youtube   

Facebook   

Spotify   

 

Edição

Beyond The Storm Productions

Comentários

DISCO DA SEMANA VN2000: Demonology (MELODIUS DEITE) (Art Gates Records)

MÚSICA DA SEMANA VN2000: As Above, So Below (HARTLIGHT) (Kvlt und Kaos Productions)

GRUPO DO MÊS VN2000: Alpha Warhead