Live Report: Haken + Between The Buried And Me + Cryptodira


 

HAKEN + BETWEEN THE BURIED AND ME + CRYPTODIRA

13/março/2023

Sala 1, Hard Club, Porto

 

Apenas 10 dias após o lançamento de Fauna, os Haken fizeram a sua Island In Limbo Tour passar pela Sala 1 do Hard Club no Porto, num concerto que certamente ficará na memória de todos aqueles que se deslocaram à baixa da cidade invicta na fria noite de 13 de março. Uma noite de Prog Metal para todos os gostos, onde ficou cabalmente provada toda a abrangência deste subgénero.



            A noite abriu com os Cryptodira, banda de Progressive Death Metal de Long Island que se apresentou extremamente sólida. Com um setlist baseado em The Angel Of History e The Devil’s Despair, os americanos apresentaram bastantes argumentos para regressarem ao nosso país num futuro muito próximo. Temas longos, boas composições e muito bem executados, os Cryptodira abriram as hostes e aqueceram a plateia com uma atuação extremamente oleada.



O segundo ato da noite foi-nos apresentado pelos Between The Buried And Me. Com mais de 20 anos de carreira os americanos traziam na bagagem o seu mais recente álbum Colors II, naquele que é a sequela lógica do álbum lançado em 2007. Musicalmente insanos, os BTBAM são o pesadelo de todos aqueles que têm como hábito rotular bandas relativamente ao género e, como seria expectável, toda essa insanidade sana foi transmitida para o palco num concerto sem qualquer pausa. O público reagiu em massa e de forma bastante espontânea ao setlist extremamente variado que os americanos apresentaram. De notar ainda que, apesar de não serem a última banda a subir a palco, foram os BTBAM que movimentaram mais público, havendo mesmo fans que abandonaram o recinto quando a sua parte acabou.



Por último, foi a vez dos Haken subirem ao palco. Vestidos a rigor e com uma excelente distribuição no palco, o coletivo britânico apresentou um setlist mais focado nos clássicos (especialmente em Virus) do que no seu último álbum Fauna do qual se ouviram apenas os 3 singles (The Alphabet Of Me, Taurus e Lovebite) e, tendo em consideração a reação do público a esses 3 temas, ainda é necessária muita interiorização de Fauna por parte dos fans da banda. Extremamente competentes e rotinados, os britânicos contaram com o apoio do público para selar uma exibição de excelência que atravessou todas as fases da sua carreira. A noite dedicada ao Prog Metal terminaria com o épico de 17 minutos, Messiah Complex.

Reportagem dos enviados especiais Daniel Carvalho e Gonçalo Gabriel

Comentários

DISCO DA SEMANA VN2000: Insanium (WHOM GODS DESTROY) (InsideOut Music)

MÚSICA DA SEMANA VN2000: Faux Savior (BRUME) (Magnetic Eye Records)

GRUPO DO MÊS VN2000: Men Eater