quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Review: MDLXIII (In Peccatvm)

MDLXIII (In Peccatvm)
(2009, Edição de Autor)

Os In Peccatvm são um dos nomes incontornáveis da cena açoriana e estranha-se que após mais de uma década de existência o seu pecúlio se resuma a duas demos e dois EP’s. As razões não são para aqui agora chamadas, mas o que é certo é que a qualidade que o colectivo vem demonstrando já justificava um longa duração. Em MDLXIII voltamos a ser presenteados com um conjunto soberbo de temas que tanto bebem no gótico, como no doom, como na música étnica e tradicional local, em que o frequente recurso a guitarras acústicas e a momentos de elevada beleza melódica se revelam preciosos. Este é um trabalho conceptual sobre a erupção que, em 1563, devastou parte da ilha de S. Miguel. Para criar uma obra desta envergadura, os In Peccatvm socorreram-se dos escritos de Gaspar Frutuoso, historiador do séc. XVI que foi, também ele, testemunha das erupções vulcânicas. Excertos desses escritos são mesmo utilizados em duas faixas (Aduro Letifer e Tão Temerosas… As Cinzas). O inicio com uma Intro cinematográfica retrata na perfeição todo o sentimento de medo e angústia que a população local deve ter sentido aquando da erupção vulcânica. (Our Last) Heartbeat, a segunda faixa, acaba por revelar-se como uma das mais preciosas pérolas saídas do historial do metal nacional: bela, melódica, riffs assombrosos e linhas de piano divinais fazem deste tema um momento único! Mas há outras pérolas: a forma declamada de Difusas Sombras, roçam os ambientes criados pelos Moonspell ou até Mão Morta, mas é em From An Ashery Flower com um lead introdutório que vai directinho para a galeria dos melhores momentos de sempre da música nacional, que os In Peccatvm se revelam em toda a sua magnificência. O trabalho termina com um curto Outro acústico, transmitindo um sentimento de paz a acalmia como se tudo já tivesse ficado para trás. Musicalmente superior e tecnicamente irrepreensível, MDLXIII acaba por se revelar mais que um simples disco de música. Representa parte da história da ilha de S. Miguel, através de um aturado trabalho de pesquisa, assumindo-se assim, também, como um elemento histórico de inegável valor para as novas gerações. Só tem um senão: acaba demasiado depressa…

Track List:
1. All I Am Is Fear (Prelude)
2. (Our Last) Heartbeat
3. Aduro Letifer
4. Difusas Sombras
5. Tão Temerosas… As Cinzas
6. From An Ashery Flower
7. So Shall Ye Wither (Outro)


Line up: Neves (guitarra; vocais), Gouveia (baixo), Spell (teclados), Oliveira (bateria), Almeida (guitarra)
Myspace:
www.myspace.com/inpeccatum
Website:
http://www.inpeccatum.com/

Sem comentários: