terça-feira, 25 de maio de 2010

Review: Clockwork (Angelus Apatrida)

Clockwork (Angelus Apatrida)
(2010, Century Media)


Os Angelus Apatrida são uma jovem banda de Albacete, Espanha que com Clockwork se lançam ao mais alto nível mundial, com uma edição para a Century Media de um trabalho gravado nos nossos Ultrasound Studios em Braga e com produção de Daniel Cardoso. Para nós, portugueses, este será, sem margem para dúvidas, um momento de orgulho poder verificar que (se dúvidas ainda existissem!!!) conseguimos estar ao nível do que melhor se faz no mundo. Bom, mas quanto ao quarteto espanhol, que é o que nos traz aqui, pode afirmar-se que se trata de um colectivo influenciado pelos primórdios do thrash metal da Bay Area com referência a nomes como Overkill, Pantera, Testament ou Megadeth. Os Angelus Apatrida já contam no seu registo com a edição de dois álbuns publicados de forma autónoma, Evil Unleashed (de 2006) e Give’em War (de 2007) e em Clockwork apresentam uma obra fundamental de thrash metal moderno com onze faixas (mais uma intro) dinâmicas e brilhantemente executadas e uma interessante versão de Be Quick Or Be Dead, dos Iron Maiden, apenas presente na edição limitada do álbum. E ao longo do trabalho somos confrontados com uma perfeita combinação entre agressividade e aquela áurea melódica das raízes do thrash metal dos anos 80, tudo actualizado para os dias de hoje o que permite criar uma postura de raiva e atitude. Tudo isto acondicionado num elevado nível de competência técnica, raramente visto em bandas tão jovens dentro do género.

Track List:
1. The Manhattan Project
2. Blast Off
3. Of Men And Tyrants
4. Clockwork
5. Devil Take The Hindmost
6. The Misanthropist
7. Legally Brainwashed
8. Get Out Of My Way
9. My Insanity
10. One Side One War
11. Into The Storm
12. National Disgrace
13. Be Quick Or Be Dead

Line up: Guillermo Izquierdo (vocais e guitarras), David G. Álvarez (guitarras), José J. Izquierdo (baixo), Víctor Valera (bateria)

Internet:
http://www.angelusapatrida.com/
www.myspace.com/angelusapatrida

Edição: Century Media (
http://www.centurymedia.de/)

Sem comentários: