quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Review: Melodic Thrashing Mayhem (Biolence)

Melodic Thrashing Mayhem (Biolence)
(2009, Edição de Autor)

Os Biolence são uma banda de Vila Nova de Gaia que já anda nisto há 12 anos e Melodic Thrashing Mayhem é o sucessor da estreia homónima de 2004. Para este trabalho a banda apostou em gravar nos UltraSound Studios, em Braga, forno dos melhores lançamentos do metal nacional ultimamente. E fez bem porque à sua experiência acumulada juntou-se o poder sónico de uma produção de excelência que caracteriza os trabalhos fabricados em Braga. Como resultado o colectivo apresenta um trabalho de inegável qualidade, que tanto bebe na escola germânica do Thrash como na sueca do Death Metal. Os quatro temas (excluindo a Intro e a Outro) primam pela diversidade estrutural e rítmica, pelas agradáveis harmonias, pela superior técnica e pela qualidade em termos de solos, muitos deles extraordinariamente melódicos. Acrescentem uma adequada dose de groove e riffs poderosos e ficarão com uma ideia real do que os Biolence têm para oferecer. Os temas são longos o que permite aos gaienses explorar diversas ambiências de âmbito rítmico enriquecendo ainda mais a sua prestação. Vocalmente a banda aposta também na diversidade com César a pisar diversos terrenos neste campo, desde o mais gutural ao mais gritado/berrado, conseguindo um bom desempenho quer ao nível dos graves quer dos agudos. Este é então mais um bom trabalho neste segmento do metal nacional e mais uma banda a ter em conta. O seu historial adicionado desta obra certamente lhes proporcionará a partir daqui outro reconhecimento.

Tracklist:
1. Intro
2. Biolence
3. Land And Freedom
4. Blood Of The Gods
5. Pure
6. Outro

Line-up:
César – vocais e guitarras
Dani – bateria
David – guitarras
Marco – baixo

Internet:
www.myspace.com/biolence

Sem comentários: