quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Review - Revelations (Forgotten Suns)

Revelations (Forgotten Suns)
(2010, Pathfinder)

Depois do sensacional Innergy (de 2009) e antes do próximo álbum, aparentemente previsto para o próximo ano, os nacionais Forgotten Suns editam Revelations um EP de cinco temas que terá como propósito ir atenuando a ansiedade dos fãs por novo material. Este EP é composto por um tema retirado de Innergy (Doppelgänger) agora apresentado com uma nova mistura e outro retirado da sua estreia em 2000, Fiction Edge I (Ascent), Betrayed onde aparecia como faixa-bónus. Este foi totalmente regravado mas ainda assim dá para se perceber a evolução que a banda teve nos últimos dez anos, passando de um rock progressiva na linha de Rush/Marillion para um metal progressivo de inspiração dreamtheateriana. A respeito de Betrayed, refira-se, no entanto, que o brilhantismo do tema não fica de maneira nenhuma beliscado por apresentar uma linha orientadora algo diferente. Se bem que nesta nova roupagem apareça mais forte, o que salta mais à vista, é mesmo a versatilidade de Nio Nunes que canta de forma absolutamente perfeita um tema que, originalmente, não tinha sido feito para ele. Mais, ele consegue incorporar e transportar todo o sentimento para um tema diferente do que têm feito os Forgotten Suns actualmente. Os restantes três temas resultam das sessões de gravação de Innergy e que tinham ficado fora do alinhamento inicial do álbum. Phenotype e Pinpoints são dois temas que navegam em ondas de metal progressivo tranquilo e que se desenvolvem e crescem até atingir elevadas doses de tensão emocional. Já The Hill se mostra como um dos temas mais experimentalistas da banda, cruzando diferentes ambiências e nuances desde mais sinfónico a mais obscuro. Para já fica mais uma clara demonstração do ecletismo dos Forgotten Suns e da sua maturidade em termos de composição. E, claro, continuamos ansiosamente à espera do próximo longa duração.

Tracklisting:
1. Doppelgänger
2. Phenotype
3. Pinpoints
4. The Hill
5. Betrayed

Lineup:
Ricardo Falcão – guitarras
Miguel Valadares – teclados e programações
J. C. Samora – bateria
Nuno Correia – baixo
Nio Nunes - vocais

Internet:

Edição: Pathfinder Records

Sem comentários: