terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Review - Apparitional (Blitzkid)

Apparitional (Blitzkid)
(2011, People Like You)

A história dos Blitzkid começou em Bluefield, West Virginia, no frio inverno de 1997. Nestes treze anos de existência têm tido imensas oportunidades de se apresentarem ao vivo que nos Estados Unidos quer na Europa. Ainda a tempo para terminar seu novo álbum, acrescentaram ao seu line-up um amigo de longa data Nathan Bane (guitarra /teclado). Ao longo de todo este tempo, têm recebido elogios da crítica underground pela sua ética de trabalho incansável, consistente e sempre em evolução para dar ao seu público o respeito que merecem através de grandes canções e energéticos shows ao vivo. Esta é uma banda indelevelmente marcada pela estrada e usa essas cicatrizes com orgulho, tendo partilhado o palco com muitos e notáveis nomes como Agent Orange, The Damned, Leftover Crack, The Rezurex, Bella Morte, Mad Sin, The Exploited, Ignite, Agnostic Front, The Meteors, The Casualties e The Misfits. Os Blitzkid têm tido, também, participação regular em muitos dos maiores festivais relevantes na Europa, onde se incluem o Mera Luna, Rock My Ass, Endless Summer, Summer Breeze e WGT. A sua música também apareceu em vários filmes de terror marcantes, nomeadamente It Came From Trafalgar, Dark Wings, um documentário sobre o Mothman, Satan Hates You e o clássico de Gris Grimly, Cannibal Flesh Riot.Também têm sido presença favoravel em algumas publicações internacionais, tais como Terrorizer, Punk Rock Confidential, Metal Maniacs, Rue Morgue, Horrorhound, Vírus, Drop Dead, Sonic Sedutor, KinKats, Revolver, Zillo e Ox-Fanzine. Desde a sua formação que a banda tem conquistado o respeito dos fãs mais underground em todo o mundo, independentemente do tipo de subcultura a que pertencem. Ao vivo, os Blitzkid, não promovem a separação entre a banda e fãs, permitindo uma catarse de emoção, intensidade e melodia crua. Apparitional, o seu sétimo trabalho de estúdio, mostra precisamente essa postura criando algo de verdadeiramente significativo através de um conjunto de temas que, seguramente, resistirão ao teste do tempo. Um trabalho que ajudará a definir a posição dos Blitzkid como uma das bandas de topo do seu género.

Tracklisting:
1. Head Over Hills
2. They’re All Dead
3. Blutsauger
4. The Awakening
5. Mr. Sardonicus
6. Mr. Gore
7. The Bat Whispers
8. Wretched
9. The Perfect Sleep
10. Moonlite Veins
11. Cedar Bluff
12. Jane Doe # 9
13. Casque of Amontillado
14. The Iscariot
15. She Won’t Stop Bleeding

Line Up:
Goolsby (Bass/baixo/vocais)
T.B. (guitarras/vocais)
Rick-O (bateria)
Nathan Bane (guitarras/teclados)

Internet:

Edição: People Like You


Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.

Sem comentários: