quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Review - Out From The Cold (Coldspell)

Out From The Cold (Coldspell)
(2011, Escape)

A editora britânica Escape Records costuma apresentar-nos bons trabalhos na área do hard rock mais tradicional mas neste inicio de 2011 surpreendeu com a publicação do álbum progressivo dos suíços Appearance Of Nothing. No entanto, a normalidade é retomada agora com o lançamento do segundo álbum dos Coldspell, banda sueca de hard rock que nasceu em 2005 sob a batuta do guitarrista Michael Larsson (ex-R.A.W.) e se havia estreado em 2009 com Infinite Stargaze. Out From The Cold é por isso um álbum na linha mais tradicional do género, feito como mandam as regras estabelecidas no século passado para o género. É um trabalho com alguma melodia, de fácil audição e bom gosto. As guitarras estão muito presentes e, a espaços chegam a surpreender pela afinação grave, pintando, nestas alturas, o seu rock com uma bem-vinda dose de groove. As teclas, embora discretas, desempenham um papel fundamental, deixando-se iluminar em certos momentos quando a sonoridade Hammond emerge. Refira-se que esses são dos mais belos momentos conseguidos pelo coletivo, quer quando Matti Eklund sola ou simplesmente quando cria os necessários cenários para o desenvolvimento dos temas. Os vocais são competentes e a secção rítmica suficientemente dinâmica. E apesar de o álbum abrir com um tema algo incipiente, Heroes, rapidamente inverte o seu caminho e evolui para caminhos mais agradáveis. Os pontos mais altos são no entanto Time, The King e Heading For Tomorrow, destacando-se num trabalho muito homogéneo, nivelado e equilibrado.

Tracklisting:
1- Heroes
2- Run for your life
3- One in a million
4- Six feet under
5- Time
6- Save our souls
7- The king
8- Fate
9- Seven wonders
10- Angel eyes
11- Heading for tomorrow
12- Out from the cold

Lineup:
Niklas Swedentorp – vocais
Michael Larsson – guitarras
Anders Lindmark – baixo
Perra Johanson – bateria
Matti Eklund – teclados

Internet:

Edição: Escape Music


Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.

Sem comentários: