quarta-feira, 27 de abril de 2011

Review - Pact With Solitude (utopian.hope.dystopian.nihilism)

Pact With Solitude (utopian.hope.dystopian.nihilism)
(2011, Edição de Autor)

Fora do continente, tem sido o arquipélago açoriano o que mais se tem destacado em termos de produção metálica, não sendo nada frequente o surgimento de nomes provenientes da Madeira. Élvio Rodrigues, multi-instrumentista ligado aos Through Darkness, é o nome do músico que parece querer começar a inverter as coisas e, em forma individual, ergue um coletivo com um estranho nome de Utopian.hope.dystopian.nihilism. Na realidade, o projeto já existe há algum tempo sendo que, na maioria do seu período de existência tenha estado inativo. Mas agora, as coisas vão, seguramente mudar com a estreia Pact With Solitude. O seu criador, não impõe barreiras a si mesmo na criação e por isso, este acaba por ser um trabalho extremamente abrangente, variado e diversificado. E ao contrário do que o alinhamento possa deixar antever, o disco não é composto apenas por 4 temas. Élvio Rodrigues optou por colocar na mesma faixa, diversas outras faixas relacionadas conceptualmente. E o que se pode ouvir é um metal que evolui desde planos calmos e pacíficos até fases mais extremas, com momentos declamados e outros gritados/berrados. No entanto, há um denominador comum: a excelência da composição ao nível dos pormenores técnicos. Independentemente da produção caseira (pelo menos da versão digital a que tivemos acesso) de Pact With Solitude, fica bem claro que este é um trabalho de elevada riqueza rítmica, melódica e estrutural que merece ser atentamente explorado.

Tracklist:
1. Pandora’s Box/Vislumbre de Esperança
2. Eu:Ele
3. Self-Inflicted Metamorphosis/One Minute Silence In Respect For Those Who Might Have Been Killed During The Process
4. Goodbye Exi(s)ts/The End Staring At Me/Closure?/Will This End Set Us Free?

Line-up:
Élvio Rodrigues – todos os instrumentos
Bruno Pereira – vocais em Pandora’s Box

Internet:

Sem comentários: