terça-feira, 2 de agosto de 2011

Review: Revolution (Ibéria)

Revolution (Iberia)
(2011, Espacial)

Numa altura em que um pouco por toda a Europa o hard rock clássico está a renascer não só devido ao surgimento de novos coletivos, mas também pelo regresso de uns outros já há algum tempo afastados, era de estranhar que em Portugal esse movimento ainda não tivesse dado sinais de vida convincentes. A resposta chegou, finalmente, e pela mão de quem? Precisamente, do mais emblemático nome da cena nacional – os míticos Ibéria. Bem, afinal de contas este regresso acaba por não ser uma surpresa total, se atendermos à recente reedição dos dois álbuns da banda. O que, eventualmente, surpreenderá muita gente é a vontade, a força, a genica com que regressam, apresentando em Revolution um disco de puro hard rock musculado, perfeitamente atualizado e cheio de pica onde nem faltam os aditivos. No entanto, questiona-se se o selo (a Espacial) normalmente associado à pimbalhada não será prejudicial à banda. Esperemos que não, pois Revolution é um disco de hard rock verdadeiro, honesto e com um diverso conjunto de temas de grande categoria. Um disco, ainda por cima enriquecido com a participação de Fernando Ribeiro e Ricardo Amorim (ambos dos Moonspell) em Tired (Leave Me Alone) e na remake de Hollywood, respetivamente. A qualidade de Revolution é inegável, podendo mesmo ser considerado como o regresso mais que perfeito para uma banda com um lugar merecido de destaque nos anais do hard rock feito em Portugal. Com menos glam, a mesma atitude e mais poder, os Ibéria regressaram com o seu melhor registo. E vieram, acreditamos, para ficar. O trono do hard rock nacional pertence-lhes por inteiro.

Tracklist:
1. Code Red
2. Revolution
3. All Night Flying
4. Angel
5. Stooge
6. She Devil
7. Turning Back
8. Dizzy
9. Hot In Love
10. Ride
11. Tired (Leave Me Alone)
12. N.I.T.R.O.
13. Tommy’s Frequency
14. Hollywood

Lineup:
Miguel Freitas - Vocais
Toninho - Guitarra
Jorge Sousa – Guitarra
João Sérgio – Baixo
David Sequeira – Bateria

Internet:

Edição: Espacial

Sem comentários: