domingo, 20 de novembro de 2011

Review: As The World Bleeds (Theocracy)

As The World Bleeds (Theocracy)
(2011, Ulterium Records)

Depois de uma auspiciosa estreia na forma de Theocracy e do seu sucessor Mirror Of Souls, que também recebeu excelentes críticas, As The World Bleeds é o terceiro trabalho para os norte americanos Theocracy três anos depois. Seguindo a mesma veia dos álbuns anteriores, As The World Bleeds é um trabalho muito forte de power metal melódico da linha europeia. Por aqui se percebem influências que vão desde os Helloween aos Sonata Arctica passando por Avantasia. Mas também se percebe a grandiosidade das composições, o brilhantismo dos arranjos, a eloquência dos coros e vocais. Por isso, As The World Bleeds é mais um disco de grande qualidade na carreira do quinteto oriundo de Athens, GA.. Um disco que se revela imediato ao nível das melodias mas que esconde pormenores no capítulo da composição e arranjos que se vão descobrindo ao longo de subsequentes audições. Dito de outra forma, sempre se afirma que o power metal dos Theocracy está impregnado de apontamentos subtis mas deliciosos de prog. I Am, o longo tema de onze minutos que abre o disco é o exemplo mais perfeito do que foi dito. É um tema com muitas variações, com um desempenho vocal brilhante conjugado com arranjos vocais de eleição (daqueles que parecia que só Jon Oliva conseguia fazer) e que termina numa cavalgada épica memorável. Logo a seguir, The Master Storyteller, numa linha a lembrar Avantasia, apresenta uma das mais agradáveis melodias do disco e Nailed acaba por se revelar, inicialmente, como a mais obscura, se bem que com um breakdown flamenco seguido de uma impressionante melodia à lá Helloween, acabe por trocar completamente as voltas ao ouvinte. Hide In The Fairytale tem um inicio tipicamente Iron Maiden acabando por evoluir para mais uma peça melódica de power metal; pelo contrário, 30 Pieces Of Silver começa muito forte e termina com uma cavalgada típica da dama de ferro. Mais melodia e técnica se vai sucedendo em temas como Drown, Altar To The Unknown God, Light Of The World e As The World Bleeds, e, propositadamente para o fim, deixamos The Gift Of Music. Esta é uma das nossas preferidas, cheia de melodia, sentimento e emotividade. Trata-se de uma homenagem à música em geral e, a espaços, lembra Glenn Miller. O final rápido vem incutir variabilidade num tema, já de si, de excelente nível. Definitivamente, As The World Bleeds é o álbum mais forte dos Theocracy até à data e promete, à semelhança dos seus antecessores, tornar-se um verdadeiro êxito.
Tracklist:
1. I AM
2. The Master Storyteller
3. Nailed
4. Hide In The Fairytale
5. The Gift Of Music
6. 30 Pieces Of Silver
7. Drown
8. Altar To The Unknown God
9. Light Of The World
10. As The World Bleeds


Line up:
Matt Smith: vocais
Val Allen Wood: guitarra solo
Jonathan Hinds: guitarras
Jared Oldham: baixo
Shawn Benson: bateria

Internet:

Edição: Ulterium Records

Sem comentários: