quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Review: Never Cry Wolf (Lord Volture)

Never Cry Wolf (Lord Volture)
(2011, Edição de Autor)

Segundo trabalho para os holandeses Lord Vulture, uma banda na linha dos grandes nomes do power metal Americano como Jag Panzer, Iced Earth, Cage ou Vicious Rumours. Boas referências, portanto, apesar de os Lord Volture não abandonarem a costela do metal dos anos 80. Never Cry Wolf é majestoso, apresenta a velocidade e poder e representa um passo em frente, quando comparado com a sua estreia, embora mantendo a sua sonoridade tradicional e toda a energia que os caracteriza. Com leads altamente melódicos aos quais se sucedem imponentes cavalgadas e vocais num registo alto, este Never Cry Wolf tem todos os ingredientes para deliciar os fãs do género. Esta nova proposta da banda contém momentos épicos, momentos catchy e consegue, simultaneamente, roçar o thrash metal em algumas estruturas, mas é no speed/power de ascendência melódica que, por aqui, mais pontos se conquistam. Por exemplo, I Am King é um tema de puro hard rock mas já Wendigo cruza o sentimento de metal britânico com pitadas de thrash. E é, de facto, esta variedade, que consegue captar e manter a atenção do ouvinte durante os 11 temas e 69 minutos de duração do disco. Uma variedade assente numa inspirada, precisa e galopante secção rítmica e em solos flamejantes onde a twin guitar brilha de forma intensa. Parâmetros que obrigatoriamente contribuem de forma decisiva para a que Never Cry Wolf se apresente como uma mistura explosiva e deliciosa de metal.


Tracklist:
01. Never Cry Wolf
02. Taiga
03. Wendigo
04. Celestial Bodies Fall
05. Korgon's Descent
06. Minutes To Madness
07. Necro Nation
08. I Am King
09. Into The Lair Of A Lion
10. Brother
11. The Wolf At Your Door


Line up:
David Marcelis - vocais
Paul Marcelis - guitarras
Leon Hermans – guitarras
Simon Geurts - baixo
Frank Wintermans - bateria

Internet:

Sem comentários: