segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Review: Tales Of The Sands (Myrath)

Tales Of The Sands (Myrath)
(2011, Nightmare Records)

Do mundo oriental não chegam apenas notícias de guerras e golpes de estado. Da Tunísia, precisamente um dos países afetados pela onde de violência interna que culminou no fim do regime ditatorial, chegam-nos os Myrath. A banda, com o seu excelente álbum de 2010, Desert Calls, chamou a atenção do mundo musical para o seu estilo oriental metal cruzado com metal progressivo na linha dos Symphony X. E quem achou esse trabalho uma deliciosa surpresa, seguramente ir-se-á deliciar com a nova proposta dos tunisinos, Tales From The Sands. Porque, na realidade, esta nova proposta consegue estar, ainda, uns furos acima do seu antecessor. Trata-se de um disco mágico, étnico, quente, onde o sabor oriental de ritmos, escalas e harmonias árabes são introduzidas de forma brilhante no seu metal que (apesar das semelhanças com Symphony X ainda estarem presentes) começa a ser cada vez mais personalizado e a apresentar uma identidade muito própria. Zaher Zorgatti assume-se cada vez mais como um dos melhores vocalistas da atualidade. De facto, é impressionante como consegue, de forma superior, explanar a sua capacidade melódica, o seu toque de emotividade, as suas variações árabes. E por trás deste homem, existe um conjunto de músicos evoluídos tanto ao nível da execução como da criação. Aliás, é na criação que reside toda a magia de Tales From The Sands. Em termos gerais, os temas são mais curtos que em Desert Calls, mas em contrapartida ganham uma nova alma, são (ainda) mais criativos, mais ricos em termos étnicos, mais trabalhados em termos sinfónicos e orquestrais. Ouvir Tales From The Sands é entrar numa verdadeira aventura das mil e uma noites onde temas como Braving The Seas, Mercilesss Times, Tales Of The Sands, Dawn Within, Requiem For A Goodbye ou Apostrophe For A Legend se assumem como verdadeiras obras-primas do metal. Absolutamente obrigatório!
Tracklist:
1.       Under Siege
2.       Braving The Seas
3.       Merciless Times
4.       Tales Of The Sands
5.       Sour Sigh
6.       Dawn Within
7.       Wide Shut
8.       Requiem For A Goodbye
9.       Beyond The Stars
10.   Time To Grow
11.   Apostrophe For A Legend


Line up:
Zaher Zorgati – vocais
Malek Ben Arbia – guitarras
Elyes Bouchoucha – teclados
Anis Jouini – baixo
Piwee Desfray – bateria

Internet:





Edição: Nightmare Records

Sem comentários: