sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Review: Dark Adrenaline (Lacuna Coil)

Dark Adrenaline (Lacuna Coil)
(2012, Century Media)
Poderosa, misteriosa e serpenteante, a música dos Lacuna Coil tem sido sempre um mistério. Muito forte para ser gótica e demasiado melódica para ser puramente metal, a banda abriu um caminho muito próprio, com o seu som único. Com o apropriadamente intitulado Dark Adrenaline o sexteto italiano publica o seu sexto trabalho de originais, composto por uma dúzia de canções tingidas com tristeza e raiva. São temas curtos (10 abaixo dos 4 minutos) e diretos, sem grandes preciosismos nem artificialismos. Quinze anos de carreira permitiram aos italianos filtrarem o essencial do acessório e isso repercute-se neste disco. Talvez por isso se possa considerar Dark Adrenaline como o trabalho mais coeso, em termos coletivos, dos últimos tempos. Um disco forte, com riffs pesados e densos, muito groove. E, simultaneamente, um disco sóbrio, compacto e homogéneo. Um disco onde o gótico foi, definitivamente, abandonado e onde a costela metálica se nota com mais vigor. Na prática, com muita adrenalina. Mas uma adrenalina obscura, negra centrada em paisagens, por vezes, explosivas. Emocionalmente o momento mais alto do disco surge, precisamente, no final com My Spirit, mas há outros momentos que devem ser destacados: a cover dos REM, Losing My Religion está excelente; a abertura com Trip The Darkness (primeiro single) cruza o peso e paixão de uma forma como há muito os Lacuna Coil não faziam; End Of Time mostra o lado mais melódico dos transalpinos e, pelo contrário, a mais curta, Fire, estilhaça em todas as direções. Evitando, como sempre o fizeram, a repetição, Dark Adrenaline é, sem dúvida, um disco tipicamente Lacuna Coil e, acima de tudo, revela-se mais completo e entusiasmante que o seu antecessor Shallow Life.




Tracklist:
1. Trip The Darkness
2. Against You
3. Kill The Light
4. Give Me Something More
5. Upsidedown
6. End Of Time
7. End Of time
8. I Don´t Believe In Tomorrow
9. The Army Inside
10. Losing My Religion
11. Fire
12. My Spirit


Line up:
Cristina Scabbia - vocais
Andrea Ferro - vocais
Marco “Maki” Coti Zelati – baixo, teclados
Cristiano “Pizza” Migliore - guitarras
CriZ - bateria
Maus - guitarras

Internet:

Edição: Century Media

Sem comentários: