sábado, 25 de fevereiro de 2012

Review: Immortal Beauty (Silent Opera)

Immortal Beauty (Silent Opera)
(2011, Ravenheart)

O final do ano passado ficou marcado por mais uma estreia no mundo do metal sinfónico. A jovem banda italiana Silent Opera apresentou-se com Immortal Beauty, um disco com o selo da Ravenheart e que agora é alvo de uma melhor e mais ampla distribuição fruto da ligação da banda à Rock ‘n’ Growl Promotion. E ainda bem que assim aconteceu, porque era uma pena que Immortal Beauty caísse no esquecimento. Ao cruzamento entre o romantismo dos Within Temptation com o poder e dramatismo dos Nightwish (era Tarja, naturalmente!), os Silent Opera ainda adicionam atmosferas cénicas, artísticas e teatrais numa vertente Fantasma da Ópera. Como resultado, Immortal Beauty converte-se em 11 temas (dez mais um pequeno interlúdio) num total de 55 minutos de metal sinfónico e operático bem trabalhado e construído onde a voz soprano de Lady Victoria (vocalista que atualmente já não está na banda) nos transportam de imediato para os sublimes Oceanborn ou Wishmaster, momentos únicos do metal sinfónico/operático. Claro que seria demasiado pretensioso dizer que os Silent Opera estão ao nível dos finlandeses. Mas não devemos deixar de realçar que temas como Chapter 7, Morningstar, Selene ou Lilium seguramente farão as delícias dos adeptos deste género de metal. E por isso se aconselha a descoberta deste jovem quarteto.

Tracklist:
1.      Mask Manor
2.      Chapter 7
3.      Morningstar
4.      Lilium
5.      Selene
6.      Farewell
7.      Hidden Lies
8.      Always With You
9.      Introducing The Muse
10.  Your Muse
11.  The Silent Opera

Lineup:
Lady Victoria – vocais
Rain – guitarras e teclados
Alexandre – baixo
Shadow – bateria

Internet:

Edição: Ravenheart

Sem comentários: