sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Review: Subversion (Breedunder)

Subversion (Breedunder)
(2011, Edição de Autor)
Quando já pensávamos que 2011 estava encerrado eis que… Chegou aquilo que poderá ser considerado como a grande revelação do ano que terminou. Chamam-se Breedunder e são de Vale de Cambra e o seu EP de estreia, Subversion, é verdadeiramente bombástico. Trata-se de um conjunto de cinco temas criados numa base metalcore muito volátil. Isto é, tanto por lá andam como não! O que importa reter é que são cinco temas superiormente elaborados, com um dinamismo rítmico e melódico assombroso. Muitas vezes agressivo, mas com a sucessiva adição de elementos prog, técnicos e melódicos de real classe. Quanto a temas, é impossível destacar algum, porque cada um deles tem pormenores de excelência que no tornam único. Seja o solo, os riffs, a complexa estrutura, o desempenho vocal ou simplesmente a melodia. Para quem ainda agora começou, Subversion mostra uma maturidade e uma sofisticação que merece ser realçada. Altamente recomendado!

Tracklist:
1.      Dead Peasant I
2.      Dead Peasant II
3.      Miserable Silence
4.      Ready For Revelation
5.      Blasphemy

Line up:
Mike Torres – vocais e guitarras
Joca – guitarra solo
Rui Rodrigues – baixo
Paulo Santos – bateria
 
Internet:

1 comentário:

Anónimo disse...

Olá Pedro,

Obrigado pelo teu comentário ao nosso trabalho. Estamos muito agradecidos!!!...

1abraço.
Mike.
(BREEDUNDER)
\m/