terça-feira, 27 de novembro de 2012

Review: Living On A Fast Lane (Hard Riot)

Living On A Fast Lane (Hard Riot)
(2012, Pitch Black Records)
 
Podem exultar, mais uma vez, os amantes do hard rock porque mais uma grande banda surge da Alemanha. Os Hard Riot existem há seis anos e já tinham editado um EP em 2009, sendo Living On A Fast Lane a sua estreia em formato longo para a cipriota Pitch Black Records. Este é um grande disco de rock, como manda a boa tradição, seguindo as regras estabelecidas por coletivos como AC/DC ou Scorpions mas onde não falta uma pitada de um thrash metal da escola de Metallica e até algum southern rock. Tudo influências bem homogeneizadas de forma a não se tornarem demasiado evidentes. E é neste balanceamento entre um hard rock mais tradicional e um heavy metal mais pesado, que os 11 temas de Living On A Fast Lane se mostram verdadeiras bombas rockeiras, cheias de feeling, poder e… melodia. Muita melodia com enfase no excelente trabalho nos solos de guitarra e nos leads de abertura. Particular destaque, neste capítulo para No Surrender ou Hard Way Down. Depois de uma abertura tipicamente AC/DC, a banda vai em crescendo até atingir o primeiro ponto de excelência em No Surrender. A partir daqui, Living On A Fast Lane revela-se endiabrado em todos os sentidos: nas melodias, nos solos, nos temas rápidos ou mais compassados, na forma como introduz mais crueza e sujidade (em Take Me Down) ou um feeling mais punk (Rock’n’Roll Outlaw) ou mesmo mais Southern (Black Widow). Sendo certo que os Hard Riot não inventam nada, não é menos certo que o que fazem fazem de uma forma excelente e sempre com uma pontinha de diversidade e variabilidade entre os temas o que torna Living On A Fast Lane um memorável disco de estreia e coloca a banda germânica como uma das grandes revelações deste ano.
 
Tracklist:
1. Get Ready
2. Hellfire Rock
3. Don’t Need You
4. No Surrender
5. Tears In The Rain
6. Turn On The Lights
7. Nothing But You
8. Take Me Down
9. Hard Way Down
10. Black Widow   
11. Rock ‘n’ Roll Outlaw  
 
Line-up:
Michael Gildner – vocais, guitarras
Andreas Rockrohr – guitarras
Mario Kleindienst – baixo
Carmine Jaucci - bateria
 
Internet:
 

Sem comentários: